Dona Marisa era funcionária do Congresso, ganhava R$ 68 mil e Lula quer pensão #boato

Boato – Dona Marisa Letícia Lula da Silva era funcionária do Congresso e ganhava R$ 68 mil. Lula entrou com pedido de pensão vitalícia.

Já fazem algumas semanas que ocorreu o AVC e, posteriormente, a morte de Marisa Letícia Lula da Silva, a dona Marisa. Mesmo assim, alguns boatos relacionados a ela continuam circulando na internet.

Dona Marisa Letícia era funcionária do Congresso, ganhava R$ 68 mil e Lula quer pensão, diz boato
Dona Marisa Letícia era funcionária do Congresso, ganhava R$ 68 mil e Lula quer pensão, diz boato

A última “bomba” publicada dá conta que dona Marisa recebia R$ 68 mil (mais exatamente, R$ 68.945,45) no Congresso e que Lula teria pedido uma pensão vitalícia por ela. A “prova” de tudo seria um documento publicado no Facebook. Leia o texto que circula online:

OS MARAJÁS VERMELHOS. Esta é para deixar qualquer um de boca e olhos arregalados; Dona Marisa era funcionaria do Congresso Nacional com salario de R$ 68.945,45 sendo que nunca prestou Concurso Publico o que é pior Lula irá receber pensão da defunta que anda … Com esta que me enviaram não nos resta outra alternativa que uma grande AUDITORIA após afastarmos toda MAFIA POLITICA que dominam o Brasil; se brincar até os cães deles são funcionários com alto salários.

Leia o que diz o documento

O requerente Luiz Inácio Lula da Silva,esposo da servidora Marisa Letícia Lula da Silva, Assessora Parlamentar Nível 90 IV  , visto seu falecimento requer proventos e resíduos como seu direito conforme art.84 do Regimento Interno desta Casa sua Pensão Vitalicia, Seguro de Vida e Plano de Saúde. Brasília, 13/02/2017 às 13h06. Luiz Inácio Lula da Silva.

Dona Marisa era funcionária do Congresso, ganhava R$ 68 mil e Lula quer pensão?

É claro que a história se espalhou pela internet. Grande parte dos compartilhamentos veio de pessoas não muito simpáticas a Lula e/ou que querem a volta da Ditadura Militar (ou intervenção, como falam). Mas será mesmo que a história é real? A resposta é não. Vamos aos fatos.

Para começar, uma olhada com um pouco mais de atenção no “documento” ajuda a desmascarar a farsa. Ele é tão mal feito que o símbolo usado no “requerimento” sequer é do Congresso. Esta logo azul foi, provavelmente, tirada do site da União Marista do Brasil. A logo do Congresso é essa. E mais: documentos oficiais da Câmara dos Deputados e do Senado têm o brasão da República, o que não é o caso.

Além disso, o “requerimento” tem alguns erros que advogados não cometeriam. Um deles é na palavra “vitalicia”, grafada sem acento. Outro é nos espaçamentos das vírgulas, que não fazem sentido algum.

Ok, o documento é falso. Mas será que é verdadeira a informação que dona Marisa era funcionária do Congresso? Também não. Tentamos procurar pelo nome da ex-primeira-dama entre funcionários na Câmara e Senado e, como é possível ver nos links, o nome dela não está registrado.

Resumindo: a história que aponta que dona Marisa era funcionária do Congresso, ganhava R$ 68 mil e Lula pediu pensão vitalícia não só é falsa como um tanto quanto mal feita. Mesmo assim, um bocado de gente caiu como patinho na lorota.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de Viana, Heloisa Helena Salgado, diversos leitores. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook ou WhatsApp no telefone (61) 99331-6821.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)