Aos leitores do Boatos.org: obrigado por 2021 e se preparem para 2022

No último dia do ano, temos, mais uma vez, que agradecer aos nossos leitores por nos acompanharem nesta jornada e firmar um compromisso de que estaremos juntos para o 2022 nada fácil que está por vir.

Confira o vídeo da Retrospectiva 2021

Confira também:

Página da Retrospectiva 2021 das fake news

Podemos dizer, felizmente, que 2021 parece estar terminando melhor do que 2020 (pelo menos em relação à pandemia). Mesmo assim, estamos longe de cravar que tivemos um ano fácil. Novamente, a desinformação tentou tomar conta da pauta e, em alguns casos, influenciou negativamente às nossas vidas.

Por causa disso, estamos terminando um ano de trabalho intenso e algumas inovações. Mantendo o compromisso de lutar contra a desinformação, o Boatos.org conseguiu manter, de forma sustentável um crescimento. Vamos fechar o ano com mais de 1050 textos publicados e um tráfego de mais de 40 milhões de visualizações de páginas.

2021 também foi um ano de crescimento no nosso canal do YouTube. Com 84 mil seguidores (segue a gente também), mais de 42 mil horas de exibição de vídeos e mais de 1,6 milhão de visualizações de vídeo, temos planos de ampliar a entrega do conteúdo na rede social de vídeos (provavelmente quando chegarmos a 100 mil) e, futuramente, expandir a produção de conteúdo audiovisual para outros canais. Aguardem!

Mantemos a entrega de conteúdo nos nossos perfis do Twitter, Facebook e Instagram e para seguidores do Telegram e WhatsApp. Neste ano, criamos perfis no TikTok, Kwai e Helo (redes que planejamos publicar com mais frequência).

Em 2021, implementamos a seção A Semana em Fakes, na qual semanalmente Edgard Matsuki faz uma análise da desinformação na internet e projeto o que pode ocorrer nos próximos dias. Até o momento, foram 50 textos publicados em nosso site e nos parceiros (que agradecemos muito) Metrópoles, Portal T5, O Anhanguera, Jorn. e Conexão Marília (caso você queira se tornar parceiro, entre em contato conosco).

Com o A Semana em Fakes conseguimos antecipar algumas ondas de desinformação como, por exemplo, as que miravam as manifestações a favor de Bolsonaro em 7 de setembro e, mais recentemente, as que atacam a vacinação em crianças.

Em suma, 2021 não foi fácil. Mas não temos perspectivas que 2022 será mais tranquilo. Com a pandemia ainda nos rondando e movimentos que jogam a favor do vírus (como os negacionistas e os antivacinas), ainda manteremos o foco na desinformação sobre a pandemia de Covid-19. No segundo semestre, teremos a eleição mais caótica em relação a fake news de toda história do Brasil.

Por isso, terminamos 2021 com duas mensagens. A primeira é de agradecimento. Graças ao prestígio dos nossos leitores (fieis ou esporádicos) conseguimos sobreviver e ter condições de lutar diariamente contra quem mente e engana. Eu, Edgard Matsuki, deixo o meu muito obrigado.

A segunda é de resiliência. Em 2022, a mentira fará a missão de distinguir da realidade da fantasia cada vez mais árdua. Por isso, desejamos força e preparação. Podem contar conosco para o que precisar.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet