Terra se abriu em danceteria de Israel e buraco não tem fim #boato

Boato – Há poucos dias, a terra se abriu em uma danceteria de Israel. Buraco não tem fim e corpos nunca foram achados. 

Palco de uma briga que já dura muitos anos entre judeus e palestinos, Israel é um dos lugares mais visados do mundo quando se fala em religião. O país fundado após a Segunda Guerra Mundial chama atenção pelo que é real, pelo que é falso e pelo que é real e falso ao mesmo tempo.

Circula na internet, principalmente por WhatsApp e Facebook, um vídeo que mostra uma tragédia que teria acontecido “há poucos dias” em Israel. De acordo com o texto que acompanha a filmagem, que não vamos colocar aqui, o chão de uma danceteria teria se aberto, um buraco sem fim foi criado e pessoas desapareceram. Leia duas versões do texto que circula online:

A poucos dias atrás,numa danceteria em Israel,a terra se abriu,as pessoas desceram terra abaixo,e foi cercado a área,dizem que o buraco não tem fim e que nenhum corpo foi achado…..final dos tempos chegando. [...]

Há poucos dias em Israel, durante uma festa, numa danceteria, a terra se abriu e engoliu boa parte das pessoas. Não acharam mais os corpos. Cercaram toda a área. Nem encontraram um fim para o abismo que está lá aberto.

Terra se abriu em danceteria de Israel e buraco não tem fim?

O vídeo, um tanto quanto chocante, viralizou e muita gente saiu acreditando de que se tratava de um castigo divino aos “pecadores” da “terra santa”. Será mesmo que a história é real? Há apenas duas informações verdadeiras na história. De fato, o vídeo é real e o caso aconteceu em Israel. O resto da história é totalmente falsa. Vamos aos fatos.

Para começar, o caso não aconteceu “há poucos dias”. A filmagem que circula online é de uma tragédia que aconteceu no ano de 2001. Mais exatamente no dia 24 de maio, em Jerusalém.

Além disso, não se trata de uma danceteria. O acidente aconteceu em um prédio chamado Versailles wedding hall (prédio de casamento Versailles). No momento do desastre, mais de 600 pessoas estavam no prédio e o piso do 3º andar não suportou o peso. Isso elimina a hipótese de “um buraco sem fim ter se aberto”. Esta imagem mostra o andar destruído e nenhum buraco no chão.

Ao todo, 24 pessoas morreram. Porém, nenhum corpo “desapareceu. Nessa reportagem da BBC pessoas relatavam o horror na hora do acidente. Essa foi a maior tragédia civil da história de Israel e um detalhe chocou ainda mais: o vídeo (esse mesmo que viralizou) foi exibido por TVs locais incessantemente. Não vamos repetir o erro. Esperamos que vocês também não o faça.

Resumindo: a história que fala que um buraco sem fundo se abriu em uma danceteria há poucos dias em Israel é falsa. O caso é antigo, aconteceu em um casamento e não tem nada a ver com o “fim dos tempos”.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de João Jalm, José Anunciação Cangueira e de diversos leitores via WhatsApp. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99331-6821.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet