Bolsonaro cria almoço no bandejão no Palácio do Planalto e acaba com chef francês do PT #boato

Boato – Presidente Jair Bolsonaro demite chef francês contratado pelo PT e inaugura almoço no bandejão com taifeiros militares no Palácio do Planalto.

Os famosos bandejões, bastante comuns nas universidades públicas, são uma opção bastante acessível para uma alimentação saudável e completa. E, claro, por um preço reduzido ou bem mais em conta do que outros restaurantes.

E se você está se perguntando o motivo de estarmos falando sobre bandejões aqui no site, provavelmente, não sabe que eles também podem virar notícia (ou até mesmo notícia falsa). E, segundo uma história que anda circulando por aí, até Bolsonaro se rendeu ao almoço diário no bandejão. De acordo com a história, Bolsonaro teria demitido o chef francês contratado pelo PT e inaugurado um bandejão no Palácio do Planalto. Confira o texto, que é acompanhado de um vídeo que mostra Bolsonaro almoçando:

“*ALMOÇO NO PLANALTO AGORA É NO BANDEIJÃO MESMO.* Acabou a farra da era PT, de ter chefe com cardápio francês. Quem prepara as comidas são taifeiros militares, isso significa custo zero de mão de obra. As imagens, falam por si só. *VIVA O BRASIL.* *VIVA BOLSONARO.*”.

Bolsonaro criou almoço no bandejão no Palácio do Planalto e acabou com chef francês do PT?

Bem, muita gente aplaudiu a suposta atitude do presidente Jair Bolsonaro, uma vez que os gastos com alimentação no Palácio poderiam ser reduzidos. Mas será que essa história de bandejão no Palácio do Planalto para todos e demissão de chef francês faz algum sentido? A resposta é: não. Quer mais detalhes sobre essa história? Então, continua lendo.

Vamos lá! Para começo de tudo, a mensagem segue aquele velho roteiro bem conhecido de boatos online: é vaga, alarmista, possui erros de português e não cita fontes confiáveis.

Além disso, a história tem como tema uma pauta bastante frequente em boatos políticos, em 2019: austeridades promovidas por Bolsonaro. A equipe do Boatos.org já desmentiu algumas delas, como o caso onde o presidente teria zerado a fila de espera do Bolsa Família. Vale ressaltar que histórias baseadas em vídeos fora de contexto também estão se tornando uma constante nesse ano.

Bastante desconfiada, nossa equipe resolveu checar as duas principais informações contidas nessa história: a origem do vídeo e se Bolsonaro realmente teria criado um bandejão com “taifeiros militares”. Em uma pesquisa na internet, descobrimos toda a verdade.

No dia 25 de abril de 2019, o presidente Jair Bolsonaro (junto dos ministros general Augusto Heleno e almirante Bento Albuquerque) almoçou, de fato, no restaurante do Palácio do Planalto. A visita foi registrada pela equipe de comunicação do Planalto. Apesar da visita, a prática do presidente de almoçar no bandejão não é frequente (foi a primeira vez desde que ele assumiu o cargo) e foi cercada de seguranças e sem aproximação de ninguém.

Para além disso, a história de que ele teria inaugurado o bandejão está longe de ser verdade. O restaurante (voltado para servidores e visitantes do local), na realidade, já existia. O local é administrado pelo Sesi e oferece comida a quilo e churrasco com preços reduzidos (pelo menos no padrão de Brasília), variando entre R$30,33 e R$33,11. Ou seja, nem é novidade do governo nem é um “taifeiro” que faz a comida. Por fim, tentamos encontrar o suposto chef francês contratado pelo PT, mas não encontramos nenhum registro da suposta pessoa.

Em resumo: a história que diz que Bolsonaro inaugurou um bandejão no Palácio do Planalto e demitiu o chef francês contratado pelo PT é falsa! Para começo de história, o chef francês sequer existe. Por fim, nossa equipe descobriu que as imagens utilizadas na história foram feitas durante uma visita do presidente no bandejão do Planalto (que já existia). Além disso, a prática não é comum e toda a visita foi acompanhada de perto por seguranças. Ou seja, a história é apenas #boato. Até a próxima!

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)