Bolsonaro aparece em foto com acusado de assassinar Marielle Franco #boato

Boato – Foto mostra o presidente Jair Bolsonaro e seu filho Eduardo Bolsonaro junto com Élcio Queiroz (Ronnie Lessa), preso sob a acusação de ser o assassino de Marielle Franco.

Quase um ano após o assassinato da vereadora Marielle Franco, os primeiros suspeitos do crime acabaram presos. E assim que Élcio Queiroz e Ronnie Lessa foram detidos, uma série de informações circularam na internet. Algumas delas falsas.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org
Siga o Boatos.org no Twitter:

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Receba as nossas atualizações no grupo do WhatsApp (só postagens do administrador, não se preocupem): http://bit.ly/33KpUO3

Confira o nosso Instagram:

Instagram

Uma das histórias que viralizaram por aí dá conta de que Élcio Queiroz esteve em uma foto com o presidente Jair Bolsonaro durante uma cerimônia de formatura de policiais militares. Em uma das versões, o sujeito é identificado, inclusive, como Ronnie Lessa. Leia a mensagem que circula online:

Versão 1: Bolsonaro e filho na foto com Elcio, acusado de efetuar os disparos contra Marielle. Versão 2: Jair Bolsonaro e Ronnie Lessa, assassino de Mariele Franco Versão 3: Bolsonaros na foto com o acusado de ser o atirador, o Élcio! Embaixo, à esquerda. QUEM MANDOU MATAR MARIELE?????

Bolsonaro aparece em foto com acusado de assassinar Marielle Franco?

A tal imagem se espalhou pela internet e foi reforçada por diversas informações que (sem provas) ligariam o presidente ao assassinato de Marielle. Mas será mesmo que um dos acusados está na foto que viralizou? A resposta é não. Para você entender tudo, vamos aos fatos.

Antes de falar da imagem em si, temos que fazer uma ressalva e uma “ressalva da ressalva”. A ressalva é que, de acordo com o delegado do caso Giniton Lopes, um dos suspeitos (Ronnie Lessa) mora no mesmo condomínio de Bolsonaro e que a filha dele namorou um dos filhos do presidente. Também há uma foto publicada por Élcio com Bolsonaro no Facebook.

Agora, a “ressalva da ressalva”. Em termos materiais, não significa nada a informação de que um dos suspeitos seja vizinho de Bolsonaro (algo confirmado pelo próprio delegado do caso) e tampouco que outro publicou uma foto com o presidente (a foto é de 2011). Também não significaria muita coisa se o suspeito estivesse na foto da nossa apuração. Mas não está.

Ao buscar pela origem da imagem, chegamos a uma cerimônia de formação de sargentos da PM de São Paulo em um curso superior tecnólogo no ano de 2017. Na imagem em questão, há a seguinte legenda: “Eduardo Bolsonaro, Jair Bolsonaro e Coronel Telhada com Wladimir Menezes e Rogério Praxedes”.

A pessoa confundida com Élcio Queiroz é Wladimir Menezes. Ele era, na época, secretário-geral da Associação dos Policiais Militares Portadores de Deficiência do Estado de São Paulo (APMDFESP).

Resumindo: apesar de existir uma foto de Bolsonaro com Élcio Queiroz (que não significa muita coisa), a imagem em questão não é de um dos suspeitos de assassinar Marielle Franco. Para além de um boato contra o presidente, é um boato contra uma pessoa que está sendo confundida com um acusado de assassinato.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo siteFacebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)