Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Mundo > Não existem indícios de que Isabella Boyer foi a inspiração para a Estátua da Liberdade

Não existem indícios de que Isabella Boyer foi a inspiração para a Estátua da Liberdade

Isabella Boyer é o rosto da Estátua da Liberdade e foi redesenhada por IA, diz boato (Foto: Reprodução/Facebook)

Boato – Isabella Boyer inspirou a criação da Estátua da Liberdade e foi redesenhada por IA.

Análise

 Sabe quando uma música parece retratar um determinado acontecimento ou uma pintura nos faz lembrar alguém? De acordo com uma história que está sendo compartilhada por aí, a famosa Estátua da Liberdade, dos Estados Unidos, teria sido inspirada na modelo e herdeira franco-americana Isabella Eugénie Boyer.

Segundo a história, Isabella Boyer seria a cara da Estátua da Liberdade e isso não seria coincidência. Ainda segundo a história, o escultor francês Frederick Bartoldi, criador da Estátua da Liberdade, teria conhecido Isabella em um evento e, impressionado com sua beleza, teria dado seu rosto à obra. Confira:

“A CARA DA ESTÁTUA DA LIBERDADE Como é que a viúva do criador das máquinas de costura Singer deu o rosto à Estátua da Liberdade? A vida de Isabella Boyer é como um romance emocionante. Ela nasceu em Paris, numa família de um pai pasteleiro africano e uma mãe inglesa. O nome dela era Isabella, um nome lindo que deveria ter sido a base de um destino lindo. Rapidamente ficou claro que a natureza deu a Isabella uma beleza especial. Aos 20 anos, ela se casa com o fabricante de máquinas de costura Isaac Singer, 50 anos, e após a sua morte se torna a mulher mais rica do país.

Vídeo: é falso que Lula parou doações em Lajeado e Encantado destruiu donativos

E não admira que ela tenha sido escolhida como modelo para a Estátua da Liberdade, porque ela encarna o sonho americano realizado. Depois de ficar viúva, Isabella começou a viajar pelo mundo, buscando novos conhecimentos e desafios emocionantes, muito jovem para ser enterrada sob roupas de luto. Ela se casou novamente com o violinista holandês Victor Robstett, que é uma celebridade mundial e um conde, então Isabella também se torna uma condessa. Logo Isabella se torna a estrela dos showrooms na América e na Europa, e é convidada para todos os eventos mundiais. Em um deles, ela conheceu o famoso escultor francês Frederick Bartoldi.

Na época, Bartoldi ficou fortemente impressionado com sua viagem aos Estados Unidos, pelo tamanho do país, pelos seus recursos naturais, pela população de lá, e já tinha aceitado a proposta de criar uma estátua simbolizando a independência dos Estados Unidos. A escultura deveria ser um presente da França em honra do 100o aniversário da independência do país. Assim nasceu a ideia de uma estátua gigante representando uma mulher segurando uma tocha numa mão e placas na outra, com a data de adoção da Declaração de Independência dos Estados Unidos.

Bartoldi ficou tão impressionado com o rosto de Isabella que decidiu usá-lo como modelo para sua escultura. Portanto, na Ilha Bedlow, no Golfo de Nova Iorque, a Estátua da Liberdade foi erguida com a figura de uma antiga deusa, mas com o rosto de Isabella Boyer. Isabella se casa pela terceira vez, aos 50 anos, com Paul Sohege, um famoso colecionador de arte. Ela morreu em Paris em 1904 aos 62 anos. Ela está enterrada no cemitério Passy. Mas a estátua com o seu rosto continua a erguer-se sobre a Ilha Bedlow, simbolizando o primeiro orgulho americano, a liberdade”.

A história, rapidamente, se espalhou por diversas redes sociais, em especial, no Facebook e impressionou muitas pessoas. Apesar disso, a história apresenta algumas características de fake news na internet, como o caráter vago, alarmista, a falta de fontes confiáveis, a ausência de notícias sobre o assunto em veículos de comunicação confiáveis.

A partir daí, resolvemos investigar um pouco mais a história e agora vamos te contar os detalhes para você não acreditar nela: 1) Quem foi Isabella Boyer? 2) Isabella Boyer é a cara da Estátua da Liberdade? 3) De onde surgiu a foto que está circulando na internet?

