Bolsonaro diz que nordestino é tão burro que não consegue falar Haddad #boato

Boato – Em entrevista no Rio Grande do Sul, o candidato Jair Bolsonaro (PSL) disse que o nordestino é burro e nem consegue falar o nome Haddad.

O noticiário de tempos em tempos encontra um tema específico para explorar até que não haja mais do que falar. Tristemente, a “notícia do momento” tem sido o incêndio que destruiu o Museu Nacional do Rio de Janeiro, que continha, de acordo com informações da imprensa, 20 milhões de itens em seu acervo.

E, mesmo que o noticiário se desvie, ainda que minimamente, do anterior “tema do momento” (a política) os boatos eleitorais não dão descanso. Seguem comprometidos como nunca em espalhar histórias falsas por aí, de todos os lados e de todos os candidatos. A bola da vez é Jair Bolsonaro.

Segundo uma mensagem que está circulando no Facebook, o candidato à presidência pelo PSL soltou “mais uma barbaridade” durante entrevista em Guaíra, no Rio Grande do Sul. De acordo com a mensagem, Bolsonaro ofendeu nordestinos, disse que eles são burros e que não conseguem falar Haddad (o sobrenome do candidato do PT à presidência). “Ontem no rio grande do sul. Bolsonaro passou dos limites e em uma rádio de Guaíra Rs ele foi perguntado se temia a força do PT no nordeste. E sua resposta foi essa: O nordestino é tão burro que nem o nome Haddad eles sabem falar”, diz a mensagem.

Bolsonaro disse em entrevista que nordestino é burro e que não consegue falar Haddad?

No Facebook, uma das versões desta mensagem chegou a 24 mil compartilhamentos, sem mencionar as centenas de comentários (de todos os tipos) e reações. Mas então, Bolsonaro disse mesmo isso? Se sabe que ele já disse muita coisa, mas isso ele não disse não. Vamos entender melhor.

Para começar a desvendar essa história, bastou que pescássemos os erros escrachados presentes na própria mensagem. O mais escancarado deles é o erro geográfico. Guaíra não é uma cidade do Rio Grande do Sul, mas sim um município do Paraná. Logo, o “onde” da história já não bate. Outra falha grave é o “quando”. Já comentamos aqui outras vezes que mensagens que usam termos de especificação temporal como “ontem” sem mencionar exatamente a data tem tudo para ser falsas. Afinal, o “hoje” será “ontem amanhã”.

Para entender melhor, checamos a agenda de campanha de Bolsonaro, apenas para confirmar que ele esteve no Rio Grande do Sul, de 28 a 30 de agosto. No Rio Grande do Sul existe uma cidade chamada Guaíba, e uma rádio com o mesmo nome para a qual Bolsonaro realmente deu uma entrevista, mas nada sobre nordestinos foi comentado.

Procurando um pouco mais, descobrimos que, de fato, existiu um comentário sobre nordestinos não saberem falar Haddad. No entanto, quem o fez foi Carlos Lupi, presidente do PDT, partido de Ciro Gomes. Vale ressaltar que Lupi não chamou os nordestinos de burros, e apenas usou a frase para explicar que o desconhecimento das pessoas sobre Haddad na região tornaria pouco provável a transferência de votos dos eleitores de Lula para o professor paulistano.

Resumindo, não é verdade que Bolsonaro disse que nordestino é burro e que não consegue falar Haddad. O lugar mencionado na mensagem está errado e o candidato do PSL não proferiu essas palavras. Algo próximo disso (sem o adjetivo “burro”) foi dito por Carlos Lupi. Portanto, Bolsonaro é inocente nessa e a história é #boato.

PS: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema para o Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, no Facebook e WhatsApp no telefone (61) 991779164.

Compartilhe este artigo:

2 comentários em “Bolsonaro diz que nordestino é tão burro que não consegue falar Haddad #boato

  • 06/09/2018 em 11:47
    Permalink

    Mais uma fake News da esquerda que está desesperada com o crescimento do Bolsonaro.

    Resposta
  • 06/09/2018 em 09:45
    Permalink

    Bom dia

    me cadastrei no BOATOS.ORG e todo FAKE eu compartilhava no meu facebook, de uns 3 dias pra cá eu não acho mais a a aba pra compartilhar, gostaria de saber se não é mais possível compartilhar?

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)