Pezão, governador do Rio, é flagrado em vídeo com milicianos #boato

Boato – Vídeo que estava em celular da milícia mostra governador do Rio, Luiz Fernando Pezão (MDB), com milicianos que foram presos em operação no Rio de Janeiro. 

Em meio ao período eleitoral, não são apenas os políticos que estão concorrendo a cargos eletivos que aparecem em boatos na internet. Há pouco falamos de um boato envolvendo o senador José Serra (PSDB-SP) (que não concorre a cargos eletivos neste ano). Agora, vamos falar de uma história falsa que envolve o governador do Rio de Janeiro Luiz Fernando Pezão (MDB).

Um vídeo de Pezão com três homens dentro de um carro se espalhou no Facebook e no WhatsApp. Na filmagem, três homens estão em um carro “empolgadões” com a presença do governador do Rio de Janeiro. Junto ao vídeo, que pode ser visto abaixo, há a seguinte mensagem:

Versão 1:Governador Pezão e flagrado em Video de Milicianos presos essa Semana pelo MPRJ e Policia Civil, o Vídeo estava no Celular de um dos Milicianos, quero ver qual vai ser a desculpa. Versão 2: Governador do RJ Pezão é flagrado em vídeo, apreendido com milícia Governador do Rio  Pezão é flagrado em vídeo, apreendido,  nos celulares dos milicianos presos durante a semana em operação do MPRJ e  Polícia Civil  !

Governador Luiz Fernando Pezão é flagrado em vídeo apreendido com milicianos no Rio?

Mesmo sem Luiz Fernando Pezão ser candidato a nada (aliás, ele tenta se segurar no governo do estado em meio a pedidos de impeachment), a filmagem “explodiu” na internet. Mas será mesmo que se trata de um vídeo apreendido com milicianos? A resposta é não. Para você entender tudo, vamos aos fatos.

Todo o enredo da história já nos deixou desconfiados. Para começar, a mensagem segue aquele velho roteiro das fake news. É vaga (não diz quando o vídeo foi gravado, quando foi feita a gravação, quem são esses milicianos etc), alarmista, com erros de português e sem citar fontes confiáveis.

Não para por aí. Quando procuramos por mais informações sobre o vídeo, nada encontramos. Nesta semana, as Forças Armadas realizaram, de fato, operações contra as milícias no Rio. Porém, nenhuma das matérias que repercutiram a operação fala do tal vídeo. Não soa estranho a filmagem de algo “escandaloso” como “Pezão com a milícia” não tenha ganho uma nota sequer em um veículo sério?

Para descobrir mais informações sobre o assunto, entramos em contato com a assessoria de imprensa do governo do Rio. Em nota, a assessoria apontou que a filmagem foi feita em Piraí (cidade natal de Pezão) no dia 11 de agosto de 2018. A filmagem foi feita durante uma carona de Pezão com “desconhecidos”. Importante: esses desconhecidos não foram presos em nenhuma operação nesta semana. Leia a nota enviada ao Boatos.org:

Não é verdadeira a informação de que o vídeo foi apreendido em poder de milicianos em operação policial. As imagens são verdadeiras e foram feitas no último sábado (11/8), na cidade de Piraí. O governador não conhece as pessoas. Ele estava caminhando pela rua quando as pessoas que aparecem no vídeo pararam o veículo para cumprimentá-lo e, em seguida, o levaram de carona ao Bar do Torresmo, conhecido na cidade como bar do Geraldo.

O Jornal O Globo foi até o local e confirmou com o dono do “Bar do Torresmo” que Pezão esteve no local no dia citado pela assessoria. O repórter do jornal também confirmou que as pessoas que estavam no carro não são milicianos. Um rapaz é motorista de uma empresa terceirizada da Petrobras. Outro trabalha na construção civil e o terceiro é açougueiro. Você pode ver mais detalhes aqui.

Resumindo: a história que aponta que o governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, foi flagrado com milicianos é falsa. O vídeo é real, mas quem fez a gravação não foi preso em operação nenhuma nos últimos dias. Balela.

PS: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema para o Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, no Facebook e WhatsApp no telefone (61) 991779164

Compartilhe este artigo:

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

6 comentários em “Pezão, governador do Rio, é flagrado em vídeo com milicianos #boato

  • 19/08/2018 em 14:01
    Permalink

    Deixem de hipocrisia e me façam uma garapa bem adocicada, por favor.
    Um trabalha na construção civil, outro numa empresa terceirizada da Petrobras, e o outro é açougueiro e para completar estão em um Fiat uno; se não me engano, ou estou enganado?

    Resposta
  • 17/08/2018 em 20:44
    Permalink

    Os rapazes não são desconhecidos do Pezão, são moradores da cidade de Pinheiral, próximo a Piraí e o conheceram em uma inauguração que aconteceu na cidade. Aqui na nossa região, pelo fato de o Pezão ser daqui, muitos de nós o conhece há mais de 30 anos e ele, se não conhece os rapazes, diga-se de passagem, todos trabalhadores, conheceu os pais ou algum familiar.

    Resposta
  • 17/08/2018 em 20:40
    Permalink

    Os rapazes não são desconhecidos do Pezão, são moradores da cidade de Pinheiral, próximo a Piraí e o conheceram em uma inauguração que aconteceu na cidade. Aqui na nossa região, pelo fato de o Pezão ser daqui, muitos de nós o conhece há mais de 30 anos e ele, se não conhece os rapazes, diga-se de passagem, todos trabalhadores, conheceu os pais ou algum familiar.

    Resposta
  • 17/08/2018 em 14:58
    Permalink

    A sua história está muito mal contada. Um governador polêmico que pega carona de estranhos? E ninguem vem a publico falar nada? E ninguem se gaba da carona? Quem verifica vcs?

    Resposta
  • 17/08/2018 em 04:57
    Permalink

    Se Pezão anda com desconhecidos, então tá tranquilo. Bom que a gente sabe que a cidade vive dias tranquilos hoje em dia.

    Resposta
  • 16/08/2018 em 19:14
    Permalink

    Bom, é no mínimo estranho que um Governador de Estado ande desacompanhado de sua segurança pessoal.
    Mais estranho ainda é a declaração de que aceitou carona de desconhecidos.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)