Imigrantes islâmicos destroem árvore de Natal na Alemanha #boato

Boato – Imigrantes islâmicos invadiram a feira de Natal da rede Woolworth, na Alemanha, para destruir a árvore de Natal do local. Vídeo mostra tudo.

O Natal está chegando e, como era de se esperar, “boatos sazonais” começam a aparecer por aí. A última história que circula online dá conta de um fato que teria ocorrido na Alemanha: imigrantes islâmicos teriam invadido a rede de lojas Woolworth para destruir uma árvore de Natal.

Um vídeo seria a “prova” da destruição. Junto a ele, há uma mensagem que aponta que os imigrantes querem “à força impor a cultura deles” e um alerta contra “países que aceitam imigrantes”. Leia a mensagem que circula online e assista um dos vídeos:

Impressionante! Imigrantes islâmicos na Alemanha destruindo árvores de Natal na Woolworth . Querem à força impor a cultura deles aos alemães! É para onde leva a tolerância “humanitária “ em relação à imigração! Cenas como está podem se repetir em outros países . Países que aceitam imigrantes sem impor regras ou normas , como é aqui no Brasil , podem chegar a situações como essa!

Imigrantes islâmicos destruíram árvore de Natal na Alemanha?

É claro que uma informação circulou muito na internet. Mas será mesmo que o vídeo que está viralizando por aí retrata um caso de ataque de imigrantes islâmicos a uma árvore de Natal? A resposta é não. Entenda todos os detalhes aqui.

Ao nos deparar com a história, já ficamos desconfiados. “Denúncias” contra “absurdos cometidos” por imigrantes muçulmanos volta e meia aparecem na internet e, depois de uma checagem, se configuram falsas. Já falamos aqui no Boatos.org, por exemplo, das notícias falsas da destruição da estátua da Virgem Maria e da viatura na França.

Com essa desconfiança, fomos procurar mais detalhes sobre o assunto. Descobrimos que o vídeo não é da rede de lojas Woolworth, não foi gravado na Alemanha e não se trata de um ataque de destruição de árvores de Natal. Mais uma busca e achamos dois desmentidos sobre o assunto em inglês (do site Snopes e do site That’s Non Sense).

Na realidade, o vídeo foi gravado em 2015 no Egito. A filmagem foi feita em um shopping chamado The Mall of Arábia, localizado em Cairo. O vídeo em questão é de uma celebração realizada após o fim do Natal no qual os próprios clientes do estabelecimento subiram na árvore para pegar os itens que estão nela. Em um trecho do vídeo, um sujeito chega até a comemorar que pegou uma caixinha.

Vale dizer que a tal denúncia, como na maioria dos casos de fake news, só circulou em redes sociais, em sites de notícias falsas ou em sites desmentido a história.

Resumindo: a história que aponta que imigrantes muçulmanos invadiram um shopping na Alemanha para destruir uma árvore de Natal é falsa. O vídeo em questão é de 2015 e não se trata de nenhum protesto contra o Cristianismo.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Compartilhe este artigo:

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

Um comentário em “Imigrantes islâmicos destroem árvore de Natal na Alemanha #boato

  • 14/12/2018 em 09:41
    Permalink

    Valeu, boatos.org.

Fechado para comentários.

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)