Carro-bomba que seria usado em atentado contra Bolsonaro é apreendido #boato

Boato – A polícia interceptou no Paraguai um carro-bomba que seria usado em um atentado contra o candidato Jair Bolsonaro (PSL) no dia da votação.

Nas últimas semanas, o candidato Jair Bolsonaro (PSL), líder das pesquisas eleitorais, tem se mantido recluso. Ele não participou dos últimos debates, não realizou viagens e não fez aparições em comícios (pelo menos não pessoal). A decisão foi tomada com base em três motivos: questões de saúde, questões estratégicas e questões de segurança.

Para quem acha que Bolsonaro teve uma decisão sábia ao se preservar, uma história está se encaixando “como uma luva”. De acordo com mensagem que circula online, a polícia apreendeu um carro-bomba na fronteira do Paraguai que seria utilizado para um atentado contra Bolsonaro. Leia quatro versões da mensagem que circula online:

Versão 1: INTERCEPTADO “CARRO BOMBA”, EM ATENTADO TERRORISTA, DE ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA, NA DIVISA PARAGUAI/BRASIL, DESTINADO A ATINGIR, NOSSO FUTURO PRESIDENTE “JAIR BOLSONARO”.

Versão 2: URGENTE! POLÍCIA FEDERAL APREENDEU UM CARRO-BOMBA QUE SERIA EXPLODIDO PRÓXIMO AO LOCAL DE VOTAÇÃO DE BOLSONARO NO PRÓXIMO DOMINGO.. INFORMAÇÕES ESTÃO SENDO APURADAS.

Versão 3: 2 carros Bomba tentando passar a fronteira do Paraguai para o Brasil  essa noite. Versão 4: Carro bomba apreendido na fronteira com o Paraguai. Rifle de sniper etc para atentado contra Bolsonaro

Carro-bomba seria usado em atentado contra Bolsonaro no dia da votação?

Muita gente saiu compartilhando as fotos e vídeos no WhatsApp e Facebook falando sobre o atentado contra Bolsonaro e o carro-bomba. Mas será que essa história é real? A resposta é não. Para você entender tudo, vamos aos fatos.

A tal informação se espalhou em alguns formatos diferentes. No mais “popular”, são mostrados vídeos e fotos de um carro com explosivos. Pois bem, as imagens são reais, mas nada tem a ver com Bolsonaro.

A imagens são de uma apreensão ocorrida no Paraguai. Ao contrário do que aponta a mensagem, o carro não tentou “atravessar a fronteira com o Brasil”. A intenção do grupo era explodir o carro em Assunção para libertar o traficante Marcelo Piloto, preso na capital do Paraguai. Essa matéria do G1 dá detalhes. Esse vídeo do Programa Brasil Urgente (Band) também fala do caso:

A segunda versão da história que circulou online mostra um “caveirão” (carro do Bope, do Rio de Janeiro) próximo a um pacote e a mesma história de “carro-bomba para Bolsonaro”. A imagem também não condiz com a mensagem. Ela é de 2016, quando houve uma ameaça de bomba durante a prova de ciclismo nas Olimpíadas do Rio.

A terceira versão na qual tivemos acesso é menos provável ainda. Além de todos os indícios apresentados anteriormente, a história (que cita “coronel Carlos Alvez” e culpa em “eleitores de Bolsonaro”) nada mais é do que uma invenção de um site de fake news (o mesmo que sempre ataca com notícias falsas no WhatsApp).

Resumindo: a história que aponta que um carro-bomba que seria usado em um atentado contra Bolsonaro foi apreendido Paraguai é falsa. As imagens são reais, mas nada têm a ver com o candidato do PSL.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Neste sábado (27) e domingo (28), o Boatos.org se uniu a outras cinco agências de checagens de notícias no Brasil para checar as mensagens de conteúdo suspeito nesta reta final das eleições. A ideia de juntar forças é para ganhar mais agilidade e aumentar o alcance das checagens. A parceria reúne o E-farsas, Agência Lupa, Aos Fatos, Projeto Comprova e Fato ou Fake. 

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)