G20 omite nome de Temer da lista de presidentes #boato

Boato – Em reunião do G20 na China, grupo omitiu propositalmente o nome de Temer entre os presidentes participantes.

Nesta terça-feira (6) Dilma Rousseff se despediu de vez do Palácio do Planalto. A ex-presidente, que na semana passada foi condenada no processo de impeachment, voltou para Porto Alegre, mas não antes de causar a comoção de seus militantes durante sua saída.

Segundo boato, Temer foi omitido da lista de presidentes que compareceram a cúpula do G20 de 2016
Segundo boato, Temer foi omitido da lista de presidentes que compareceram a cúpula do G20 de 2016

Enquanto isso, Michel Temer assume em definitivo suas funções enquanto presidente do país, cargo que ocupará até 2018. Embora o próprio impeachment e a presidência de Temer ainda dividam opiniões Brasil afora, na internet essa polarização tem ganhado dimensão maior ainda depois que em um documento do G20 (grupo de países com as 20 maiores economias do mundo) o nome do presidente Michel Temer foi simplesmente omitido.

É isso mesmo, segundo uma nota que tem sido compartilhada em diversos sites e blogs, durante a 11ª cúpula do G20 realizado na China, uma lista com o nome dos líderes de Estado e de organizações que compareceram foi divulgada, mas omitiu Temer como presidente do Brasil. No documento, a única menção a ele era “Brazilian leader” [líder brasileiro] sem sequer dizer o nome de Temer. Confira a notícia:

Lista de presença da reunião do G20 omite nome e cargo de Temer

Em vez de apresentar o nome de Michel Temer, a lista elencou “líder brasileiro”, mesmo três dias após o evento

O presidente não-eleito Michel Temer foi o único líder que não teve o nome citado na lista de presença do encontro do G20, que reúne as 20 maiores economias do mundo todos os anos. Em vez de apresentar o nome de Michel Temer, a lista elencou “líder brasileiro”, mesmo três dias após o impeachment de Dilma Rousseff.

Neste ano, o evento aconteceu em Hangzhou, capital da província de Zhejiang, na China. Iniciada neste domingo (4), a reunião terminou nesta segunda-feira (5).[…]

O G20 omitiu o nome de Temer da lista de presidentes?

Ainda que muitos partidários de Dilma Rousseff estejam festejando a atitude do G20, é preciso esclarecer que a cúpula não omitiu o nome de Temer por favorecimento à causa de Dilma ou por não reconhecer o governo do novo presidente “não eleito”.

A verdade é que a lista com os líderes presentes na reunião foi de fato liberada pelo Ministro das Relações Exteriores da China com o termo “Brazilian leader”, mas isso não ocorreu após o impeachment. O documento foi publicado no site da própria cúpula em 28 de agosto e a condenação de Dilma Rousseff que pôs fim ao processo ocorreu em 31 de agosto.  Três dias (atenção à caixa alta) ANTES do afastamento de Dilma e não depois.

Provavelmente, por questões de relações internacionais e diplomacia (o esperado para um encontro desse porte), Temer não foi indicado na lista como presidente do Brasil por que internamente o processo de impeachment ainda estava em andamento – e muito próximo de finalizar-se. Qualquer nome, de Dilma ou Temer, como presidente do país que aparecesse na lista poderia indicar favoritismo para algum lado.

Ou seja, não houve conspiração na reunião do G20, nem um sinal de que as grandes potências do mundo se negam a reconhecer o governo de Michel Temer. O nome dele não apareceu por que quando foi publicada a lista ele ainda era presidente interino, não em exercício.

Tudo não passou de uma “opção diplomática” que acabou dando o que falar (como sempre). Esclarecida essa história, vamos para a próxima polêmica.

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)