Eduardo Bolsonaro diz que curtiu a foto de Lula, mas foi sem querer #boato

Boato – Depois de curtir uma foto de Lula no Instagram, Eduardo Bolsonaro fez post no Twitter admitindo que curtiu, mas foi sem querer.

Quem nunca, né? Tem aquela pessoa que você está espionando sem que ela saiba (por diversos motivos) e, por algum acidente, você vai lá e, sem querer, “curte” a foto dela. Muitas vezes isso pode passar despercebido, mas não com políticos.

Quem deu o último “vacilo” do gênero foi o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidenciável Jair Bolsonaro. No dia 13 de julho, ele curtiu uma foto do ex-presidente Lula “sem camisa na praia”. Pois bem, a curtida foi real e virou notícia em muitos portais (principalmente nesta sexta-feira 13 bem parada).

É claro que o assunto rendeu muitas repercussões. Uma das que mais chamou atenção é a da “justificativa de Eduardo Bolsonaro”. De acordo com um print que viralizou no Twitter, Facebook e em sites, ele teria tentado “remendar” a história com um tuíte. “Curti a foto do Lula, mas foi sem querer”, diria a mensagem que teria sido publicada às 14:08 de 13 de julho de 2018.

Eduardo Bolsonaro diz que curtiu a foto de Lula, mas foi sem querer?

Sabe aquela história do “remendo fica pior do que o soneto”. Pois é, seria isso se fosse verdade. Mas será mesmo que o deputado federal Eduardo Bolsonaro tentou se justificar por “curtir” uma foto de Lula no Instagram? A resposta é não. Para você entender tudo, vamos aos fatos.

De fato, a justificativa mais lógica seria essa mesmo. Mas o fato é que o assunto (que recebeu mais importância do que deveria) não teve um retorno de Eduardo Bolsonaro. Uma rápida busca no perfil dele no Twitter e você consegue perceber que ele não publicou nada a respeito do assunto (muito menos com mais de 2 mil RTs).

Em matéria do jornal O Globo sobre é dito que o deputado não se pronunciou a respeito do assunto. “Apesar de curtir foto, Eduardo Bolsonaro, que frequentemente se manifesta nas redes sociais contra o ex-presidente, não fez nenhum comentário. […] Cinco minutos após a reportagem ser publicada, o deputado descurtiu a foto. Procurado pela reportagem, não atendeu”, diz a matéria.

Resumindo: apesar de, de fato, ter curtido (e depois descurtido) a foto de Lula na praia, Eduardo Bolsonaro não se pronunciou sobre o assunto e, provavelmente, não deve se pronunciar. O print que circula online é falso e está servindo para manter o assunto (e a zoeira com o deputado) aceso na web.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Compartilhe este artigo:

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)