Caio Coppolla é demitido da CNN e escreve texto sobre “momento que vivemos” #boato

Boato – Depois de ser demitido da CNN, o comentarista Caio Coppolla escreveu um texto em que condena políticos do PT, PSDB, MDB, membros do Judiciário e de partidos de direita que romperam com Bolsonaro.

Uma das coisas mais frustrantes de quem desmente notícias falsas na internet é perceber que, mesmo depois de checadas, algumas fake news acabam rendendo desdobramentos (ou seja, fake com base no fake). É o caso da história de hoje.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

Siga o Boatos.org no Twitter:


Se inscreva no nosso canal no Youtube

 

Receba as nossas atualizações no grupo do WhatsApp (só postagens do administrador, não se preocupem): http://bit.ly/2Z5PgE0

Confira o nosso Instagram:

Instagram

Lista no Telegram
https://bit.ly/2VSlZwK

Mesmo depois de desmentirmos a informação que apontava que Caio Coppolla havia sido afastado da CNN por ter feito declarações contrárias ao STF surgiu na internet um suposto texto que o comentarista teria escrito “após ser demitido”.

No texto, ele lista diversos políticos, exalta Bolsonaro e, no final, pede um boicote a publicações na mídia que ataquem o presidente. Leia trechos do texto que circula na internet (cortamos porque é gigante e “mais do mesmo”):

Confira o desmentido em vídeo:

Repassando… É longo o texto, mas perfeito, vale A pena ler e refletir! Por Caio Copolla, demitido da CNN por fazer comentários c contra o poder ditatorial e anti democrático do stf Essa será minha última postagem sobre o momento em que vivemos. Por mais que eu tente, não conseguirei ser curto nas palavras, mas se vc, assim como eu, deseja um Brasil melhor, creio que valerá ler até o final.

Sabemos que esse país é dominado por uma elite política que, trocam as cadeiras mas não trocam a corrupção. Antes éramos roubados por Portugal e hoje, por essa elite maquiavélica. Não distribuem água no interior nordestino, não oferecem educação boa, inventam gastos e necessidades q sempre teve um único foco: manter o povo “preso” e devedor de favores para ganharem votos, além de não ter que enfrentar um povo estudado e inteligente. Sempre foi assim e em nossas mentes, tinham os mocinhos e os bandidos. PSDB e PT. Cada qual com seus aliados e com PMDB aliado de todos. Nada disso é novidade pra ninguém!

Muito bem, nos últimos anos, graças a Lava Jato encabeçada por Moro, descobrimos o quanto éramos enganados. Ambos partidos nasceram de anistiados e hoje entendemos o pq eles fugiram. Todos safados. Todos metidos em sujeiras. Todos! Aí aparece Bolsonaro que promete tirar os brasileiros do julgo dessa elite corrupta e, ou por acreditar nele ou por não haver outro que derrubasse o PT, ganhou as eleições. Por incrível que pareça, não é que ele cumpriu com o que prometeu? Tem tentado limpar ministérios, universidades, estatais, renovar a forma de se fazer política nesse país, acabar com a corrupção, enfim, fazer o q todos nós sempre quisemos. […]

Sem usar palavras como establishment ou status quo pq esses meus textos estão sendo compartilhados para pessoas que infelizmente não conhecem seu significado, vou tentar explicar de uma forma bem simples o momento que estamos vivendo: Ao querer fazer desse país um lugar melhor, Bolsonaro está tampando os vazamentos da máquina Brasil, onde perdíamos muito dinheiro. A cada buraco tampado, uma equipe de conserto ficava sem sua boquinha. Em tempo, é bom esclarecer que nessa minha analogia, estas equipes nunca empregavam a melhor solução para consertar o Brasil e sim, formas de ludibriar que consertavam para continuar mamando dos vazamentos.

A cada buraco tampado, novas equipes perdiam sua boquinha até a hora que eles se reuniram e falaram: “gente, ou nós acabamos com esse cara, ou vamos ficar sem nossas mordomias. Pior, ou tiramos ele de lá, ou vão descobrir aqueles vazamentos que criamos e seremos presos”. Gente, esse mecanismo está a todo vapor onde Globo, Folha, UOL, Leitão, blogueiros, todos os vira-casacas + caciques + empresários desonestos + oposição tentam salvar seus buracos. […]

Eu continuo preferindo um cara verdadeiro que não sabe falar a um ladrao campeão de oratória. Como vc pode ajudar Bolsonaro e a vc mesmo contra essa corja toda? Simples, comece a postar q está a favor de Bolso. Pare de compartilhar Globo, folha, UOL, mesmo se a matéria for de cãezinhos adotados. Nos vídeos dessa corja, dê deslike e principalmente, deixe de segui-los nas redes sociais. Todos eles! São perfis abertos. Se quiser saber algo, busque na lupa e leia. Mas não dê mais força a eles pq todos, absolutamente todos querem continuar mamar nas tetas do Brasil. E comente abaixo que concorda (caso concorde mesmo), assim seus amigos também tomarão conhecimento dessa trama para voltarem ao poder e criamos assim uma corrente do bem. PS: pode se sentir um bosta, eu deixo. Eu também votei em FHC, Joyce, Dória e também me sinto enganado e um merda. Entendo vc perfeitamente!”

Caio Coppolla foi demitido da CNN e escreveu texto sobre “momento que vivemos”?

Caramba! Que texto grande, hein? Mas será mesmo que a mensagem em questão foi escrita pelo comentarista da CNN Caio Coppolla e será mesmo que ele foi demitido da emissora? A resposta é não. Calma aí que a gente explica tudo para vocês.

A primeira parte da balela (da demissão de Caio Coppolla da CNN) já foi desmentida na semana passada aqui no Boatos.org. Como falamos na ocasião, ele até chegou a ficar alguns dias afastado do Grande Debate (programa que participa) por suspeitas (que foram confirmadas) de que ele havia contraído Covid-19. Porém, ele já se recuperou da doença e está de volta à CNN (a prova disso são vídeos recentes dele na emissora).

E, assim como é falso que Caio Coppolla foi demitido da CNN, também é não é verdade que ele escreveu o texto em questão. Na realidade, a mensagem (que foge do estilo do comentarista, tem diversos palavrões e erros de ortografia) surgiu anônima na internet (como é possível ver em postagens como essa) e apenas depois ganhou a autoria de Caio Coppolla.

Resumindo: a história que aponta que Caio Coppolla foi demitido da CNN e escreveu um texto criticando políticos e pedindo “deslikes” em conteúdo da mídia é falsa. Nem ele foi demitido da emissora tampouco é o autor da mensagem.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99177-9164. 

Clique nos links “bit.ly” para acessar nossos perfis:

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2BWWK1B

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet