Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Política > Não há provas (nem indícios) de que Bolsonaro tenha sido expulso de restaurante na Argentina

Não há provas (nem indícios) de que Bolsonaro tenha sido expulso de restaurante na Argentina

Bolsonaro foi expulso de restaurante na Argentina sob gritos de Lula , diz boato (Foto: Reprodução/Twitter)

Boato – O ex-presidente Jair Bolsonaro foi expulso de um restaurante da Argentina sob gritos de “olê, olê, olê, olá, Lula, Lula”.

Análise

A posse do presidente argentino Javier Milei foi vista como uma oportunidade para a direita do Brasil ganhar um pouco de holofote e popularidade. Um dos motivos está na ausência do presidente Lula no evento e da presença do ex-presidente Jair Bolsonaro.

Nos dias que esteve na Argentina, Bolsonaro não demorou a postar imagens de encontros com líderes de direita no continente e, inclusive, afagos que recebeu do público. Porém, um episódio compartilhado com todas as forças por militantes “mais exaltados” de Lula mostra que a coisa não teria sido bem assim.

Vídeo: é falso que Sadia esteja dando prêmios para quem compartilhar no WhatsApp

Um vídeo curtíssimo, de oito (ou nove) segundos, seria a prova de que Bolsonaro teria tentado jantar em um restaurante, mas teria sido expulso do local sob os gritos de “olê, olê, olê, olá, Lula, Lula”. Leia algumas das mensagens que viralizaram online e assista ao vídeo:

Versão 1: Gente, a tour do Bozo na Argentina tá muito legal! 😂😂😂 Seria bom rolar toda semana! Depois de ser barrado na foto, ele tomou essa na orelha e teve que correr do restaurante. BOLSONARO VERGONHA MUNDIAL.

Versão 2: Agora: l Bolsonaro é vaiado e expulso de restaurante na Argentina Bolsonaro vergonha mundial Versão 3:Depois de ser barrado na foto oficial, saiu indignado e foi espairecer no restaurante só para ser barrado novamente! BOLSONARO VERGONHA DO BRASIL

Versão 4: O INELEGÍVEL foi muito bem recepcionado na Argentina, forçou para aparecer na foto oficial com o Milei, mas foi barrado! BOLSONARO VERGONHA MUNDIAL Se você tem dúvidas que BOLSONARO MORREU Veja a vergonha que ele foi passar no crédito!

Checagem

Na parte da checagem do conteúdo, vamos responder às seguintes questões: 1) É verdade que Bolsonaro foi recebido em um restaurante sob os gritos de Lula? 2) É verdade que Bolsonaro foi expulso do tal restaurante na Argentina? 3) A passagem do ex-presidente na Argentina foi um vexame?

É verdade que Bolsonaro foi recebido em um restaurante sob os gritos de Lula?

Tudo indica que não. Para começar, o vídeo causa estranheza. Em tempos de facilidades em mixagem de áudios e vídeos, é bem provável que o vídeo seja fruto de uma edição na qual o áudio do “olê, olê, olê, olá, Lula, Lula” tenha sido inserido no vídeos. Não são poucos os indícios.

Para começar, o volume do áudio (que mostra gritos em tom alto e próximos ao celular) não condiz com o ambiente, no qual não há ninguém gritando e o restaurante parece estar tranquilo. Além disso, o vídeo foi gravado na Argentina e os gritos são em “bom (ótimo)” português sem qualquer sotaque. Para ficar apenas em três motivos, o tom do próprio Bolsonaro no vídeo é de tranquilidade.

É verdade que Bolsonaro foi expulso do tal restaurante na Argentina?

Não. A história só circulou em perfis/sites com viés de esquerda (mais lulista mesmo). Nenhuma fonte confiável (inclusive esta matéria da Piauí que agiu como “carrapato” dos passos do ex-presidente) apontou para a tal “expulsão”. 

Além disso, há um vídeo que é, aparentemente do mesmo local (um restaurante na região de Puerto Madero, em Buenos Aires) que mostra Bolsonaro saindo tranquilamente do restaurante com uma claque. Ou seja: expulso ele não foi.

A passagem do ex-presidente na Argentina foi um vexame?

Sem partidarismo, a resposta é não. Em um evento no qual a direita “sambou”, Bolsonaro foi recebido com honras e aplaudido (alguém que nem sempre é comum em ambientes não controlados) e teve um respiro. Episódios polêmicos à parte (como da foto oficial que ele não participou, de forma justa, com outros presidentes), o saldo foi positivo. Tanto que o espalhamento da história da “expulsão do restaurante” cheirou mais a “contenção de danos” do que outra coisa.

Conclusão

Boato sem comprovação 👎

Não há qualquer prova (ou indício) de que Bolsonaro ouviu gritos de Lula em um restaurante. Não podemos cravar, mas há claros elementos que apontam para um montagem. Quanto a Bolsonaro ter sido expulso, temos mais um boato sem comprovação. E como diz o poeta, o ônus da prova é de quem acusa.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo e-mail [email protected] e WhatsApp (link aqui: https://wa.me/556192755610)