Fazendeiro que pulverizou fezes em Preston teve fazenda invadida por Sem Terras #boato

Boato – Fazendeiro que pulverizou fezes próximo a pessoas na cidade de Preston, em Lancashire (Inglaterra), o fez por conta de uma invasão de Sem Terras (MST).

Muito do que é compartilhado na internet acaba sendo classificado como “boato” por conta de um pequeno detalhe (o famoso “aumenta e inventa” na história). É o caso do texto de hoje, que aponta para uma suposta atitude de um fazendeiro contra “Sem Terras” (que remonta o MST).

Um vídeo de um homem pulverizando um material próximo a um grupo de pessoas está viralizando como se fosse de um fazendeiro que expulsou “Sem Terras” (com caixa alta mesmo) de sua fazenda. De acordo com o texto, o caso ocorreu em Preston, cidade na região de Lancashire (Inglaterra) e o material seria “fezes” (não chamada desta forma no texto). Leia a mensagem que circula por aí:

Na cidade de Preston, distrito de Lancashire, Inglaterra, produtor teve sua propriedade invadida por Sem Terras.… Em represália, pulverizou b… em toda a volta do acampamento deles… “Ué, estou adubando minha terra… estou trabalhando…”

Produtor que pulverizou fezes em Preston teve fazenda invadida por Sem Terras?

Não demorou para a história circular com todas as forças na internet. Porém, não é verdade que a decisão do fazendeiro em questão tenha alguma relação com o MST ou mesmo se trata de um caso de fazenda invadida por “Sem Terras”. Na realidade, quase tudo que foi descrito, de fato, aconteceu. Como a gente gosta da informação correta, vamos explicar o que é real e o que é falso.

Para chegamos à verdade, fizemos uma busca pelo vídeo. Descobrimos que ele é de 2016. Vamos começar com o que é real na história. É fato que o caso ocorreu em Preston e é fato que o fazendeiro em questão fez a pulverização de um material desagradável. No caso, a pulverização foi de estrume (o que é levemente diferente das fezes em si). Porém, as informações reais param por aí.

Como aponta essa matéria do Mashable da época, na realidade se tratava de um protesto do Greenpeace contra a prática de fracking (uma forma de extração de recursos naturais criticada por ambientalistas). Na ocasião, o protesto teve a participação da atriz Emma Thompson e os manifestantes estavam organizando um bolo. Não havia nada de invasão de terras.

Além disso, a frase atribuída ao fazendeiro em questão também não consta em nenhuma fonte confiável. Muito provavelmente, a fala (por sinal, um tanto quanto cínica) foi inserida nas “versões MST” da história.

Resumindo: o vídeo é, de fato, de uma manifestação em uma fazenda. Porém, o caso nada tem a ver com “Sem Terra” ou mesmo com o MST. A filmagem é de um protesto do Greenpeace que aconteceu há alguns anos.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo siteFacebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3uwu4ra
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet