Bolsonaro traz ultrassom que destrói células cancerígenas de Israel #boato

Boato – O presidente Jair Bolsonaro trouxe de Israel para o Brasil um ultrassom que destrói células cancerígenas sem precisar de cirurgia. O aparelho será utilizado pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Desde a posse do presidente Jair Bolsonaro, várias notícias sobre os “grandes feitos” de seu governo começaram a circular por toda a internet – algumas verdadeiras ou não e, ainda, outras com fatos um tanto distorcidos.

Em mais um caso dessa série, começou a ser compartilhada recentemente nas redes sociais uma publicação que diz que Bolsonaro teria trazido de Israel um ultrassom que destrói células cancerígenas sem precisar de cirurgia.

O aparelho supostamente será utilizado pelo Sistema Único de Saúde (SUS). “Chega ao Brasil Ultrassom que destrói células cancerígenas sem cirurgias. E o Melhor, pelo SUS”, diz a mensagem.

Bolsonaro traz ultrassom que destrói células cancerígenas de Israel?

É claro que uma notícia sobre benfeitorias no sistema de saúde para combater o câncer deixaria muitas pessoas felizes com o atual governo e viralizaria na internet. Mas será mesmo que Bolsonaro trouxe o tal ultrassom que destrói células cancerígenas de Israel? A resposta é não! E você vai entender melhor o porquê a seguir.

Para começar, o primeiro fato que nos levou a desconfiar dessa informação é que a mensagem do texto original da publicação carrega todas as características de boatos: é vaga (não contextualiza a notícia, já que não fornece dados de quando isso aconteceu), alarmista (tem o intuito de atrair a atenção dos internautas e gerar compartilhamentos), possui vários erros de português e, ainda, não cita fontes confiáveis que possam dar credibilidade ao que está sendo noticiado.

Em segundo lugar, não é de hoje que boatos em torno dos “feitos incríveis de Israel” aparecem por aqui. Você deve se lembrar, por exemplo, da falsa notícia de que Israel enviou um avião para ajudar a apagar os incêndios na Amazônia; de outra que dizia que Israel doou 15 helicópteros ao Brasil durante a visita de Bolsonaro; e, ainda, da história que também desmentimos sobre um soldado de Israel que encontrou um bebê com vida na tragédia de Brumadinho.

Além disso, existe também um histórico de notícias falsas sobre as benfeitorias do governo Bolsonaro que nós já desvendamos em outras ocasiões, como o boato que dizia que Bolsonaro trouxe uma técnica que cura o câncer de mama sem cirurgia para o Brasil.

Assim como no nosso caso de hoje, essa história falava da cura de algo que já existia no Brasil desde 2011. O aparelho de ultrassom que destrói tumores, mencionado na falsa notícia, foi inaugurado em 14 de abril de 2011 pelo Instituto do Câncer de São Paulo. Isto é, muito antes da eleição de Jair Bolsonaro. (Veja a matéria nesse link).

Resumindo: A história que diz que Bolsonaro trouxe ultrassom que destrói células cancerígenas de Israel é falsa. Esse aparelho já está no Brasil desde 2011, isto é, muito tempo antes da posse de Bolsonaro como presidente da República.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Compartilhe este artigo:
error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)