Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Mundo > Vídeos que seriam da “indústria da fake news” da guerra não são de “cenas falsas gravadas pelo Hamas”

Vídeos que seriam da “indústria da fake news” da guerra não são de “cenas falsas gravadas pelo Hamas”

Vídeos mostram cenas falsas de guerra gravadas pelo Hamas, diz boato (Foto: Reprodução/Twitter)

Boato – O Hamas foi flagrado gravando cenas falsas da guerra contra Israel. Em uma delas, um homem aponta uma arma para outro. Em outra, um carro é explodido.

  Análise

Dois vídeos com acusações muito pesadas contra o Hamas e contra todo o contexto da guerra estão viralizando em redes sociais. Em um deles, um homem explode um carro e diversas pessoas simulam que estão feridas. Em outro, há uma estrutura de gravação para mostrar um homem sob armas.

Os vídeos eram acompanhados de mensagens que apontaram que se tratariam das provas de que a guerra não passa de uma “encenação do Hamas”. “Cenas falsas gravadas para a midia na guerra do Hamas”, diz uma das mensagens. “*A indústria das FakeNews do Hamas*” aponta outra. Leia o que está transcrito nos vídeos:

Vídeo: é falso que Lula foi flagrado beijando Suzanne von Richtofhen

Bom dia, seguidores da página viva Israel. Estou trazendo para vocês aqui mais um vídeo da indústria de cinema, né? Praticamente uma indústria de cinema aí do grupo terrorista Hamas. O que a gente está vendo aqui é um carro que será explodido, como se Israel tivesse atingido ele lá. Esse carro com mísseis para responder a atenção no vídeo agora. Logo em seguida, começa a entrar os figurantes que vão se jogar no chão, como se tivesse sido as pessoas que sobreviveram a essa explosão prestam bem atenção.

A partir daí, quando eles se deitam, esse é o vídeo exatamente. Começa aí o vídeo editado que todo mundo vê no mundo ou se o carro tivesse tido sido abatido, né? Isso aí são câmeras de segurança para parecer bem real, chega um carro aí para salvar as pessoas, para tentar ajudar. É essa aí, é a verdade. Infelizmente o vídeo anterior foi apagado do Instagram, então vou postar ele só aqui no Facebook e vou também enviar isso aí no grupo do Telegram. Compartilhe, compartilhem. Um abraço e até o próximo. Um surfamento verdadeiro. Deixa de morte. Um, puxa. Reiniciar.Hum, Hum.

Checagem

Na parte da checagem do conteúdo, vamos responder às seguintes questões: 1) Há algum indício de que os ataques de Israel contra a Palestina sejam uma invenção do Hamas? 2) Qual é a história por trás do suposto carro explodido pelo Hamas? 3) Qual é a história do vídeo por trás do vídeo que mostra as câmeras filmando uma pessoa sob armas?

Há algum indício de que os ataques de Israel contra a Palestina sejam uma invenção do Hamas?

Mais importante do que saber a origem dos vídeos é entender que, infelizmente, os ataques contra a região da Palestina por parte de Israel não têm nada de irreais. Pessoas (inclusive crianças) estão morrendo e cenas como a do carro explodido são, infelizmente, rotina na região de Gaza.

Qual é a história por trás do suposto carro explodido pelo Hamas?

O vídeo não tem qualquer relação com a Palestina ou Hamas. Como é possível ver nas imagens, se trata de uma encenação. Porém, ela foi promovida pelo capitão iraquiano Harith al-Sudani. O vídeo encenado foi utilizado por forças do país para se infiltrar no Estado Islâmico (seria uma prova de que ele era um “terrorista capacitado”). O vídeo foi citado em matérias do NZ Herald e do The Sun.

Qual é a história do vídeo por trás do vídeo que mostra as câmeras filmando uma pessoa sob armas?

Este vídeo também mostra uma encenação, mas não tem qualquer relação com o Hamas. Como mostra uma checagem do serviço AFP Checamos, o vídeo é, na realidade, das gravações de um curta metragem palestino de 2022. Ele conta a história de Ahmad Manasra, um menino palestino condenado em Israel em 2015.

Conclusão

Fake news ❌

É falso que vídeos provam que o Hamas está fazendo uma encenação em relação à guerra com Israel. Tratam-se de dois vídeos que são de outras situação e estão circulando com o intuito de fortalecer uma história falsa.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo e-mail [email protected] e WhatsApp (link aqui: https://wa.me/556192755610)