Bolsonaro chama chineses para fazer estrada de ferro em Lucas do Rio Verde #boato

Boato – Vídeo mostra estrada de ferro que chineses construíram de Lucas do Rio Verde até o Maranhão. Foi Bolsonaro que os chamou para fazer o Brasil “ir para frente” e “marcou um golaço que a Globo não mostra”.

A situação que vamos descrever hoje é, nos nossos quase seis anos de Boatos.org, inédita: um boato que servia para atacar “os comunistas” agora serve para exaltar o “presidente mito”.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org
Siga o Boatos.org no Twitter:

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Receba as nossas atualizações no grupo do WhatsApp (só postagens do administrador, não se preocupem): http://bit.ly/2YViiVK

Confira o nosso Instagram:

Instagram

Um vídeo mostrando a construção de uma estrada na cidade de Lucas do Rio Verde (Mato Grosso) aponta que Bolsonaro “fez um golaço” e a “Globo não mostra” que chineses foram chamados para usar um maquinário de última geração. Leia a mensagem que circula online:

Olha o maquinário que os chineses estão usando para fazer a estrada de ferro que vai da região de Lucas do Rio Verde até o Maranhão. Já estão em Marabá no Pará. Golaço do presidente. Se você não compartilhar ninguém ficará sabendo. A Globo não mostra.

Bolsonaro chamou chineses para fazer estrada de ferro em Lucas do Rio Verde?

A história e o vídeo se espalharam com força na internet. Seria tudo lindo se não fossem dois detalhes. 1) O vídeo é antigo e nada tem a ver com Bolsonaro. 2) Não foram “chineses” que construíram a estrada. Vamos lá.

A história se resolve com um simples elemento: ela já foi desmentida pelo Boatos.org em 2018 (antes mesmo de Bolsonaro virar presidente). Só esse detalhe já elimina a hipótese de que ele tenha algo a ver com a construção da estrada.

Agora, o melhor da história: em 2018, o mesmo vídeo foi utilizado (muito provavelmente por eleitores de Bolsonaro) para “alertar” para a “ameaça comunista dos chineses e russos”. Ou seja: o que foi usado para “atacar os inimigos” no passado está servindo para “exaltar os aliados” no presente. Veja só como é a vida.

Se você acha que acabou, ainda tem mais um “detalhe”. Além de o vídeo não ter relação alguma com Bolsonaro, a estrada retratada na filmagem não foi construída por chineses e sequer o “trecho” está certo. Como a gente já apontou isso outrora, relembre o que escrevemos:

Para solucionar essa questão, fomos atrás de mais duas informações: em relação à atuação dos chineses nas ferrovias brasileiras e sobre qual é a origem do vídeo. Há, de fato, algumas matérias falando sobre a intenção de grupos chineses (o que não é de se espantar já que estamos falando da segunda maior potência do mundo) em participar (não dominar, entenda bem a palavra) da construção de algumas ferrovias no Brasil.

De acordo com essa matéria da Folha, os chineses terão que participar de licitações para ganhar a concorrência. Essa matéria da Gazeta do Povo fala também da intenção (intenção, entendeu) de empresas chinesas construírem uma ferrovia no Sul do Brasil. Nos dois casos, a intenção é facilitar o escoamento de produtos até os portos. O carro chefe são os grãos.

Detalhe: além de nenhuma das matérias apontarem que os chineses já estão trabalhando na construção de estradas de ferro, o trecho apontado no vídeo não foi feito por empresas da China.

Também ao contrário do que o texto aponta, a filmagem não é de um trecho de Lucas do Rio Verde (MT) até o Maranhão. O destino até está certo (São Luís), mas a origem é Marabá (PA). A filmagem foi publicada no início deste ano por um trabalhador do local. Na filmagem, não há nenhuma menção à China. Assista:

Na realidade, a empresa responsável pela construção é a Vale CVDR (Companhia Vale do Rio Doce). Neste outro vídeo, de janeiro, o nome da empresa é citado na obra. Caso você não saiba, é uma empresa brasileira.

Resumindo: a história que aponta que Bolsonaro chamou chineses para construir uma “super” estrada de ferro em Lucas do Rio Verde é falsa. Além de o vídeo ser de antes dele virar presidente, a estrada de ferro foi feita por brasileiros.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Compartilhe este artigo:

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)