Greta Thunberg é chamada de charlatã pela Valeurs, principal revista da Austrália #boato

Boato – A ativista Greta Thunberg foi chamada de charlatã pela Valeurs, a principal revista da Austrália, desta semana. Crítica foi feita porque país está pegando fogo.

Desde que a ativista pelo meio ambiente Greta Thunberg ganhou holofotes da mídia, muitos dos que não acreditam em aquecimento global ou mudanças climáticas torceram o nariz. O “mau sentimento” só cresceu depois que a sueca de 16 anos foi chamada de “pirralha” por Bolsonaro e, em seguida, ganhou o prêmio de personalidade do ano da revista norte-americana Time. No meio de tudo isso, ataques e fake news surgiram contra a sueca.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

Siga o Boatos.org no Twitter:


Se inscreva no nosso canal no Youtube

 

Receba as nossas atualizações no grupo do WhatsApp (só postagens do administrador, não se preocupem): https://bit.ly/3awoU3e

Confira o nosso Instagram:

Instagram

Uma das últimas postagens desta natureza se deu por meio de um print de uma suposta publicação australiana e uma mensagem que apontava que a Valeurs chamou Greta Thunbers de charlatã. Leia a mensagem que circula online:

Vejam só a publicação na capa da principal revista da AUSTRÁLIA. Eles chamam a Greta de CHARLATÃ, porque o país está pegando fogo em proporções muito maiores em comparação com o que ocorreu na Amazônia e ninguém vê nem o Macron, nem o Papa, nenhum ecologista, falar uma vírgula sequer. Compartilhem!!! O povo brasileiro precisa tomar conhecimento disso.

Greta Thunberg foi chamada de charlatã pela Valeurs, principal revista da Austrália?

A galera que fez o coro de “pirralha” para a ativista compartilhou a informação a torto e a direito na internet. É pena que muitos não tiveram o cuidado de checar. Isso porque Greta não foi chamada de picareta pela Valeurs tampouco a revista é a maior publicação da Austrália.

Nem precisamos olhar muito para achar o primeiro erro. Se você for analisar o conteúdo da publicação, está escrito o seguinte: “Enquête sur le totalitarisme Vert Les charlatans de l’écologie, ils jouent sur les peurs, interdisent le débat et embrigadent la jeunesse”. Não vamos nos atentar à tradução, apenas ao idioma.

Qualquer pessoa com o mínimo de conhecimento sobre idiomas consegue perceber que a capa da Valeurs está em francês. A grande maioria das pessoas também sabe que o idioma oficial da Austrália (ex-colônia inglesa na Oceania) é o inglês. Por isso, soa estranho alguém falar que uma revista em francês é a maior da Austrália.

A essa altura do texto você já deve ter sacado que a Valeurs é uma revista francesa. Bastou uma busca para descobrimos que a publicação foi criada em 1966 e tem como principal público pessoas da linha “liberal-conservadora”. Ou seja, é uma publicação francesa segmentada (nem de longe é a maior revista do país) e não a “maior revista da Austrália”.

Só para satisfazer a sua (e a nossa) curiosidade, resolvemos buscar pela lista das revistas mais lidas na Austrália. Entre os “top 10” não há qualquer publicação política. As revistas mais populares do país são de estilo de vida, celebridades ou saúde.

Agora, vamos à segunda parte da checagem (e a tradução). Apesar de a revista Valeurs ser uma publicação de direita e não ser muito simpática a bandeiras em prol da defesa do meio ambiente, não é verdade que Greta foi chamada de charlatã. Veja a tradução da capa, publicada no final de junho deste ano. “Levantamento sobre o totalitarismo verde Os charlatães da ecologia, eles brincam com medos, proíbem o debate e recrutam jovens”.

Pelo que se pode aferir pelo conteúdo da capa, Greta seria mais “uma jovem recrutada” do que uma “charlatã”. Não vamos nos aprofundar nisso (até porque essa opinião já está mais do que refutada por aí), mas o fato é que não é possível afirmar que a Valeurs chamou Greta Thunberg de charlatã.

Resumindo: a história que aponta que a Valeurs, maior publicação da Austrália, chamou a ativista Greta Thunberg de charlatã é falsa. Nem a revista fez essa afirmação tampouco a Valeurs é a maior publicação da Austrália (por sinal, nem australiana é).

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Clique nos links “bit.ly” para acessar nossos perfis:

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2sBNWx4

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)