Ministra Damares Alves diz que cerveja bock faz apologia ao sexo oral #boato

Boato – Em mais uma declaração polêmica, a ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, disse que a cerveja bock é uma apologia à prática do sexo oral.

Dentre todos os ministros do governo Bolsonaro, Damares Alves (ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos) é uma das que mais tem gerado polêmica na internet. O posicionamento dela em relação a questões religiosas e de gênero têm levantado críticas e elogios. É claro que no meio disso notícias falsas apareceriam.

A última que circula na internet sobre Damares dá conta que ela deu uma declaração polêmica em relação à cerveja bock (tipo de cerveja um pouco mais escura e apreciada no inverno). Damares teria dito que a cerveja bock seria uma apologia ao sexo oral. O motivo estaria no nome bock, “radical” de um termo utilizado para a prática.

A mensagem se espalhou por meio de textos soltos no Facebook como esse: “Outra pérola da Ministra Damares: ela afirmou que a cerveja Bock é apologia ao sexo oral. Continua a só pensar… naquilo”. Leia uma versão “maior” da história:

Ministra afirma que cerveja Bock é apologia ao sexo oral A Ministra Damares Alves, que cuida da pasta das Mulheres, Família e Direitos Humanos, aparece em vídeo afirmando que cervejas do estilo Bock fazem apologia ao sexo oral, e, portanto, deveriam ser proibidas.

-Vejam vocês o nome da cerveja. Bock é uma clara apologia ao sexo oral, desvirtuando os valores da família e do ato do acasalamento, que deve possuir somente finalidades reprodutivas, segundo as escrituras sagradas – afirmou Damares. “Ela só pensa… naquilo…”

Ministra Damares Alves disse que cerveja bock faz apologia ao sexo oral?

Todas as mensagens sobre a suposta fala se espalharam com força por aí. Mas será mesmo que Damares Alves resolver fazer um ataque contra a cerveja bock? A resposta é não. Calma que a gente explica tudo para você.

De fato, trata-se de uma declaração muito polêmica (que beira o inverossímil). Por isso mesmo é que resolvemos checar de onde saiu essa informação que estava pululando no Facebook. Já na primeira busca, descobrimos que o boato nasceu graças à modificação de um artigo de um site de humor.

Inicialmente, a história (que era tão “zoeira” que tratava a ministra como Dabares Alves) foi publicada no site Cervejonalista. A página é especialista em publicar artigos fictícios relacionados à cerveja. Tanto que o slogan da página é “Notícias de verdade sobre cervejas de mentira. E vice-versa”.

Antes que você me pergunte “porque você está desmentindo um site de humor”, é importante fazer um esclarecimento. Se a história fosse compartilhada apenas na página citada (que claramente não tem a intenção de espalhar fake news), tudo bem. A partir do momento que o artigo foi modificado, a Dabares virou Damares e já teve gente “acreditando” e xingando a ministra, a coisa chega na nossa seara e aí é preciso desmentir.

Resumindo: a história que aponta que a ministra Damares Alves disse que cerveja bock faz apologia ao sexo oral é falsa. O artigo surgiu em um site de humor para depois se espalhar como uma “verdade absoluta” por aí.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Compartilhe este artigo:

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)