Gleisi revela, em vídeo, que PT quer o desemprego em massa no Brasil #boato

Boato – Durante evento, Gleisi Hoffmann declara que o objetivo do PT e da esquerda no Brasil é o desemprego em massa. Ela quer o desemprego efetivo e não estatístico. 

Nos últimos anos, uma das pautas que mais deu o que falar no Congresso foi a reforma trabalhista. Aprovada em 2017, durante o governo de Michel Temer, a reforma promoveu mudanças bastante contestadas por diversos setores da sociedade.

Agora, em 2019, a reforma trabalhista passa a enfrentar derrotas no Supremo Tribunal Federal (STF). Nos últimos dias, o plenário derrubou um trecho da reforma e, com isso, passou a proibir a presença de grávidas em lugares insalubres.

E, de acordo com um vídeo que está circulando na internet, a deputada federal Gleisi Hoffmann andou causando polêmica ao falar sobre o tema da reforma trabalhista. De acordo com as imagens, Gleisi teria revelado que o PT e a esquerda querem o desemprego em massa no Brasil. Confira:

Versão 1: “BOMBA ! É o fim de Gleisi Hoffmann! Vídeo que acaba com a petista de vez. Vazou um vídeo de reunião de cúpula; e a senadora petista diz que querem é desemprego em massa. Para deixar o povo revoltado. Assista esse vídeo é revoltante como somos somente peças de um jogo político. Fonte: A Resistência. Depois deste VÍDEO não discuto mais Reforma Trabalhista com ninguém. Este é o real objetivo da esquerda no Brasil !. “Quanto pior melhor ! “E viva Lula 2018” Compartilhem este vídeo, todos tem que saber qual era a verdadeira intenção do partido que se diz dos trabalhadores !”.

Versão 2: “Nós não queremos desemprego estatístico, nós queremos desemprego efetivo. É povo na rua e nós vamos ter que radicalizar. Eu disse para os senadores: eu acho que nós temos que fazer um enfrentamento, se for preciso físico, desse Congresso Nacional. Eles não podem colocar pra votar essa emenda, eles não podem colocar pra votar essa proposta. Tem que sentar na cadeira do ? e dizer: você não vai abrir essa sessão. Você não vai abrir essa sessão. E podemos sentar as mulheres, porque eles têm mais dificuldade em fazer o enfrentamento”.

Gleisi revelou em vídeo que PT e esquerda querem o desemprego em massa no Brasil?

As imagens viralizaram nas redes sociais e causaram revolta em muitos internautas, especialmente porque o desemprego atingiu números alarmantes no primeiro semestre de 2019. Mas será que essa história de que Gleisi Hoffmann teria afirmado que o PT e a esquerda querem o desemprego em massa no país é verdadeira? Bem, a história não é lá como parece e a equipe do Boatos.org já te conta o porquê!

Vamos aos fatos! Para começo de história, as publicações apresentam diversas características boatos online: são vagas (não dizem em que situação a declaração ocorreu e dão uma data vaga: “último sábado”), alarmistas, possuem pedidos de compartilhamento e não citam fontes confiáveis.

Em relação ao vídeo, de fato, Gleisi Hoffmann diz que os políticos presentes no evento querem “o desemprego efetivo”. Porém, isso não significa que ela (ou o PT) deseje o desemprego em massa no Brasil.

Decidimos ir atrás da origem do vídeo e descobrimos que, na realidade, o evento não ocorreu “no último sábado”. As imagens, na verdade, foram gravadas no dia 8 de julho de 2017, durante o lançamento da Frente Suprapartidária or Eleições Diretas, quando se cogitava o nome de Rodrigo Maia para substituir Michel Temer na Presidência, caso a denúncia de corrupção passiva contra o ex-presidente da República tivesse sido aceita no plenário.

Eu quero ver eles fazendo campanha dizendo isso pro trabalhador: você só vai almoçar meia hora agora, porque é melhor. É melhor pro sistema. E você vai ter um trabalho intermitente. Então, se é garçom, só vai trabalhar sexta, sábado e domingo, mas vou ganhar menos do que meio salário mínimo, não tem problema. Isso é pra dar competitividade. O México fez uma reforma trabalhista dessas. O México tem hoje 2% de desempregados. Quem olha pra estatística, acha que está correto. Só que o México está miserável, porque ao invés de dar emprego e melhorar a condição de vida das pessoas, precarizou o emprego com os que tinham.

Durante o evento, Gleisi Hoffmann utilizou o exemplo do México (que também passou por uma reforma trabalhista anos antes), que viu o desemprego despencar para a casa dos 2%. Entretanto, a deputada destacou que, nesse caso, as condições de trabalho no país pioraram. Daí, vem a declaração de Gleisi Hoffmann no vídeo: “não queremos desemprego estatístico” (ou seja, as falsas quedas de índices de desemprego, como no caso do México), mas sim “desemprego efetivo” (nesse caso, índices que apontam números reais e, ao mesmo tempo, boas condições de trabalho).

Em resumo: a história que diz que Gleisi Hoffmann teria afirmado em um vídeo que o PT e a esquerda querem o desemprego em massa no Brasil é falsa! De fato, a deputada federal falou em “desemprego efetivo”, entretanto, toda a fala de Gleisi Hoffmann foi retirada de contexto. Durante o evento no qual a deputada federal participava, ela usava o exemplo do México (onde houve falsa queda de índices de desemprego e piora das condições de trabalho, segundo ela). Quando Gleisi defende o “desemprego efetivo”, ela, na verdade, fala sobre manter dados reais em relação ao assunto e, ao mesmo tempo, condições dignas de trabalho. Não em desemprego em massa. Ou seja, a declaração da deputada foi retirada de contexto e a história não passa de balela (além de ser velha). Portanto, não compartilhe!

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Compartilhe este artigo:
error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)