Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Política > Vídeo de advogado Wassef sobre “o PT encomendar morte de Bolsonaro” não é de 2023 e não se mostrou real

Vídeo de advogado Wassef sobre “o PT encomendar morte de Bolsonaro” não é de 2023 e não se mostrou real

Advogado revelou em 2023 que o PT encomendou a morte de Bolsonaro, diz boato (Foto: Reprodução/TikTok)

Boato – O advogado Frederick Wassef  revelou em setembro de 2023 que o PT encomendou a morte de Bolsonaro para Adélio Bispo. 

  Análise

Mais uma história envolvendo o caso da facada em Bolsonaro está circulando na internet. Desta vez, trata-se de um vídeo do advogado Frederick Wassef, que presta serviços para a família Bolsonaro, em que há acusações contra o PT no caso do ataque sofrido pelo ex-presidente.

No vídeo, Wassef fala claramente que “encomendaram a morte de Bolsonaro”, que “Adélio é um assassino profissional” e que “não é louco”. Junto ao vídeo, viral no TikTok, há a seguinte legenda: “A bomba foi o PT Q mandou matar Bolsonaro. 19-09-2023 O advogado já tem provas que condenam Lula. Mas quem o condenará?”. Leia a transcrição e assista ao vídeo:

Vídeo: é falso que a Anvisa esteja barrando entrada de remédios no RS

Encomendaram a morte do presidente da república, Adélio o bispo é um assassino profissional que foi cotado para assassinar Jair Messias Bolsonaro. Adélio o bispo não agiu sozinho. Adélio o bispo não é louco e existem fortes indícios e robusto conjunto de provas que a esquerda brasileira encomendou a morte do presidente Jair Bolsonaro lá atrás a polícia federal em medida cautelar requereu e o ministério federal lá no rio com o cancelamento da justiça federal pelas medidas cautelares de busque apreensão de números, elementos informativos celulares, circuito de de imagens internas da segurança dos hotéis onde foram feitas a reunião entre o patrocinador desses advogados que aí apareceram de paraquedas e foi concedido lá atrás, quando houve a decisão do juiz federal de Minas Gerais pela busca e a pressão definindo as medidas cautelares, 

a ordem dos advogados do Brasil concede de Minas Gerais e petrou um mandado de segurança e foi definido uma liminável no dia de hoje julgamento no TRF um. A corte em decisão colejada, entendeu que não existe relação cliente advogado porque o patrocinador não segura como cliente e não tem nenhum vínculo como cliente com esses advogados. Importante ressaltar que quando esse advogado se apresentou Adélio Bispo, ele afirmou que a mãe de Adélio bispo havia o contratado, que ele não deveria se preocupar com horários advocatícios. Adélio bispo, o assassino viu e disse a este advogado que a mãe dele havia falecido há mais de dez anos, então é um caso único, singular. Inusitado no Brasil em que Adélio o bispo o assassino não conhecia os advogados, não os contratou, não solicitou a presença ou participação deles nessa defesa. 

Tão poucos familiares de Adélio bispo não acionaram esses advogados, não contrataram, não pagavam, sequer existia 1 contrato. Portanto não há essa relação, essa figura da prerrogativa dos advogados entre cliente barra advogado. O que existe são pessoas, forças ocultas que de bastidores patrocinar e pagar esses advogados advogados e esses que deram inúmeras entrevistas, alguns inclusive em tom de deboche, afirmando que receberam o pagamento e que não iriam dizer quem eram esses patrocinadores. Portanto, a decisão colejada do TRF um na data de hoje denegou no mérito o julgamento planejado, o mandado de segurança, o que implica dizer, será derrubada.

@naldo6084♬ som original – naldo

Checagem

Na parte da checagem, vamos responder às seguintes questões: 1) É verdade que o advogado Frederick Wassef revelou que o PT encomendou a morte de Bolsonaro em 2023? 2) As acusações de que o PT encomendou a morte de Bolsonaro se concretizaram? 3) Quem mandou Adélio Bispo matar Bolsonaro?

É verdade que o advogado Frederick Wassef revelou que o PT encomendou a morte de Bolsonaro em 2023?

Não é verdade. Na realidade, o vídeo em questão (ao contrário do que apontam as legendas) não é recente. O vídeo é, na realidade, de 2021 e surgiu em um contexto no qual as investigações da facada seriam reabertas. Ou seja: não é de setembro de 2023.

As acusações de que o PT encomendou a morte de Bolsonaro se concretizaram?

Não. As próprias investigações que foram reabertas mostram que as acusações de Wassef na ocasião (que não citou nominalmente o PT no vídeo) não se concretizaram. Não há qualquer prova de que alguém mandou Adélio Bispo matar Bolsonaro.

Quem mandou Adélio Bispo realizar a facada?

De acordo com as investigações e com decisões da Justiça, ninguém. Por mais que bolsonaristas não aceitem, o fato é que ele agiu sozinho para realizar o ataque contra o ex-presidente.

Conclusão

Fake news ❌

É falso que o advogado Frederick Wassef revelou em setembro de 2023 que o PT encomendou a morte de Bolsonaro. Além de o vídeo ser antigo, as acusações em questão não se concretizaram.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo e-mail [email protected] e WhatsApp (link aqui: https://wa.me/556192755610)

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube https://bit.ly/3vZsrnd
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3ounmCN
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai http://bit.ly/3zGePPm