Tanque que “atropelou” carro em Kiev era pilotado por soldado russo #boato

Boato – Vídeo mostra tanque de guerra russo passando por cima do carro de um idoso, em Kiev, capital da Ucrânia.

A tensão entre Rússia e Ucrânia, que atingiu seu pico após a aproximação da Ucrânia com a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), terminou em ataques contra o país ucraniano por parte do governo de Vladimir Putin.

Com o início dos ataques, diversos vídeos começaram a ser compartilhados nas redes sociais, mostrando o horror da guerra. Além de imagens que mostram o bombardeio de áreas residenciais, um vídeo em particular chamou a atenção na internet: um tanque de guerra que atropelou um carro com um idoso, em Kiev, capital da Ucrânia.

De acordo com a história que está sendo compartilhada nas redes sociais, o tanque pertenceria ao Exército russo e o atropelamento, na realidade, teria sido intencional. Ainda segundo a publicação, o homem teria sobrevivido e foi resgatado por populares que acompanharam toda a ação. Confira:

Versão 1: “Brutalidade! Vídeo mostra tanque Russo passando por cima de carro com idoso na Ucrânia e Imagens CHOCAM! Assista;”. Versão 2: “Tanque de guerra russo passa por cima de carro na Ucrânia Vídeo foi registrado por populares em uma rua no subúrbio de Kiev, na Ucrânia, nesta sexta-feira (25). No registro, é possível ver que a colisão foi provocada intencionalmente pelo condutor do tanque. O motorista foi resgatado em seguida por populares. O estado de saúde da vítima é desconhecido”.

Tanque que “atropelou” carro em Kiev era pilotado por soldado russo?

A informação viralizou nas redes sociais, em especial, no Facebook e no Twitter e causou revolta na internet. Apesar disso, a história não é verdadeira. A explicação fica por conta de detalhes que aparecem nas imagens e pelo próprio contexto da guerra.

Bem, o vídeo ganhou uma enorme projeção nos últimos dias, revoltando muitas pessoas. Com a pressa em trazer notícias sobre a situação que está ocorrendo no leste europeu e pela enorme quantidade de vídeos que andam circulando por aí, as chances de erros nas apurações é grande (principalmente, quando não se tem muita simpatia por um lado da história). E foi exatamente isso o que aconteceu aqui. O vídeo é real, é recente, mas não tem nada a ver com um ataque de um tanque russo.

Conforme os dias passaram, indícios apontavam que o tanque que aparece nas imagens não parece ser russo. Por outro lado, os mesmos indícios indicam que o veículo, na verdade, pertenciam ao Exército ucraniano.

Logo que as imagens se espalharam pela internet, a teoria de que o tanque seria da Rússia foi desmentida por dois serviços de fact-checking: o Observers, do France 24, e o USA Today. De acordo com o Observers, o vídeo mostra um veículo do modelo Strela-10, um lançador de mísseis antiaéreos usado pelos Exércitos da Ucrânia e da Rússia. Ainda segundo eles, o principal detalhe que coloca a teoria em xeque é o fato do veículo não possuir a letra Z estampada em sua carcaça. O site de checagem explica que o Exército russo utiliza a letra como uma forma de evitar o fogo amigo.

Já de acordo com especialistas ouvidos pelo USA Today, na data em que o evento ocorreu, diversos veículos do mesmo modelo já circulavam no bairro onde o vídeo foi gravado. Além disso, por se tratar de um lançador de mísseis antiaéreos, certamente não seria o primeiro veículo russo a ser visto pela região. Nesse caso, segundo a página, seria mais provável que as pessoas encontrassem tanques ou rifles motorizados. Os especialistas ainda alertaram que seria impossível a Rússia invadir Kiev com apenas um veículo.

Além disso, no dia do ataque, não existiam tanques da Rússia, em Kiev, capital da Ucrânia. Na época, o comboio russo apenas se aproximava da cidade e os ataque eram realizados à distância, por meio de mísseis aéreos.

Por fim, a hipótese mais provável é que, na realidade, o piloto do veículo apenas perdeu o controle do lançador de mísseis. E isso se justifica, especialmente, pelo fato de que não houve notícias de prisão ou detalhes sobre o suposto “militar russo” que dirigia o veículo.

Em resumo: a história que diz que um tanque russo passou por cima do carro de um civil, em Kiev, na Ucrânia é falsa! Detalhes presentes na imagem apontam que o veículo não é russo, mas sim ucraniano. O veículo, na realidade, não é um tanque, mas sim um lançador de mísseis usado pelos Exércitos da Ucrânia e da Rússia. Além disso, o veículo não possui a letra Z estampada em sua carcaça. O Exército russo usa a letra para identificar veículos do comboio e evitar fogo amigo. Além disso, na época do vídeo, o Exército russo ainda não estava em Kiev, capital da Ucrânia. Por fim, até agora, não ouvimos falar sobre o suposto militar russo que estaria dirigindo o veículo. Ou seja, a história não passa de balela!

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3HIppbu
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso