Lenin inventou a expressão “idiota útil” e recomendou o usar na “linha de frente” #boato

Boato – Líder da revolução comunista russa, Vladimir Lenin (Lênin), criou a expressão “idiota útil” quando disse “queremos o idiota útil na linha de frente”. 

As manifestações contra os cortes na área da educação, que levaram milhares de pessoas às ruas no dia 15 de maio de 2019 causaram barulho. Nos protestos, inclusive, uma declaração do presidente Jair Bolsonaro chamou a atenção dos manifestantes. Em Dallas (Estados Unidos), o presidente chegou a chamar os participantes da manifestação de “idiotas úteis” e “massa de manobra da esquerda”.

Mas, de acordo com uma história que anda circulando nas redes sociais, a expressão já existia bem antes e surgiu com um líder comunista. Segundo a história, Vladimir Lenin, líder da revolução comunista russa, teria inventado a expressão e ainda recomendado seu uso na “linha de frente”. Confira:

Versão 1: “‘Usaremos o “idiota útil” na linha de frente. Incitaremos o ódio de classes. Destruiremos sua base moral, a família e a espiritualidade. Comerão as migalhas que caírem de nossas mesas. O Estado será Deus’. Bolsonaro não inventou o termo idiota útil…”. Versão 2: “*IDIOTA ÚTIL, VOCÊ SABE O QUE É ISSO? QUEM CRIOU ESSE TERMO? QUANDO FOI CRIADO E PORQUÊ?* O termo IDIOTA ÚTIL *foi criado por Vladimir Lênin*, um dos líderes maiores da revolução comunista Russa. *IDIOTA ÚTIL são aqueles indivíduos que estão à frente de manifestações*, propaganda e movimentos socialistas/comunistas em todos os países onde o câncer comunista está se apoderando. Defendem com unhas e dentes algo que o partido comunista e, no caso do Brasil, o governo petista-psolista-comunista lhes dizia ser a verdade absoluta. Não conseguem enxergar com seus próprios olhos a realidade à sua frente.  

Lênin, em outros trechos de seus escritos deixou claro que, após a tomada total de uma nação pelo comunismo, os IDIOTA ÚTEIS seriam os primeiros a gritarem que não era assim o apregoado pelos líderes vermelhos. Quando suas benesses, bolsas-famílias, proteção do estado e demais vantagens começarem a lhes serem tomadas, *os IDIOTAS ÚTEIS verão a armadilha em que caíram*. *Assim, Lênin instruiu para que, assim que os IDIOTAS ÚTEIS começassem a gritar e a se lamentar o seu erro, deveriam serem exterminados*, “sem piedade”, dizia claramente o líder comunista russo. Isso para evitar a tentativa de uma contra-revolução. Dizia Lênin: “quando descobrirem o engodo em que caíram, sendo usados como massa de manobra, se revoltarão, mas usem da força e do aniquilamento físico. Não deverão escapar da execução, nas suas mais diversas formas, pois representarão o maior perigo real pós-tomada do poder” […]”.

Lenin inventou a expressão “idiota útil” e recomendou a usar na “linha de frente”?

É claro que as publicações deram o que falar e acabaram viralizando nas redes sociais. A mensagem acendeu um debate entre integrantes da esquerda e da direita e gerou diversos comentários. Mas será que Lenin teria realmente criado a expressão “idiota útil”? Bem, as coisas não são como parecem. Vem conferir a explicação!

Ao procurarmos pela expressão “idiota útil”, descobrimos duas coisas. A primeira delas é que, de fato, o termo já foi atribuído ao líder da Revolução Russa (principalmente por políticos de direita ao longo do mundo durante a Guerra Fria). Naquele período, a expressão era utilizada por conservadores para descrever liberais de esquerda e sociais-democratas de países não-comunistas. De acordo com o dicionário Oxford, há registros do termo já em 1940.

A segunda foi que a autoria do termo foi desmentida, em 1987, em uma matéria no The New York Times. Na reportagem, o jornal afirma que a autoria havia sido atribuída (erroneamente) ao líder da Revolução Russa, Vladimir Lenin. Como se isso não bastasse, em 1989, toda a balela também foi desmentida pelo livro ‘They never said it’ (ele nunca disse isso). Na página 76, os autores da publicação explicam que o termo nunca foi encontrado nos escritos de Lenin.

Vale ressaltar que nossa busca incorporou apenas a expressão “idiota útil” e o nome de Lenin. Quando procuramos pela frase completa atribuída a Lenin no meme da internet, não encontramos nada.

Em resumo: a história que diz que o líder da Revolução Russa Vladimir Lenin teria criado o termo “idiota útil” e mandado utilizar o tal idiota na “linha de frente” é falsa! Essa história já foi desmentida pelo jornal The New York Times, em 1987, e pelo livro ‘They never said it’, em 1989. Ou seja, é só mais uma balela e não vale a pena ser compartilhada!

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Compartilhe este artigo:
error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)