Assassino de Marielle foi descoberto! É Thiago Macaco, preto, pobre e traficante #boato

Boato – Polícia teria identificado assassino de Marielle no Rio de Janeiro. Suspeito seria Thiago Macaco, que foi preso na última semana. Ele não é PM, é preto, pobre, bandido e traficante.

Prestes a completar 3 meses, o assassinato da vereadora Marielle Franco ainda segue em investigação. Ainda com poucas informações públicas, o caso ainda levanta muitas dúvidas.

No final de maio de 2018, entretanto, a Polícia parece ter avançado nas investigações. De acordo com informações que circularam na web, a Delegacia de Homicídios da Capital, no Rio, teria prendido o homem suspeito de assassinar a vereadora Marielle Franco.

Logo a informação chegou às redes sociais e muitos internautas questionaram a suspeita inicial de que o verdadeiro culpado fosse um agente da polícia. As publicações afirmam que Thiago Macaco seria o responsável pela morte de Marielle Franco e que a mídia parou de falar sobre o assunto, porque o culpado é “preto, pobre e traficante”. Confira:

“Assassino de Marielle foi descoberto!!! ((Thiago Macaco.)) Não é PM,não é branco,é ligado ao TRÁFICO.A midia não fala mais da Marielle.por que??? Onde está o branco racista,policial e homofóbico que a esquerda e a Globo inventaram??”

“Uai globo e PSOL lixo ,porque ficaram em silêncio? Porque não foi lá na delegacia defender esse jovem oprimido ,que não teve oportunidade . Thiago Macaco é vítima dessa sociedade ,ele é igual aqueles vagabundos que vocês defendem tanto! Estou esperando uma declaração de vocês bando de lixo defensores de vagabundo.”

Assassino de Marielle foi descoberto?

Bom, é sempre importante lembrar que sair apontando culpados por aí, sem a devida investigação e confirmação da culpa é extremamente perigoso. O caso da mulher linchada em uma rua de Guarujá (SP) não nos deixa mentir. E a história de que Thiago Macaco foi preso por ser o responsável pela morte de Marielle é falsa. Se você quiser mais detalhes, continua lendo.

Vamos lá! A base de toda essa história são os próprios veículos de comunicação. Diversos sites e jornais divulgaram, no dia 30 de maio de 2018, que Thiago Macaco teria sido preso acusado de ter envolvimento na morte de Marielle Franco. Só tinha um problema: as notícias estavam erradas. Para você entender, temos que “voltar no tempo”.

Após o assassinato de Marielle, um delator (que não foi identificado pela polícia) teria citado o vereador Marcello Siciliano como envolvido na morte de Marielle Franco. Bem, isso é algo que não podemos comprovar ou refutar no momento, uma vez que as investigações correm em sigilo de Justiça. Depois disso, o vereador foi chamado para depor como testemunha (não como suspeito).

Dois dias após o depoimento de Siciliano à polícia, no dia 8 de abril de 2018, Carlos Alexandre Pereira Maria, o Cabeça, foi assassinado a tiros na Zona Oeste do Rio. Cabeça era assessor de Marcello Siciliano. No dia 30 de maio de 2018, Thiago Macaco foi preso pela suspeita de participação no assassinato de Cabeça. Até o momento, essa é a única acusação que recai sobre Thiago.

Vale dizer que, depois que essas matérias se tornaram públicas (e tiveram alcance), o próprio delegado responsável pela investigação da morte da vereadora, Luis Otávio Franco, desmentiu a informação de que Thiago tinha matado Marielle. O delegado explicou que Thiago Macaco foi detido “apenas” por suspeita de participação no assassinato de Cabeça.

Alguns veículos até corrigiram a informação. O grande problema é que quase ninguém leu o desmentido e as postagens nas redes sociais surgiram com base na informação errada (no jargão jornalístico, barrigada).

Ou seja, não existe ainda um veredicto sobre a participação de Thiago Macaco na morte de Marielle Franco (fato comprovado pela fala do próprio delegado). Talvez por isso (e pelo desmentido do delegado do caso), a mídia tenha “parado de falar” sobre o assunto.

Em resumo: a história que fala que Thiago Macaco foi preso acusado da morte da vereadora Marielle Franco é falsa. Thiago foi detido pela suspeita de participação em outro assassinato. O delegado desmentiu a informação de que ele teria sido preso por conta do assassinato da vereadora. Pelo menos por enquanto, o assassino de Marielle não foi encontrado e não se sabe qual grupo foi o responsável pelo crime.

Em tempo: É importante falar sobre a atuação da imprensa nesse caso. Há algum tempo ouvimos falar sobre a preocupação da mídia no combate às fake news. Porém, quando os veículos publicam uma informação errada (como nesse caso), muitos não se dão nem ao trabalho de corrigi-la. A preocupação é real ou o discurso está sendo da boca para fora só porque está na moda falar sobre o tema? Uma questão importante para repensar a nossa atuação como jornalistas e formadores de opinião.

PS: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema para o Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, no Facebook e WhatsApp no telefone (61) 991779164

Compartilhe este artigo:

3 comentários em “Assassino de Marielle foi descoberto! É Thiago Macaco, preto, pobre e traficante #boato

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)