Traficantes da Venezuela matam casal que reclamou de comida distribuída pelo governo #boato

Boato – Na Venezuela, traficantes estão distribuindo comida em nome do governo para manter a população em cárcere privado. E um vídeo mostrou eles matando um casal que reclamou da comida.

Como falamos há algumas semanas no nosso A Semana em Fakes, boatos sobre a Venezuela têm viralizado nos últimos tempos na internet com o intuito de fazer a população começar a temer uma eventual “venezualização do Brasil” caso Bolsonaro saia do poder. Hoje, vamos falar sobre mais uma “bomba” que está circulando em grupos bolsonaristas.

Um vídeo atribuído a um caso de homicídio no país está circulando junto com um áudio pra lá de alarmista. Na imagens (que não serão exibidas aqui), um homem discute com outros três até o momento em que, quando fingem ir embora, dois deles sacam um revólver e atiram nele. Mulheres que estariam discutindo no primeiro plano da imagem fogem assustadas (aparentemente uma delas é atingida) e o vídeo é cortado.

Junto ao vídeo, está circulando um áudio que aponta que o caso teria ocorrido na Venezuela e seria relacionado a um casal que reclamou que não recebeu comida distribuída por traficantes a mando do governo para manter todos “em cárcere privada”. O áudio ainda ataca o Supremo Tribunal Federal e fala da famigerada “venezualização” do país. Confira a transcrição do áudio:

Esse vídeo aí é da Venezuela lá na Venezuela o governo venezuelano tá distribuindo comida para a população morta de fome através dos narcotraficantes como tem aqui no Brasil PCC e outros mais então eles dominam as comunidades o governo manda as cestas básicas para ele distribuir a comunidade para eles oprimir em as comunidades e mantê-las no cárcere privado então o casal recebeu comida ou não recebeu foi lá reclamar entendeu que estavam precisando de comida olha como é que eles respondem Olha o vídeo aí como é que é e com pessoas olhando Eles não tão nem aí porque lá eles matam em nome do governo

Agora você entende porque aqui o nosso Supremo não deixa polícia entrar nas favelas não deixa helicóptero vai nem Drone sobrevoa para investigação nada porque que eles protegem o que que eles soltaram um monte de bandidos que tinha prisão em Segunda instância que foi revogada para soltar o Lula Olha aí porque olha aí o aonde Essa turma tá querendo levar a gente na Venezuela já tá acontecendo

Traficantes da Venezuela matam casal que reclamou de comida distribuída pelo governo?

Não demorou muito para o áudio se espalhar com força em redes sociais, principalmente entre grupos bolsonaristas. Porém, a situação descrita não é real. O vídeo em questão não mostra traficantes matando moradores por causa de comida e nem há essa “ordem de distribuição” por parte do governo do país.

A mensagem e o histórico já acendem um sinal amarelo na gente. O áudio (assim como tantas outras fake news que circulam por aí) apresenta características como ser vaga, alarmista, com erros de português e não cita fontes confiáveis. Além disso (como mostramos há pouco tempo), fakes sobre falsas situações relacionadas à Venezuela têm sido comuns na internet.

Ao buscar sobre qualquer informação sobre “distribuição de comida à população da Venezuela por parte de traficantes a mando do governo” nada encontramos. Não é verdade que haja tal prática na Venezuela. A acusação nasceu sem qualquer prova (ou lógica) no áudio em questão. Vale apontar que o áudio ainda apresenta informações falsas “anexas” como, por exemplo, que milhares de bandidos foram soltas em decisão que beneficiou Lula e que o Brasil vai virar a Venezuela.

Ao buscar pelo vídeo, chegamos à verdade. Ao contrário do que sugere o áudio ele não tem nada a ver com traficantes da Venezuela, não foi gravado no país e sequer relata uma situação real. O site de fact-checking AFP Checamos desmentiu a informação. Na realidade, as imagens são de uma pregação, seguida de uma dramatização feita na cidade de Manatí (Porto Rico) em 2015. O vídeo completo (que pode ser acessado aqui) mostra, ainda, um pastor e outros atores vestidos de “morte” chegando à cena do crime. Ou seja: não foi algo real.

Resumindo: é falso que um vídeo mostra pessoas que não receberam comida de traficantes na Venezuela sendo mortos a mando do governo do país. Além de a prática narrada no áudio que acompanha o arquivo não existir, o vídeo não é da Venezuela e não mostra uma situação real.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

Ps2: Confira a nossa nova seção “Oportunidades” clicando aqui. Na página, você pode acesso a promoções, descontos e sites que dão brindes.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3vN6CET
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet