Maduro jogou comida enviada como ajuda humanitária à Venezuela no lixo #boato

Boato – Fotos mostram que o presidente da Venezuela Nicolás Maduro jogou toda a comida enviada pelo exterior como ajuda humanitária ao país no lixo.

Em termos de política externa, os olhos do Brasil (e da maioria dos países da América Latina) estão voltados à Venezuela. Com “dois presidentes”, o país vive um impasse político em meio a uma grave crise econômica. A situação é tão complicada que um dos “presidentes” (o autoproclamado Juan Guaidó) está aceitando ajuda humanitária do exterior enquanto o “outro” (Nicolás Maduro) nega.

Em meio a isso, uma série de imagens está apenas colocando mais lenha da fogueira. As fotos mostram toneladas de alimentos como presunto e leite em pó sendo descartados em um rio. Junto às imagens, há mensagens que apontam que os alimentos são a ajuda humanitária recebida pelo país nos últimos dias. Leia duas versões da mensagem que circula online:

Versão 1: Ditadura de Maduro joga no lixo ajuda humanitária enviada pelo Brasil à Venezuela, com a inflação acima dos 1.000.000% as pessoas não tem mais dinheiro para comprar comida, boa parte da população já passa fome. Versão 2: O povo venezuelano passando fome e Maduro joga no lixo alimentos enviados como ajuda humanitária.

Maduro jogou comida enviada como ajuda humanitária à Venezuela no lixo?

As imagens estão circulando com muita força na internet. Mas será mesmo que elas são de comida enviada como ajuda humanitária jogada fora? A resposta é não. Segura aí que a gente explica tudo. Vamos aos fatos.

É fato que a Venezuela está em uma situação muito delicada. Também é fato que Nicolás Maduro tem negado qualquer ajuda humanitária vinda do exterior. Porém, as imagens não (apesar de serem da Venezuela) são atuais e os alimentos não são de ajuda humanitária. Ao buscar pelas fotos que estão circulando na internet, chegamos a maio de 2018. À época, as imagens foram relacionadas a uma denúncia tão grave quanto a do boato de hoje.

De acordo com perfis em redes sociais de oposicionistas a Maduro, as imagens denunciam um suposto esquema do governo da Venezuela. As acusações eram de que o governo fornecia milhões de dólares para “empresários” importarem alimentos. Os empresários acabavam comprando produtos próximos ao prazo de validade, os produtos venciam, eram descartados e o preço aumentava. Não conseguimos confirmar nem refutar essa denúncia.

Vale dizer que é impossível as fotos serem de alimentos recebidos de ajuda humanitária por um simples motivo: o governo da Venezuela não está (até a data da publicação deste texto) autorizando a entrada de qualquer tipo de alimento vindo do exterior. Porém, é possível confirmar que (por causa dos rótulos nas caixas, que são de empresas do país) as imagens são mesmo da Venezuela.

Resumindo: a história que aponta que toneladas de alimentos vindos do exterior estão sendo jogadas fora é falsa. As imagens (apesar de não “aliviar a barra de Maduro”) são de outra situação e de outra acusação contra o governo venezuelano.

PS: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema para o Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, no Facebook e WhatsApp no telefone (61) 991779164.

Compartilhe este artigo:

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)