ACM morreu em acidente de helicóptero semanas após atacar Lula e pedir intervenção #boato

Boato – Vídeo até então não divulgado mostra Antônio Carlos Magalhães pedindo intervenção e atacando Lula em 2007. Poucas semanas depois, ACM morreu em “acidente” de helicóptero.

Os boatos da internet são tão absurdos que, em alguns casos, chegam a desafiar (algumas vezes com sucesso) a memória das pessoas ou se aproveitam da “ingenuidade” (na maioria dos casos) dos mais jovens. É justamente este o enredo da história de hoje, que fala do ex-senador Antônio Carlos Magalhães (mais conhecido como ACM).

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org
Siga o Boatos.org no Twitter:

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Receba as nossas atualizações no grupo do WhatsApp (só postagens do administrador, não se preocupem): http://bit.ly/33KpUO3

Confira o nosso Instagram:

Instagram

De acordo com mensagens em redes sociais, ACM fez uma denúncia grave em um pronunciamento nunca antes revelado: ele teria pedia pedido intervenção militar em 2007 e falado mal de Lula semanas antes de morrer em um acidente (colocado entre aspas) de helicóptero. Leia a mensagem que circula online e assista ao vídeo:

ACM morreu em Julho de 2007, em um “acidente” de helicóptero. Poucas semanas antes fez um pronunciamento na tribuna do Senado, em plena vigência do 2o mandato de Lula que até hoje não havia sido divulgado. Veja o que ele disse …

ACM morreu em acidente de helicóptero semanas após atacar Lula e pedir intervenção?

É claro que os detratores de Lula e, principalmente, os “fãs da intervenção militar” compartilharam a informação (que, nas entrelinhas, dá margem para a teoria de que Lula mandou matar ACM por causa do discurso). Só há um detalhe: a história está completamente errada. Vamos aos fatos.

Quando resolvemos buscar por mais detalhes a respeito deste assunto, encontramos diversos erros de informação na mensagem. O primeiro e mais crasso erro é relacionado à morte de Antônio Carlos Magalhães que, de fato, ocorreu em julho de 2007.

ACM (que foi governador da Bahia, Senador e considerado por muitos como “mandachuva” durante o governo FHC) morreu em 20 de julho de 2007 por causa de complicações causadas por um quadro de insuficiência cardíaca e uma infecção generalizada. Não houve nada de acidente de helicóptero.

Segundo erro: o tal pronunciamento não foi feito “poucas semanas antes” da morte de ACM. De acordo com essa matéria da Folha, o pronunciamento foi feito em 6 de junho de 2006 (mais de um ano antes da morte do senador) e às vésperas do período eleitoral daquele ano. Há, ainda, um terceiro erro: o que fala que o vídeo “não havia sido divulgado”. O link abaixo, publicado no Youtube em 7 de junho de 2006 e que cita a TV Senado aponta justamente o contrário.

Resumindo: mais uma vez, um vídeo verdadeiro é retirado de contexto para viralizar na internet. Além de ACM não ter morrído em um “acidente de helicóptero” (com ou sem aspas), o vídeo não foi gravado “pouco antes da morte” dele e não é secreto.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)