Fábrica da Fiat que deu lugar a shopping em Turim (Itália) foi fechada por causa de sindicatos #boato

Boato – Vídeo mostra shopping center, em Turim (Itália), que foi construído na antiga fábrica da Fiat que foi fechada por sindicatos

A crise econômica que se instaurou no mundo inteiro, especialmente no Brasil, se intensificou ainda mais com a chegada da Covid-19. Em terras tupiniquins, os brasileiros assistiram de camarote a debandada de empresas, como o caso da Ford.

Em janeiro de 2021, a Ford anunciou o fim de suas operações no Brasil, com o fechamento de fábricas e a demissão de milhares de funcionários. Na época, além da reestruturação dos negócios, a empresa destacou o alto custo de operação no Brasil e a economia isolada do país como os principais responsáveis pelo encerramento dos trabalhos no Brasil.

E de acordo com uma história que está circulando nas redes sociais, parece que a Itália viveu algo parecido na Europa. Segundo a história, uma fábrica da Fiat teria encerrado suas operações em Turim, na Itália. Ainda segundo a publicação, posteriormente, a fábrica deu lugar a um shopping center. Ainda de acordo com a história, a fábrica teria sido fechada por das inúmeras exigências dos sindicatos.

Versão 1: shopping criado no lugar da ex fábrica da Fiat Turim Itália que fechou por ação de sindicatos Versão 2: Veja a realidade de um ponto turístico na cidade de Turim, na Itália. O Shopping Fábrica Fiat Lingotto está praticamente fechado. A cidade está falida. De quem é a culpa disso? Dos sindicatos. É isso que você quer para o Brasil? Versão 3:Era a fábrica da Fiat em Turim. Virou megashopping. a cidade perdeu mais de 500.000 hab. Culpado: os sindicatos, do tipo daqueles que apóiam o luladrão… não fazem porra nenhuma! Versão 4: A FIAT fechou sua fábrica, sede, em Turim na Itália, resultado de ações de sindicato que tem viés comunista (para os outros) destruidor de empresas, empregos, economia do país e ludibriador de empregados.

Transcrição: “Aqui hoje eu parece um shopping. Na verdade, é o centro comercial. Isso aqui até uns anos atrás era fábrica da Fiat em Turim aqui na Itália. Então, eu tô só num dos provimentos, tem mais uns quatro para direita e uns dois para esquerda aqui, enormes. Aqui acho que tem um quilômetro de construção e eu em torno desse prédio monumental aqui, que é um monstro, tudo feita a ferro, tudo de ferro, até as vigas da parte de baixo se você ver lá, vai lá, tudo ferro. Isso fechou tudo. Os taxistas mesmo falam aqui da cidade, é uma cidade…, Turim é uma cidade que tinha 1.5 milhão de habitantes e hoje tem menos de 1 milhão. Quem que… Por que que mudou isso tudo tão rapidamente? Segundo os taxista, quem quebrou a cidade foram os sindicatos. Sindicato dos Metalúrgicos. Eles pressionaram tanto as empresa pra de aumento, por causa de benefício, por causa disso, por causa daquilo e aí, como a concorrência mundial, que aconteceu? A Fiat acabou fechando todas as fábricas aqui. Na Itália não tem mais nenhuma fábrica, tem hoje no Brasil. tem na, aqui perto tem na Polônia e tem outros países aí espalhadas fábricas pelo mundo afora. E aqui a cidade ficou largada às traças. Isso é o sindicato. O que nós estamos aí vivendo hoje no Brasil, uma eleição, ano eleitoral. Então, é bom o povo ver, né, quem tá por trás dos candidatos. Mas já sabemos quem tá por trás do nove dedos lá, vulgo nove dedos. Os sindicatos estão todos agarrados nele. Porque se ele voltar, as tetas deles vão tudo começar a dar leite de novo. Então, o brasileiro que fique esperto. Eu devo dizer assim que não existe um bom presidente, não existe em lugar nenhum do mundo. A gente, infelizmente, todos os países sempre têm que escolher pelo menos ruim. Então, isso é um retrato do que pode acontecer fazer uma escolha errada. Então, é dado o recado. Como é que diz: sua cabeça, cada cabeça uma sentença, né?”.

Fábrica da Fiat que deu lugar a shopping em Turim (Itália) foi fechada por causa de sindicatos?

A informação viralizou nas redes sociais, em especial, no Twitter e no YouTube e causou um burburinho na internet. Apesar disso, a história não é verdadeira. A explicação fica por conta da falta de provas e dos inúmeros equívocos presentes no vídeo.

Ao olhar a mensagem, logo de cara ficamos desconfiados. Isso porque ela apresenta as principais características de fake news na internet, como o caráter vago, extremamente alarmista e a falta de fontes confiáveis.

Quando assistimos o vídeo, foi possível perceber que o homem que está gravando as imagens não apresenta nenhuma prova. Basicamente, ele apresenta algumas teses que acabaram facilmente desmentidas.

A primeira delas aponta que Turim teria 1,5 milhão de habitantes, mas após o fechamento da fábrica da Fiat, passou a ter apenas 1 milhão. A teoria não é verdadeira. Além dos números estarem errados, uma vez que a cidade possui cerca de 900 mil habitantes e chegou no máximo a 1,1 milhão, a diminuição da população da cidade tem outro motivo. Na verdade, essa diminuição é explicada pela baixa taxa de natalidade na cidade e pelo crescimento de cidades próximas (o que leva à migração).

A segunda tese seria de que, segundo os taxistas, a Fiat teria fechado todas as fábricas na Itália. Entretanto, essa informação não é verdadeira. Atualmente, a Fiat mantém fábricas de montagem ao longo de toda a Itália. Inclusive, em Turim.

Já a terceira tese indica que a fábrica da Fiat, em Turim, teria sido fechada por sindicatos. Isso não é verdade! A fábrica citada no vídeo não é a de Lingotto. Entretanto, o encerramento das atividades da Fiat em Lingotto não é recente. A fábrica foi fechada em 1982, porque se tornou obsoleta. Após o fechamento, a cidade organizou um concurso de arquitetura e transformou o local em um centro comercial.

Por fim, é importante destacar que o vídeo apresenta uma visão bastante distorcida do que são os sindicatos. Ao contrário do que aponta a mensagem, os sindicatos não servem para falir ou quebrar empresas, mas sim para garantir que os direitos trabalhistas (que são amparados por lei) estejam sendo respeitados.

Em resumo: a história que diz que a fábrica da Fiat, em Turim (Itália), foi fechada por causa dos sindicatos e virou um centro comercial é falsa! O vídeo apresenta diversas acusações sem prova e muitas teorias equivocadas. A fábrica citada no vídeo é de Lingotto, que foi fechada em 1982. E vale ressaltar que o fechamento não teve nada a ver com os sindicatos, mas sim porque a fábrica se tornou obsoleta. Ou seja, a história não passa de balela!

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3uwu4ra
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso