Alexandre de Moraes volta atrás e permite posse de Alexandre Ramagem na PF #boato

Boato – Ministro do STF Alexandre de Moraes voltou atrás em sua decisão e deixa caminho aberto para a nomeação de Ramagem à PF.

A substituição do diretor-geral da Polícia Federal brasileira tem dado o que falar. A situação causou uma saia justa e resultou na demissão do ministro da Justiça e Segurança Pública Sérgio Moro.

Toda a história começou no dia 24 de abril de 2020 quando o presidente Jair Bolsonaro exonerou o então diretor da PF Maurício Valeixo. No lugar de Valeixo, Bolsonaro indicou o diretor-geral da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) Alexandre Ramagem. Porém, a nomeação de Ramagem foi anulada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) após fotos do diretor da Abin com os filhos de Bolsonaro vazarem na internet.

A situação causou um mal-estar e Bolsonaro resolveu suspender a nomeação, mesmo contra sua vontade. Acontece que, nos últimos dias, uma história que está circulando nas redes sociais tem dado esperança para quem esperava ver Ramagem a frente da PF. De acordo com a publicação, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes teria voltado atrás em sua decisão e decidido revogar a suspensão que impedia Alexandre Ramagem de assumir o comando da Polícia Federal. Segundo o vídeo que circula com a mensagem, a decisão (que seria inconstitucional) teria acontecido após Bolsonaro enfrentar Dias Toffoli. Confira:

Versão 1: “O MINISTRO DO STF “ALEXANDRE DE MORAES” ACABA DE MIJAR NA ARVINHA. E VOLTA ATRÁS EM SUA DECISÃO.!”. Versão 2: “ALEXANDRE DE MORAES….VOLTA ATRÁS, SOBRE A NOMEAÇÃO DE RAMAGEM! ***Rabinho entre as pernas…”. Versão 3: “URGENTE!! ALEXANDRE DE MORAES VOLTA ATRÁS!!! GRANDE DIA”.

Alexandre de Moraes volta atrás e permite posse de Alexandre Ramagem na PF?

A informação causou muito burburinho nas redes sociais e foi motivo de comemoração por quem queria ver Ramagem a frente da Polícia Federal. Mas será que essa história de que o ministro Alexandre de Moraes teria voltado atrás e permitido a nomeação de Ramagem para a PF é real? A resposta é não!

Vamos aos fatos! Para começo de história, a mensagem apresenta diversas características de fake news na internet. Ela é vaga, bastante alarmista, possui erros de português e não cita fontes confiáveis (retirar um pedaço de uma suposta sentença não conta como fonte confiável).

Pois bem, se a informação realmente fosse verdade, com toda certeza seria um escândalo e teria virado notícia em todos os lugares. Mas ao buscar por mais detalhes sobre o assunto, descobrimos que não foi exatamente isso que aconteceu.

Na realidade, o que houve foi um erro de interpretação do texto contido no documento. Na tarde do dia 8 de maio de 2020, o ministro do STF Alexandre de Moraes emitiu um mandado de segurança em resposta ao pedido da Advocacia Geral da União (AGU) para que Moraes reconsiderasse sua decisão de suspender a nomeação de Alexandre Ramagem à Polícia Federal.

No documento, o ministro do STF sequer analisou o teor do recurso da AGU. Alexandre de Moraes afirmou que o mandado de segurança foi prejudicado, uma vez que o governo federal desistiu da nomeação de Ramagem. Com isso, o pedido da AGU para reconsideração da impugnação de Ramagem perdeu objeto.

Dessa forma, o recurso solicitado pela AGU não pôde ser analisado, já que a nomeação de Ramagem não existe mais no ornamento jurídico. A partir disso, Moraes negou a reconsideração solicitada pela AGU e arquivou o caso.

Em resumo: a história que diz que o ministro do STF Alexandre de Moraes teria voltado atrás em sua decisão e permitido a nomeação de Alexandre Ramagem para a Polícia Federal é falsa! O trecho do documento apresentado no vídeo, de fato, é real. Porém, não diz nada daquilo que é mencionado nas imagens. O mandado de segurança, na verdade, mantém a decisão do ministro do STF de suspender a nomeação de Ramagem. O que ocorreu, na realidade, foi que o ministro Alexandre de Moraes apontou que o pedido de reconsideração da AGU teria perdido objeto (não poderia ser mais analisado), porque o governo federal resolveu desistir da nomeação de Ramagem. Ou seja, a história não passa de boato. Não compartilhe!

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99177-9164. 

Clique nos links “bit.ly” para acessar nossos perfis:

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2BWWK1B
error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)