Checagem

Quem foi Isabella Boyer?

Isabella Eugénie Boyer era uma modelo e herdeira franco-americana. Nascida em Paris, na França, em 1841, ela se casou aos 22 anos com o fundador da empresa de máquinas de costura Singer. Após a morte do marido, ela se casou novamente. Dessa vez, com um músico e violinista alemão, que recebeu o título de Duque de Camposelice, pelas mãos do Rei Umberto I. Ao contrário do que aponta a história, o músico não era Conde.

Ele inventou a história, porque queria ser da nobreza. Como Duquesa de Camposelice, Isabella Boyer conheceu Frédéric Bartholdi (e não Frederick, como sugere a mensagem), um famoso escultor francês. Foi a partir desse encontro que muitas pessoas começaram a inventar que Bartholdi teria se inspirado em Isabella para construir a Estátua da Liberdade. A modelo e herdeira franco-americana ainda se casou pela terceira vez com um colecionador de arte. Ela acabou falecendo em 1904, em Paris, aos 62 anos.

Isabella Boyer é a cara da Estátua da Liberdade?

Não. Uma escultura de Isabella Boyer em seu túmulo, no Cemitério de Passy, na França, mostra que os traços da modelo e herdeira são bastante diferentes da fisionomia da Estátua da Liberdade. O busto de Isabella Boyer mostra que seu rosto era alongado, fino e pontiagudo. Diferente do rosto quadrado e bem marcado da estátua. Além disso, o nariz de Isabella Boyer é bem mais fino do que o da Estátua da Liberdade.

Se isso não bastasse, essa história de que Isabella Boyer teria sido a inspiração para a Estátua da Liberdade nasceu e segue sendo um rumor. De acordo com estudiosos de Frédéric Bartholdi, a Estátua da Liberdade, na verdade, foi inspirada em uma proposta de trabalho que acabou sendo descartada. Em 1869, Batholdi apresentou uma proposta de uma escultura colossal, inspirada em uma fallāḥ, uma camponesa egípcia. A ideia era que a escultura fosse colocada no meio do Canal de Suez (que estava sendo finalizado), em um pedestal.

Porém, por problemas financeiros, o governo egípcio recusou a ideia. Foi aí que, segundo os historiadores, Bartholdi resolveu reaproveitar o projeto. Com algumas modificações, principalmente nas vestes, ele teria criado a famosa Estátua da Liberdade. Porém, o fato é que Bartholdi não deixou registrado suas inspirações para a criação da estátua.

De onde surgiu a foto que está circulando na internet?

A foto não tem nada a ver com Isabella Boyer. Na realidade, a imagem ficou publicamente conhecida após uma matéria do jornal Daily Mail, no dia 2 de julho de 2020. A reportagem falava sobre o artista holandês Bas Uterwijk, responsável por criar retratos fotográficos de figuras famosas, como Napoleão e a Estátua da Liberdade.

Muitas das fotos foram criadas com base em esculturas, como no caso da estátua. O artista Bas Uterwijk chegou a compartilhar o resultado final de seu trabalho com a Estátua da Liberdade, no dia 6 de novembro de 2020. Após muitos retoques, ele compartilhou a foto que é, impressionantemente, real. Não há nenhuma menção sobre Isabella Boyer na matéria ou nos trabalhos de Bas Uterwijk.

Conclusão

Boato sem comprovação 👎

Não existe nenhum indício de que Frédéric Bartholdi, o criador da Estátua da Liberdade, tenha se inspirado em Isabella Boyer para compor sua obra. Estudiosos alertam que, muito provavelmente, a Estátua da Liberdade foi inspirada em um projeto de Bartholdi que foi descartado. Em 1869, ele teria proposto uma escultura para inaugurar o Canal de Suez.

Porém, com problemas financeiros, o governo do Egito descartou a proposta. Segundo historiadores, a proposta teria sido reaproveitada, modificada e, a partir daí, teria nascido a Estátua da Liberdade. Além disso, a imagem mostrada na história de hoje não tem nada a ver com Isabella Boyer. A foto é uma imagem feita por IA, com base na Estátua da Liberdade. Por fim, esculturas e fotos de Isabella Boyer mostram que seus traços não têm nada a ver com os traços da estátua.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo e-mail [email protected] e WhatsApp (link aqui: https://wa.me/556192755610).