Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Opinião > Nunca “deixe seu amém” em posts no Facebook, pelo amor de Deus!

Nunca “deixe seu amém” em posts no Facebook, pelo amor de Deus!

Aproveitadores se utilizam da fé de incautos para propagar mensagens falsas, fotos bizarras e ódio no Facebook. Tudo isso só usando o seu inocente e caridoso “amém”.

Desde quando o Boatos.org foi criado, em 2013, um fenômeno em algumas histórias falsas nos chama atenção: o excessivo uso da palavra amém em comentários de postagens bizarras no Facebook. Fazendo uma busca rápida pela rede social, a gente encontra diversas vezes pedidos como esse. A coisa funciona de forma muito simples. A pessoa posta um conteúdo e pede um amém nos comentários. Olhe alguns exemplos:

No facebook, faça o bem e nunca deixe o seu amém
No facebook, faça o bem e nunca deixe o seu amém

Situação 1:

– Foto de criança sem os dois braços (uma montagem)

– Descrição: deixe o seu amém

– Resultado: foto expondo a doença da criança viraliza

Situação 2:

– Página posta foto de Jesus e pede “deixe o seu amém”

– Todo mundo deixa o amém

– Resultado: página ganha muitos fãs e começa a postar boatos contra políticos, gays, muçulmanos e umbandistas.

Situação 3:

– Foto de mulher que “teve” 11 bebês

– Descrição: deixe o seu amém

– Resultado: boato viraliza e a gente tem que fazer um desmentido aqui

Como vocês puderam ver nas três situações acima, o amém nos comentários nada mais foi do que uma ferramenta de manipulação. Sim, manipulação de resultados no algoritmo do Facebook.

Acontece da seguinte forma: quanto mais comentários a mensagem tiver, mas engajamento o Facebook vai entender que ela teve e mais vai se espalhar. Ainda mais, quem escreveu amém vai ter em sua timeline várias outras mensagens relacionadas. Adivinha pedindo o quê?

Vídeo: é falso que Alexandre de Moraes disse que quer corroer a democracia

Atentos na manipulação do “rebanho”, espertinhos da rede social estão usando a estratégia para difundir conteúdo. E o pior, o conteúdo difundido é, via de regra, de baixa qualidade. Ou você acha que uma mensagem de criança doente vai adicionar algo a você?

Por isso, nós do Boatos.org fazemos uma campanha! Nunca, em hipótese alguma, digite amém em comentários do Facebook. Se você fizer isso vai estar compartilhando informações erradas e deixando o debate na rede social. Quer uma sugestão? Use a sua religiosidade para fazer coisas que orgulharia Jesus como, por exemplo, compartilhar o amor e a verdade. Amém!

PS: a gente poderia falar sobre o proselitismo religioso que fica latente com a prática. Mas resolvemos focar só na questão de qualidade de conteúdo.