Cristina Kirchner envia carta para Bolsonaro agradecendo apoio dele a Macri #boato

Boato – Em carta, vice-presidente eleita Cristina Kirchner agradece Bolsonaro por ter sido cabo eleitoral de seu adversário Mauricio Macri nas eleições da Argentina.

As eleições presidenciais da Argentina chegaram ao fim, ainda no primeiro turno, neste domingo, dia 27 de outubro de 2019. O resultado já era esperado: vitória de Alberto Fernández e de sua vice Cristina Kirchner. Com o resultado, o chamado peronismo retorna ao poder.

A eleição de Fernández foi marcada pelo apoio ao ex-presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva e pelas provocações contra Bolsonaro. Em seu discurso logo após o resultado, Fernández até soltou um “Lula livre”. Fato que não agradou nada o presidente brasileiro Jair Bolsonaro, que criticou o novo presidente argentino e afirmou que não iria parabenizar Fernández pela vitória.

E de acordo com uma história que está circulando nas redes sociais, não foi só Fernández que resolveu tirar uma casquinha com Jair Bolsonaro. Segundo a história, Cristina Kirchner, a vice de Fernández, teria escrito uma carta agradecendo Bolsonaro pelo apoio a Macri e por “falar besteiras”. De acordo com a carta, o presidente brasileiro teria sido um “cabo eleitoral” da esquerda argentina nessas eleições. Confira:

Carta de Cristina Kirchner a Bolsonaro: “Muito gentil Sr. Jair Messias, Gostaria de agradecer por sua importante ajuda nas eleições da Argentina neste domingo, que nos garantem o direito de retornar à Casa Rosada. As bobagens e ameaças pronunciadas por você deram um grande impulso em nossa campanha, tantas foram as imbecilidades ditas por você publicamente. Alberto e eu estamos muito satisfeitos com suas conversas cheias de serrarias, especialmente agora que estamos perto de vencer as eleições no primeiro turno. Peço-lhe para não parar de falar bobagens e absurdos. Depois, temos eleições no Uruguai e, talvez, seja possível também no Equador e no Chile. Você é o nosso grande cabo eleitoral. De Buenos Aires, com amor e gratidão, saudações de Cristina Kirchner, admiradora de sua incrível capacidade intelectual. ”

Carta de Cristina Kirchner a Bolsonaro: “Mui amable Señor Jair Messias, Deseo agradecer tu importante ayuda en los comícios en Argentina de este domingo que nos garantizan el derecho de volver a Casa Rosada. Las tonterias y amenazas pronunciadas por usted dieron una grande impulsión en nuestra campaña, tantas fueran las imbecilidades dichas por ti publicamente. Estamos, Alberto e yo, mui complacidos de tus charlas llenas de asnerías, sobretodo ahora que estamos cerca de vencer las elecciones en la primera vuelta. Pido a usted para que no cese de hablar disparates y absurdos. Luego tenemos elecciones en Uruguay y, quizá, és posible que también en Ecuador y Chile. Usted eres nuestro grande cable electoral. Desde Buenos Aires, con cariño y gratitud, saludos de Cristina Kirchner, admiradora de tu incredible capacidad intelectual.”

Cristina Kirchner enviou carta agradecendo apoio de Bolsonaro a Macri?

A informação deixou os “não-simpáticos” a Bolsonaro animados, especialmente por líderes latino-americanos terem resolvido “bater de frente” com o presidente brasileiro. Mas será que essa história de carta escrita por Cristina Kirchner é real? A resposta é não! Vamos aos fatos!

Essa seria uma provocação bombástica, mas não é verdadeira. Para chegar ao fim do mistério, bastou usarmos a lógica e realizarmos algumas pesquisas. Como a informação falava de uma carta (algo impessoal e inviolável), seria necessário umas das duas coisas para que ela se tornasse pública: a confirmação de envio por parte de Kirchner ou a confirmação de recebimento por parte de Bolsonaro. Ao procurar por essa informação nas redes sociais de ambos, nada encontramos. No caso de Bolsonaro, o recebimento da carta seria ainda mais inviável uma vez que ele está viajando há alguns dias pela Ásia.

Seguindo a hipótese de que o documento seria uma carta aberta, ainda sim seria necessário que ela fosse publicada em alguma fonte ligada à Kirchner. Entretanto, nada encontramos. Vimos a suposta carta apenas em sites brasileiros (contrários a Bolsonaro) e em redes sociais brasileiras. Mas em nenhum perfil argentino.

Vale ressaltar que o tom usado na suposta carta também é bastante diferente do tom usado por Cristina Kirchner para falar sobre Bolsonaro. Em seu livro ‘Sinceramente’, lançado em maio de 2019, Kirchner até chega a fazer comentários sobre Bolsonaro, mas em um tom muito mais polido. Vale destacar também que a vice-presidente de Alberto Fernández sequer respondeu às provocações de Bolsonaro durante a campanha eleitoral.

Em resumo: a história que diz que Cristina Kirchner enviou carta agradecendo apoio de Bolsonaro a Macri é falsa! A carta não foi publicada em nenhuma rede social e nem Bolsonaro e muito menos Kirchner atestaram a existência da mesma. Apesar de Bolsonaro ter alfinetado Kirchner e Fernández, a carta não é verdadeira. Até a próxima!

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/31veiMZ
error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)