Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Política > É falso que governo Lula tenha recusado doações enviadas por Portugal para vítimas no RS

É falso que governo Lula tenha recusado doações enviadas por Portugal para vítimas no RS

Governo Lula recusou 120 toneladas de doações enviadas por Portugal, diz boato (Foto: Reprodução/X)

Boato – O governo Lula recusou o envio de 120 toneladas de doações de donativos enviados por Portugal para vítimas da enchente do Rio Grande do Sul. 

Análise

O que não tem faltado são correntes de solidariedade em volta da tragédia das enchentes no Rio Grande do Sul. É neste contexto que vamos falar de uma história que remete a Portugal.

Por meio de doações, o país europeu já conseguiu toneladas de donativos para serem enviados às vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul. Ótimo, não? Seria se não fosse um detalhe: mensagens e vídeos acusam o governo Lula de ter recusado o recebimento dos donativos.

Vídeo: é falso que Lula parou doações em Lajeado e Encantado destruiu donativos

O motivo seria o não envio de uma aeronave para fazer o transporte das toneladas de roupas, medicamentos e alimentos. Leia algumas das mensagens que estão circulando na internet:

Confira o desmentido em vídeo:

Versão 1: Marçal pede a Lula avião da FAB para buscar doações em Portugal. No vídeo, ele fala de 20 toneladas, mas já passarem de 40 toneladas até agora Versão 2: Lula tá RECUSANDO 120 toneladas de doações de Portugal pro RS Estamos em meio a uma crise humanitária, caramba

Versão 3: Portugal Denúncia: Líder do partido português Chega diz que Lula quer esconder a tragédia no RS do resto do mundo e, por isso, está desprezando 120 toneladas de doações de Portugal ao povo gaúcho. “O Governo brasileiro está a tentar esconder aquilo que se passa para não reconhecer a sua falha. Temos 120 toneladas de material de apoio e a ajuda não sai de Portugal”, disse André Ventura.

Checagem

Não demorou para as publicações (endossadas por pessoas influentes do campo de direita no espectro político) viralizarem com todas as forças na internet. Para que você saiba o que é real e o que é falso, vamos fazer a checagem do conteúdo respondendo às seguintes questões: 1) Há, de fato, toneladas de doações de Portugal para serem enviadas ao Brasil? 2) O governo Lula recusou a ajuda de Portugal nas enchentes do Rio Grande do Sul? 3) O que deve ocorrer em relação às doações em questão?

Há, de fato, toneladas de doações de Portugal para serem enviadas ao Brasil?

Sim. Uma corrente do bem de brasileiros em Portugal e dos próprios portugueses não arrecadou  “apenas” 40 ou 120 toneladas de donativos. De acordo com as informações mais atualizadas, foram, ao todo, 200 toneladas de doações. Doações que, por sinal, devem chegar ao Brasil.

O governo Lula recusou a ajuda de Portugal nas enchentes do Rio Grande do Sul?

Não. A narrativa apontada pelo líder da extrema-direita de Portugal, André Ventura, não se sustenta. O próprio governo federal negou que tenha “recusado” a ajuda de Portugal. Por meio de nota, a Secom (Secretaria de Comunicação Social) apontou que já está articulando sobre como será o recebimento dos donativos.

O que deve ocorrer em relação às doações em questão?

O governo brasileiro aponta que está articulando com companhias aéreas e empresas de navegação para definir como será feito o transporte das doações. A prioridade será dada a remédios. A Secom também nega que tenha havido qualquer recusa. Leia:

Em Portugal, a comunidade brasileira do país, com apoio de nossos irmãos lusitanos, entregaram 200 toneladas de donativos para a embaixada brasileira e o consulado no país.

Para que os produtos arrecadados possam chegar nas mãos de quem mais precisa, o Governo Federal, por meio do Ministério de Portos e Aeroportos (MPor), Casa Civil da Presidência da República, Ministério da Defesa e Ministério das Relações Exteriores, estão articulando com as companhias aéreas e empresas de navegação o transporte desses donativos. Neste momento, serão priorizados o envio e distribuição de medicamentos e equipamentos médicos pelo modal aéreo. Peças de desinformação repercutem uma falsa recusa dessas doações por parte do Governo Federal que não procede com a realidade.

Além disso, na noite desta sexta-feira (10) o vice-presidente e ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC), Geraldo Alckmin, anunciou a suspensão das restrições legais para importação de bens usados mediante doação, a fim de que o Rio Grande do Sul possa receber a ajuda humanitária que está sendo enviada de outros países. […]

Conclusão

Fake news ❌

É falso que o governo brasileiro tenha recusado o recebimento de donativos por parte de Portugal. Trata-se de mais uma fake news que está circulando no contexto das enchentes do Rio Grande do Sul.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo e-mail [email protected] e WhatsApp (link aqui: https://wa.me/556192755610).