Glauber Braga, deputado que chamou Moro de Ladrão, recebeu propina e escondeu na cueca #boato

Boato – Vídeo mostra o deputado federal Glauber Braga (PSOL-RJ), que chamou Moro de ladrão, recebendo propina e escondendo o dinheiro na cueca.

No dia 2 de julho de 2019, o ministro da Justiça Sérgio Moro compareceu a uma audiência na Câmara dos Deputados. Em meio a muita confusão e bate-boca, um momento chamou atenção: a hora em que o deputado Glauber Braga (PSOL-RJ) chamou o ex-juiz da Lava Jato de ladrão.

Passados alguns dias do ocorrido, um vídeo começou a circular em redes sociais e WhatsApp. Nas imagens, um homem entra em uma sala, recebe maços de notas de dinheiro e os esconde na cueca. Junto ao vídeo, há a indicação de que a pessoa da imagem era o próprio Glauber Braga. Leia algumas das versões que circulam online e assista ao vídeo:

Versão 1: ESSE É O DEPUTADO QUE CHAMOU O MORO DE LADRÃO Versão 2: Vídeo de deputado q acusou Moro de ladrão, escondendo dinheiro na cueca Versão 3: O deputado que chamou o Moro de ladrão. É só mais um lixo que, logo logo vai ver o sol nascer quadrado!!! Versão 4: Esse é o canalha do deputado glauber braga que chamou o MINISTRO SÉRGIO MORO de ladrão na CCJ e no plenário da camara dos deputados em Brasilia.

Glauber Braga, deputado que chamou Moro de Ladrão, foi flagrado recebendo propina e escondendo na cueca?

Como sempre, muita gente seguiu a linha “compartilhar primeiro, conferir depois”. Se muitas das pessoas tivessem conferido a veracidade da informação, poderiam perceber que a pessoa da imagem não é o deputado Glauber Braga. Calma aí que a gente explica tudo para vocês.

Antes de falar da “prova cabal”, vamos a uma análise inicial do conteúdo. Só quem “quer acreditar que é Glauber Braga no vídeo” que acreditou na mensagem. Isso porque ela a tem o que poderíamos chamar de “cara de fake news”.

Primeiro, porque tem características de boatos como ser vaga (não fala a situação), alarmista, ter erros de português e não citar fontes confiáveis. Segundo, porque o sujeito sequer se parece com Glauber Braga (até quando as pessoas vão cair nesse tipo de boato sem olhar com atenção para as pessoas das imagens?). Só esses fatores já justificavam uma checagem.

E, ao buscar a origem do vídeo, chegamos à verdade. Ele é de 2009. A pessoa nas imagens é o empresário Alcyr Duarte Collaço Filho. Ele foi flagrado recebendo maços de dinheiro do ex-secretário de Relações Institucionais do Distrito Federal, Durval Barbosa. O vídeo foi um dos episódios do chamado Mensalão do DEM, que culminou na cassação e prisão do então governador José Roberto Arruda.

Resumindo: a história que aponta que o deputado Glauber Braga foi flagrado recebendo propina e escondendo na cueca em um vídeo é falsa. As imagens nada têm a ver com o deputado que chamou Moro de ladrão e são, na realidade, de um empresário flagrado no Distrito Federal em 2009.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)