Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Política > Exército invadiu sede da PF e retirou coronel Cid de lá #boato

Exército invadiu sede da PF e retirou coronel Cid de lá #boato

Exército invadiu sede da PF e retirou um preso (coronel Cid) de lá, diz boato (Foto: Reprodução/Twitter)

Boato – O Exército invadiu a sede da Polícia Federal em Brasília e retirou um preso de lá. O resgatado é coronel Cid, assessor de Bolsonaro.

A prisão do assessor de Bolsonaro, Mauro Cid (mais conhecido como coronel Cid), caiu como uma bomba na direita brasileira. Só que, de acordo com uma mensagem que está circulando em aplicativos de vídeos e redes como o WhatsApp, o jogo parece ter virado.

A mensagem aponta que, depois da prisão do coronel Cid, o Exército invadiu a sede da Polícia Federal e retirou um preso do local. Leia duas versões da mensagem que está circulando online:

Versão 1: EXERCITO INVADE sede da PF e retira preso, manda e não pede. Estou começando a acreditar numa reação. Versão 2: exército invade sede da PF e resgata Cid veja estão entrando em ac Versão 3: Generais Do Exército Vão RESGATAR Cid Na PRISÃO Da PF e Moraes Fica SEM REAÇÃO – Farsa é DESCOBERTA

Exército invadiu sede da PF e retirou um preso (coronel Cid) de lá?

Vídeo: é falso que a Anvisa esteja barrando entrada de remédios no RS

A mensagem e o vídeo que está circulando com as legendas em questão estão deixando muitas pessoas em polvorosa. Porém, é falsa a informação que aponta que o Exército entrou na sede da Polícia Federal para resgatar o assessor de Bolsonaro.

Além de a mensagem ter características de fake news (como o tom alarmista, os erros de português e a falta de citação de fontes confiáveis), ela é, por assim dizer, um devaneio lunático.

Nem no final do ano passado, quando bolsonaristas estavam alucinados na frente dos quarteis, uma história dessas colaria. E, se fosse real, teria virado notícia em toda a mídia (claro que seria uma notícia criticando a ação, que seria digna das piores milícias).

Ao buscar sobre o assunto, nada encontramos em fontes confiáveis. Ela consta apenas em perfis que, por exemplo, em canais radicais que buscam cliques e visualizações no YouTube e Kwai.

Mauro Cid, aliás, não está preso na sede da Polícia Federal. Como ele é do Exército, está preso em um Batalhão de Polícia do Exército. Não há nada de imposição das Forças Armadas. Apenas é o que diz a lei.

Resumindo: é falsa a informação que aponta que o Exército invadiu a sede da Polícia Federal para resgatar Mauro Cid. O que houve foi a transferência dele para um Batalhão do Exército, onde ele segue preso. Tudo ocorreu como manda a lei e sem nenhuma “invasão” ou “imposição”.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo siteFacebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube https://bit.ly/3vZsrnd
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3ounmCN
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai http://bit.ly/3zGePPm