Corte de Haia quer novas eleições no Brasil e prisão de Lula #boato

Boato – Pressionada por 21 países, Corte de Haia quer novas eleições no Brasil, prisão de Lula e fim da corrupção.

Sem dúvida, este ano de 2016 promete. Agora que “começou de fato”, o ano já reservou o indiciamento do ex-presidente Lula e a prisão temporária do marqueteiro das campanhas presidenciais do PT de 2006, 2010 e 2014, João Santana. No meio de tudo isso, uma nova informação surge na internet.

Corte de Haia pede novas eleições no Brasil, diz boato
Corte de Haia pede novas eleições no Brasil, diz boato

De acordo com um texto publicado por diversos blogs e compartilhado no Facebook, a Corte de Haia teria pedido novas eleições no Brasil após pressão de 21 países. O tribunal também teria pedido a prisão imediata de Lula e o “fim da corrupção”. Leia texto:

PRESSIONADA POR 21 PAÍSES CORTE DE HAIA QUER NOVAS ELEIÇÕES NO BRASIL, PRISÃO DE LULA E FIM DA CORRUPÇÃO. Corte de HAIA avisa “Ou tira a Dilma, prende o LULA e para a roubalheira, Ou Brasil sofrerá sanções”. Brasil poderá sofrer sanções da corte internacional criminal de Haia…

21 países enviaram uma carta a corte de HAIA para que medidas sejam tomadas no Brasil se não houver um ponto final na corrupção. O pedido ainda contempla a saída de Dilma com novas eleições gerais. Investigações severas e prisão do ex-presidente do Brasil Luiz Inácio Lula da Silva e a paralisação total da corrupção. Entre as sanções os grupo que forma G1 poderá deixar de comprar qualquer produto alimentícios do Brasil.

Exa. FATOU BENSOUDA PROMOTORA CHEFE DO TRIBUNAL PENAL INTERNACIONAL. CONSIDERANDO que, a Declaração Universal dos Direitos Humanos (1948) proclama: “Artigo III – Toda pessoa tem direito à vida, à liberdade e à segurança pessoal.”

Os cidadãos brasileiros signatários submetem ao PROMOTOR do TRIBUNAL PENAL INTERNACIONAL petição no sentido:

Que novas eleições sejam convocadas em 90 dias para que o direito e a democracia daquele país permaneça. Que as apurações envolvendo o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva seja encarada com responsabilidade e com respostas imediatas a população brasileira. Não existe outras formas a não ser medidas e sanções ao Brasil sem uma resposta do fim da corrupção

Na certeza que, assim procedendo, contribuem para o aperfeiçoamento da ordem internacional e os prospectos da paz continental, firmam essa petição virtual, que será enviada pelos administradores do site CHANGE.ORG à apreciação de S. Exa. FATOU BENSOUDA, Promotora Chefe do Tribunal Penal Internacional, Haia, Países Baixos.

A gente tirou muito dos itens do texto porque ele estava gigantesco. Mas deixamos o essencial para descobrir se a história é verdadeira ou falsa. Por isso, vamos aos fatos.

Para começar, o próprio texto em si mostra muitas contradições. Alguns erros de informação estão no texto, como que trata o grupo de 21 países como “G1” (não seria G21?). Ao final do texto, ele fala em “petição virtual”. Mas como os países do G21 vão fazer uma petição virtual?

É aí que achamos a solução da questão. Quando resolvemos procurar o texto citado na matéria, chegamos a uma petição no site “Change.org”. E, ao contrário do que diz o início do texto, quem criou a petição não foi o G21 e sim um sujeito chamado Eduardo, de Gravataí (RS). Além disso, tentamos achar alguma informação a respeito do assunto em inglês e nada encontramos.

Resumindo, os blogs que circulam a informação da Corte de Haia pegaram a carta do Change.org e mudaram o autor. Em vez de “um brasileiro indignado”, colocaram muitas outras pessoas. Veredicto: boato. Apesar de realmente as coisas estarem se complicando para o governo e Lula, a Corte de Haia não pediu nada.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet