Especial: os 10 maiores boatos espalhados durante as eleições 2014

10 maiores boatos das eleições 2014
10 maiores boatos das eleições 2014

Nas eleições mais sangrentas da história do Brasil, todo mundo atacou e foi atacado com boatos. Confira a lista dos 10 maiores hoaxes desmentidos pelo Boatos.org durante o período eleitoral. 

O dia 26 de outubro de 2014 vai ficar marcado como o dia final do período eleitoral mais sangrento da história do Brasil. Se 2010 ficou marcada como a “eleição das redes sociais”, a de 2014 vai ficar marcada como as eleições dos ataques generalizados.

Entre os principais candidatos à Presidência da República, ataques foram à tônica destas eleições. E, ao que parece, muito das táticas de “desconstrução” (leia-se desmoralização não interessando se é verdade ou não) foram utilizadas a esmo por candidatos, marqueteiros e simpatizantes dos partidos.

Curta também a nossa página no Facebook e não caia em boatos

Nas eleições para presidente, Dilma foi tratada como terrorista, Aécio como viciado em drogas, Marina como homofóbica… todo mundo foi atacado. No meio do fogo cruzado, o Boatos.org tentou colaborar com o esclarecimento de algumas dessas histórias. Com base no que publicamos, separamos dez desses boatos para você relembrar como foi o período eleitoral.

Infelizmente, não conseguimos desmentir tudo que apareceu de mentiroso ou de meia-verdade na internet. Só para citar alguns: a posição da Marina Silva em relação aos gays, a história de que Eduardo Jorge seria usuário de maconha, o suposto vídeo de Aécio bêbado no Rio de Janeiro e as acusações de que Dilma participou do esquema da Petrobras. Mas confere aí a lista (nos links, você pode ver detalhes do desmentido):

Urna eletrônica pode ser fraudada, diz boato
Urna eletrônica pode ser fraudada, diz boato

10 – A fraude das urnas eletrônicas

Mesmo antes do período eleitoral, as urnas eletrônicas geraram desconfiança dos dois lados da disputa. As maiores críticas ao sistemas vinham de pessoas ligadas a partidos de oposição. No dia do primeiro turno, chegou a circular a informação de que as urnas não estavam aceitando o voto em Aécio. Depois da expressiva votação do candidato, as denúncias foram esquecidas.

9 – Jean Wyllys chama cristãos de palhaços

Às vésperas da votação do dia 5 de outubro, começaram a reaparecer na internet ataques ao candidato a deputado federal no Rio, Jean Wyllys. Textos apontavam que ele teria incentivado a pedofilia e chamado cristão de palhaços e a Bíblia de uma piada. A informação acabou desmentida.

Boato fala que Marina deu risada em cima do caixão de Eduardo Campos
Boato fala que Marina deu risada em cima do caixão de Eduardo Campos

8 – Marina Silva assassinou Eduardo Campos

Pesando na balança, a candidata à Presidência que mais acabou abalada com os ataques nas eleições foi Marina Silva. Depois que ela chegou ao topo das pesquisas, PT e PSDB concentraram ataques com informações de cunho, no mínimo, duvidoso sobre ela. Internautas-militantes também não perdoaram. E um desses boatos a acusou de planejar a morte de Eduardo Campos com a ajuda da CIA. Uma das “provas” seria a risada que ela deu sobre o caixão do candidato.

Aliás, teorias da conspiração após a morte de Eduardo Campos começaram a aparecer na internet aos montes. Entre as histórias, há de que Dilma teria mandado matar o candidato, de que um vidente teria previsto o acidente e até fotos falsas do que teria acontecido. Em um post, o Boatos.org citou 13 teorias da conspiração sobre o acidente.

Montagem mostra Dilma posando com fuzil do exército
Montagem mostra Dilma posando com fuzil do exército

7 – Dilma Rousseff já foi terrorista

Textos que já circulavam na internet antes das eleições também ganharam força durante o pleito. Dois deles acusavam a candidata à reeleição de ser uma terrorista. Duas dessas provas são uma foto dela com fuzil e uma ficha criminal que a designava como terrorista.

6 –  Pastor Everaldo solta pum durante entrevista no Jornal Nacional

Boatos também seguiram a seara do humor. Um deles foi um vídeo que mostrava que o candidato Pastor Everaldo teria soltado um pum durante entrevista no Jornal Nacional. Ele levou a história na brincadeira. Mas coincidência ou não, perdeu muitos votos depois da história.

Postagem pede boicote à Friboi por ser do filho de Lula
Postagem pede boicote à Friboi por ser do filho de Lula

5 – Lula é o dono da Friboi

Esse é um dos boatos que sempre circula na internet quando uma propaganda da empresa vai ao ar. Com a JBS sendo a maior financiadora das eleições, a história de que a empresa seria de Lula voltou a circular com força. De acordo com o boato, o real dono seria o filho dele, Lulinha. Até uma tal de Operação Vaca Gorda da Polícia Federal apareceu durante as eleições.

Joaquim Barbosa será novo ministro da justiça em governo tucano
Joaquim Barbosa será novo ministro da justiça em governo tucano

4 – Joaquim Barbosa vai ser ministro da Justiça de Aécio

Uma das informações que mais circularam a internet após a renúncia de Joaquim Barbosa ao STF seria a de que ele seria ministro da Justiça de Aécio Neves. A informação é falsa. Aliás, esse não foi o único boato envolvendo Barbosa. Uma capa falsa da Veja apontava que ele pedia votos para Aécio. Vale lembrar que antes do pleito, ele era apontado como um dos candidatos.

Imagens divulgadas na internet levantam suspeitas sobre Aécio Neves
Imagens divulgadas na internet levantam suspeitas sobre Aécio Neves

3 – Aécio Neves é usuário de cocaína

Uma das histórias que mais atingiram diretamente um candidato era a de que Aécio Neves era usuário de cocaína. Na base da fofoca, a informação acabou se espalhando sem nenhuma prova oficial. Mesmo sem evidências, piadinhas para “desconstruir” Aécio circularam na internet.

2 – Dilma é lésbica e amante cobra pensão alimentícia

Outra história que abalava diretamente a honra de um candidato era a de que uma ex-amante de Dilma teria cobrado pensão alimentícia. A história é tão falsa que a foto usada para ilustrar a imagem era de uma norte-americana. E a história circulou tanto que a própria mulher chegou a comentar no post do Boatos.org.

Informação de que Aécio agrediu namorada é falsa
Informação de que Aécio agrediu namorada é falsa

1 – Aécio Neves bateu na namorada durante uma festa

Com uma forcinha de Dilma, que levantou o tema violência contra mulher durante um debate, uma história nunca provada acabou circulando na internet. A informação era de que Aécio teria agredido a então namorada (hoje esposa) Letícia Weber em uma festa de 2009. É possível que ele tenha perdido alguns votos com essa história.

Antes de encerrar e deseja um bom voto para você no domingo, temos que dizer que nesse jogo de boatos, não houve inocentes. Alguns atacaram mais que outros e alguns foram atacados mais do que outros. Mas a realidade que todos jogaram sujo nessas eleições. Nisso tudo, quem mais perdeu foi o eleitor que ficou cada vez mais descrente nos candidatos e ficou sem saber a posição deles sobre assuntos mais importantes. Agora sim, boas eleições.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)