Alexandre de Moraes e Geraldo Alckmin quase são linchados em Brasília em 2022 #boato

Boato – Vídeo de 2022 mostra que Alexandre de Moraes e Geraldo Alckmin quase foram linchados em Brasília.

Duas figuras que não era muito citadas em fake news ganharam um protagonismo como vítimas da desinformação nos últimos tempos. Desde quando se colocou contra milícias digitais, o ministro do STF Alexandre de Moraes passou a ser visado pelas fake news. O mesmo ocorreu com o vice-presidente eleito Geraldo Alckmin, visado desde quando resolveu se aliar a Lula. E a história de hoje trata dos dois.

De acordo com uma mensagem acompanhada de uma multidão cercando os dois, Geraldo Alckmin e Alexandre de Moraes quase foram linchados em Brasília. “Meu presente de NATAL. Geraldo Alckmin e Alexandre de Moraes quase linchados em Brasília. O vídeo foi derrubado… Assisti, é assustador… O clima ferveu, estão perdendo o controle”, diz a mensagem que acompanha as imagens. Outra versão aponta o seguinte: “Geraldo Alckmin e Alexandre de Moraes juntos em restaurante são quase linchados em Brasília. *O vídeo foi derrubado…* Assisti, é assustador… O clima ferveu, estão perdendo o controle”.

Alexandre de Moraes e Geraldo Alckmin quase são linchados em Brasília em 2022?

Confira também: Janja tirou foto com traficante? Saiba a verdade aqui!

Clique e siga o Boatos.org no YouTube

Em meio a revolta de muitos bolsonaristas com as decisões de Alexandre de Moraes, a história viralizou com todas as forças na internet. Só há um detalhe: é falsa a informação que aponta para o tal “quase linchamento” em Brasília no ano de 2022.

Não é de hoje que vídeos são retirados de contexto para viralizar. Há, inclusive, exemplos com os dois citados na história de hoje. Já desmentimos, por exemplo, um vídeo antigo acompanhado de uma mensagem que apontava que Geraldo Alckmin havia sido atingido por ovo após resolver apoiar Lula. Também desmentimos uma fake news que apontava que Alexandre de Moraes havia ameaçado ministros do STF quando era advogado.

Assim como nos outros casos, as mensagens (que têm características de fake news como o caráter vago, o tom alarmista, os erros de português e a falta de citação de fontes confiáveis) descrevem algo de forma errada. Nem o vídeo é de Brasília tampouco é de 2022.

O vídeo é, na realidade, de 2016 e foi gravado após ida dos dois à Faculdade de Direito da USP, no largo São Francisco. Na época, Geraldo Alckmin era governador e Moraes era secretário de Segurança Pública. Ambos deixaram o local escoltados, mas não havia informação sobre “linchamento”.

Resumindo: é falsa a informação que aponta que Alexandre de Moraes e Geraldo Alckmin quase foram linchados em Brasília em 2022. O vídeo é antigo, nada tem a ver com a situação atual, não foi filmado em Brasília e não houve “quase linchamento”.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo siteFacebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2oQa6tD
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet