Hacker invade sistema do SPC/Serasa e apaga 63 milhões de nomes sujos #boato

Boato – Uma notícia do Portal G1 aponta que um hacker invadiu o sistema do SPC/Serasa para apagar todos os nomes sujos do cadastro. Ao 63 milhões de registros foram apagados.

O primeiro debate presidencial de 2018 está começando a render assunto na internet. Entre propostas e discussões, algumas promessas de candidatos chamaram a atenção. Desde a promessa feita pelo Cabo Daciolo (Patriota) de levar o Brasil “à maior economia mundial” até o “anúncio” de Sérgio Moro como ministro da Justiça, feito por Álvaro Dias (Podemos), o que não faltou foram falas que buscaram atrair o eleitor.

Uma delas foi feita (e repetida) pelo candidato Ciro Gomes (PDT). De acordo com o presidenciável, os brasileiros não terão mais o “nome sujo” no SPC/Serasa. Ciro disse que vai explicar com mais detalhes como o plano vai ser colocado em prática, mas que 63 milhões de nomes serão retirados do cadastro positivo.

Porém, um texto que começou a circular em redes sociais aponta que isso já foi feito. De acordo com a informação, que circulou por Facebook e WhatsApp por meio de um print do Portal G1, um hacker invadiu o sistema do SPC/Serasa para limpar o nome de 63 milhões de pessoas. Leia duas versões da história que circula online:

Versão 1: Misericórdia Um herói nacional surge! Um hacker invadiu o sistema do governo e apagou 63 milhões de registros de brasileiros que deviam no SPC/Serasa. Empresas já entraram na justiça contra a união para terem os danos reparados, enquanto isso a festa rola solta nas ruas já que ninguém mais deve para empresas capitalistas ultranacionalista de extrema-direita. A policia ainda não tem ideia de quem é o hacker, ele apenas deixou sua assinatura no sistema do governo, onde se lia: “Prometi e cumpri. Ass: Coroné”.

Versão 2: Hacker invade sistema do SPC/SERASA e apaga todos os nomes sujos. A Polícia Federal está investigando o caso e informou que foram apagados dados de 63 milhões de brasileiros. Além disso, foi descoberto que o hacker se denomina nas redes como ‘Coroné’. Porém, a identidade do criminoso ainda é um mistério. Por Tiro Sardinha, G1, Brasília.

Hacker invade sistema do SPC/Serasa e apaga 63 milhões de nomes sujos?

Obviamente, a tal tese circulou muito na internet, principalmente entre eleitores contrários a Ciro Gomes (muitos deles simpáticos a Bolsonaro, que chegou a falar sobre o assunto no debate). Mas será mesmo que um hacker invadiu o sistema do SPC/Serasa e apagou tudo? A resposta é não. Para você entender tudo, vamos aos fatos.

De cara, já é possível perceber que a mensagem é uma tentativa de ironizar a promessa de Ciro. Para começar, a “matéria do G1” é assinada por um tal de Tiro Sardinha. Para quem não sabe, o “Sardinha” seria o nome de Ciro Gomes na lista da Odebrecht (algo que surgiu na mídia, mas não foi confirmado oficialmente). No texto da mensagem, consta que o nome do hacker seria “Coroné”, outra alusão irônica a Ciro Gomes.

Para confirmar que a mensagem não passa de uma “brincadeira”, fomos procurar pela tal informação bombástica no G1 (que seria a fonte da informação) ou por algum comunicado oficial do SPC e do Serasa. Como é de se imaginar, não encontramos nem a notícia (muito menos o repórter Tiro Sardinha) tampouco qualquer comunicado de invasão.

Ok, já deu para ver que a informação é falsa. Mas como será que esse print foi feito? Simples: trata-se de uma modificação do código-fonte de uma página. Ao acessar um conteúdo em um site, é possível fazer a modificação de título de uma notícia (é claro que é só você que vai ser isso) apertando CRTL + U e, no código-fonte, modificando a tag “title”. Depois disso, você dá um print screen e “voilà”, temos uma notícia falsa com cara de real.

Resumindo: a história que aponta que um hacker invadiu o sistema do SPC e do Serasa para retirar o nome sujo de 63 milhões de pessoas da lista de inadimplentes é falsa. É só mais uma fake news sobre as eleições que circula na internet.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Compartilhe este artigo:

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

12 comentários em “Hacker invade sistema do SPC/Serasa e apaga 63 milhões de nomes sujos #boato

  • 24/08/2018 em 09:15
    Permalink

    Parabéns equipe da Boatos.org por ensinar centenas de pessoas como fazer notícias fakes para Internet.

    Não podia parar na parte do texto em que apenas foi feito uma edição no código fonte se precisar explicar ?

    Resposta
  • 17/08/2018 em 11:57
    Permalink

    Pensei que o Ciro Gomes tinha começado a Agir.
    kkkkkkkk

    Resposta
  • 16/08/2018 em 13:08
    Permalink

    Os caras estão ensinando até linguagem de marcação. Essa galera tá show!

    Resposta
  • 15/08/2018 em 23:05
    Permalink

    Bom agente sabe que os juros são abusivos, Mais o serto e pagar mesmo

    Resposta
  • 13/08/2018 em 11:38
    Permalink

    caramba os hacker ta igual robin hood herois do brasileiro tirou do rico pra da pobres

    Resposta
  • 12/08/2018 em 17:09
    Permalink

    Isso claramente foi uma zueira. Não se trata de boato, e muito menos fake news.

    Resposta
  • 12/08/2018 em 14:48
    Permalink

    o hacker era o ciro Gomes

    Resposta
  • 11/08/2018 em 23:39
    Permalink

    FACIL DEMAIS ESSE. Mas vcs esqueceram de Um detalhe….a data no post print é de 25/2/2019 . portanto é mais um meme que boato. So isso.

    Resposta
  • 11/08/2018 em 14:28
    Permalink

    Este caso não se enquadra como boato e nem fake news. A mensagem é explicitamente uma zueira, até porque tem como data o ano de 2019.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)