Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Política > Escola Leonardo da Vinci leva alunos para prestigiar Maduro no Itamaraty #boato

Escola Leonardo da Vinci leva alunos para prestigiar Maduro no Itamaraty #boato

Escola Leonardo da Vinci leva alunos para prestigiar Maduro no Itamaraty, diz boato (Foto: Reprodução/Facebook)

Boato – Vídeo mostra que a escola Leonardo da Vinci de Brasília levou alunos para prestigiar a visita do ditador da Venezuela Nicolás Maduro no Itamaraty.

Junto com a tentativa de se requentar desinformação sobre a vacinação contra a Covid-19, a visita de presidentes da América do Sul tem sido o principal tema das fake news nos últimos dias. A história de hoje fala sobre um suposto “absurdo” de alunos de uma escola de Brasília.

Um vídeo que mostra alunos da escola Leonardo Da Vinci próximos ao Palácio do Itamaraty está circulando junto com a informação que aponta que a escola havia os levado para “prestigiar” o ditador da Venezuela. Leia algumas das mensagens que circulam online:

Versão 1: Colégio leva crianças sem conhecimento dos pais ,para prestigiar o ditador sanguinário Narcoterrorista Maduro, Os absurdos desse desgoverno. Não está fácil aceitar o Brasil. Que absurdo!! O Diretor da Colegio Leonardo da Vinci, da Asa Norte, em Brasília, tem que ser denunciado e processado pelo ato insano e degradante pelo abuso da utilização desses jovens a comparecerem no ato referenciando um ditador, sanguinário e corruPTo, Nicolas Maduro, da Venezuela, que visita o Brasil a convite do presidente Lula e seus aliados. Versão 2: Escola Leonardo Da Vinci da Asa Norte de Brasília levou adolescentes para prestigiar o ditador Nicolás Maduro

Escola Leonardo da Vinci levou alunos para prestigiar Maduro no Itamaraty?

Vídeo: é falso que Sadia esteja dando prêmios para quem compartilhar no WhatsApp

O vídeo se espalhou com muita força na internet e chamou atenção em muitos perfis. Porém, é falsa a informação que aponta que a escola levou os alunos para “prestigiar” o presidente da Venezuela em Brasília.

Para chegarmos à veracidade da informação, fizemos o básico: resolvemos buscar por mais detalhes sobre o contexto das imagens. De fato, o vídeo é real, mas a explicação sobre o caso é totalmente distorcida.

Depois que o vídeo se espalhou na internet, a própria direção do Leonardo da Vinci desmentiu que se tratasse de uma “visita de prestígio” para Nicolás Maduro. Leia nota oficial apontada pela escola:

NOTA DE ESCLARECIMENTO NO DIA 29 DE MAIO, OS ALUNOS DO ENSINO MÉDIO DA VINCI PARTICIPARAM DE UMA SAÍDA DE CAMPO – AÇÃO JÁ PREVISTA NO PLANEJAMENTO PEDAGÓGICO – QUE TEM COMO OBJETO DE ESTUDO A ORGANIZAÇÃO DA CIDADE COM SEUS ELEMENTOS ARQUITETÔNICOS, TENDO EM VISTA O CONTEXTO, OS CONCEITOS E AS HABILIDADES QUE SÃO COBRADOS NA OBRA “A CIDADE É UMA SÓ?”, DO PAS/UNB.

Além disso, algumas pessoas que publicaram inicialmente a versão errada da história se corrigiram e publicaram uma nota de esclarecimento. Leia:

Boa tarde. Apaguei o tuite anterior porque o Colégio Leonardo da Vinci entrou em contato comigo e  esclareceu que a saída com os alunos foi para estudar a arquitetaura de Brasília e coincidiu com a chegada de Maduro. Como não gostamos de fake news, eis aqui o registro.

Com isso, já podemos chegar a um veredicto: a história que aponta que o colégio Leonardo Da Vinci levou alunos para “prestigiar” Nicolás Maduro é falsa. O vídeo é real, mas os alunos não estão lá por causa do presidente da Venezuela.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo siteFacebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube https://bit.ly/3vZsrnd
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3ounmCN
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai http://bit.ly/3zGePPm