Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Política > É falso que edital do governo preveja compra de lata de sardinha por R$ 88

É falso que edital do governo preveja compra de lata de sardinha por R$ 88

Governo Lula fez edital que de compra de uma lata de sardinha a R$ 88, diz boato (Foto: Reprodução/X)

Boato – O governo federal, de Lula, fez um edital em que compra uma lata de sardinha por R$ 88.

Análise

Nos últimos dias um vídeo de um deputado federal contrário a Lula está circulando junto com mensagens que apontam para um absurdo do governo federal.

De acordo com a mensagem, o governo teria lançado um edital para a compra de alimentos com um “absurdo”: a lata de sardinha estaria sendo comprada por nada menos do que R$ 88. Leia algumas das mensagens que circulam online:

Vídeo: é falso que Sadia esteja dando prêmios para quem compartilhar no WhatsApp

Versão 1: Urgente! Governo pagou na sardinha R$88,00 enquanto no Supermercado o povo compra de R$7,49. ABSURDO DISCARADO! SUPERFATURAMENTO 1.000% de diferença do mercado. Assista o vídeo!

Versão 2: Quer ficar milionário, vendendo pro governo federal? Aproveite a Promoção do lula: Leite em pó: De R$17,73 por R$62,00 Sardinha em lata: De R$6,70 por R$88,90 Arroz De R$5,00 por R$35,00

Checagem

Não demorou para a história circular na internet, até porque foi balizada por um parlamentar. Para realizar a checagem do conteúdo, vamos responder às seguintes questões. 1) Qual é o edital citado na denúncia que fala sobre sardinha? 2) É verdade que o governo federal comprou uma lata de sardinha por R$ 88 no edital em questão? 3) O que o governo tem a falar sobre o assunto?

Qual é o edital citado na denúncia que fala sobre sardinha?

A denúncia envolve diversos editais atribuídos erroneamente ao Ministério da Cidadania. Na realidade, a compra de alimentos de se deu pelo Ministério de Desenvolvimento Social para a distribuição para comunidades vulneráveis como os yanomami e pessoas atingidas pelas enchentes no Rio Grande do Sul. Ao contrário do que apontam as denúncias, não há superfaturamento.

É verdade que o governo federal comprou uma lata de sardinha por R$ 88 no edital em questão?

Há outras denúncias que foram rebatidas diretamente pelo Ministério do Desenvolvimento Social e serão abordadas no próximo tópico. Vamos nos ater na questão da sardinha. É falso que o edital preveja a compra de uma lata por R$ 88. Na realidade, o edital original é claro ao apontar que o valor de R$ 88 é relativo a um lote com 20 latas de sardinha. Cada uma sai, na realidade, a R$ 4,40.

O que o governo tem a falar sobre o assunto?

O Ministério do Desenvolvimento Social fez uma nota respondendo às acusações e classificando o caso como fake news. Para embasar o conteúdo, o MDS publicou tabelas que mostram que os produtos adquiridos foram obtidos por preço de mercado. Leia:

MDS esclarece informações falsas prestadas pelo senador Cleiton Gontijo de Azevedo sobre Ação de Distribuição de Alimentos A respeito do pronunciamento feito no Plenário do Senado Federal no dia 29 de maio, pelo senador Cleiton Gontijo de Azevedo, conhecido como “Cleitinho” (Republicanos/MG), o Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS) vem a público informar:

– O MDS (e não o Ministério da Cidadania, conforme mencionado pelo referido parlamentar), é o órgão do governo responsável pela gestão da Ação de Distribuição de Alimentos; – A Ação de Distribuição de Alimentos é regida pela Portaria MDS Nº 898/2023, alterada pela Portaria MDS Nº 918/2023, e tem como objetivo atender, em caráter complementar e emergencial, as famílias em situação de insegurança alimentar e nutricional, residentes em municípios ou regiões com declaração de emergência ou calamidade pública; – Os valores mencionados pelo senador “Cleitinho” como indícios de provável superfaturamento correspondem, na realidade, a diferentes lotes de itens e não ao valor unitário de cada item.

  • Sardinha Atendimento a povos Yanomamis R$ 88,00 a lata de 125g R$ 88,00 corresponde a aquisição de 20 latas de sardinha entregue em cada cesta especificamente aos povos Yanomamis 01 lata de sardinha de 125g = R$ 4,40
  • Arroz Atendimento à emergência no Rio Grande do Sul R$ 35,00 o quilo de arroz R$ 35,00 corresponde a 10 kg de arroz entregue em cada cesta 1 kg de arroz = R$ 3,50
  • Leite em pó Atendimento à emergência no Acre R$ 62,00 a lata de 400g R$ 62,00 corresponde a 2kg de leite em pó entregue em cada cesta 1kg de leite em pó = R$ 31,00
  • Feijão Atendimento à emergência no Rio Grande do Sul R$ 27,00 o quilo R$ 27,96 corresponde a 3kg de feijão entregue em cada cesta 1 kg de feijão = R$ 9,32

– O MDS reitera seu compromisso com a promoção da segurança alimentar e nutricional da população brasileira, sobretudo em momentos de vulnerabilidade e emergência decorrente de desastres climáticos como os vivenciados pela população do Rio Grande do Sul; – Destaca ainda que a Ação de Distribuição de Alimentos ocorre de forma pública e transparente seguindo todos os procedimentos legais previstos para compras no âmbito da Administração Pública, cujos resultados podem ser acompanhados por meio do Portal da Transparência, por toda e qualquer pessoa que desejar ter conhecimento; – Por fim, lamenta que informações inverídicas como as que foram amplamente divulgadas pelo mencionado senador prestem o desserviço de desinformar os cidadãos e as cidadãs brasileiras, sobretudo aqueles e aquelas que mais necessitam de informações corretas para que, por meio destas, estejam mais aptos a acessarem seus direitos.

Conclusão

Fake news ❌

É falso que o governo Lula tenha criado um edital em que compra uma lata de sardinha por R$ 88. Trata-se de uma acusação falsa que circulou graças a uma “interpretação errada” de um edital.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo e-mail [email protected] e WhatsApp (link aqui: https://wa.me/556192755610).