Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Mundo > É falso que influenciador venezuelano que apoiou Milei tenha gravado um vídeo lamentando regras sobre universidades

É falso que influenciador venezuelano que apoiou Milei tenha gravado um vídeo lamentando regras sobre universidades

Influenciador venezuelano que apoiou Milei gravou vídeo lamentando que perdeu vaga na universidade, diz boato (Foto: Reprodução/Twitter)

Boato – Um influenciador venezuelano que apoiou Javier Milei gravou um vídeo reclamando de medida que acaba com gratuidade para estrangeiros em universidades públicas argentinas.

Análise

Está circulando em redes sociais brasileiras (principalmente no Twitter), mensagens que apontam para um suposto “arrependido” do governo Javier Milei na Argentina.

A mensagem aponta que um influenciador venezuelano que teria pedido votos para Milei teria gravado um vídeo lamentando uma medida do novo presidente argentino que impõe uma taxa para estudantes estrangeiros de faculdades argentinas

O texto aponta ainda que ele seria estudante da Universidade de Buenos Aires e teria que largar os estudos. Há também supostos prints do vídeo em que ele se lamenta. Leia algumas das mensagens que circulam online:

Vídeo: é falso que médico favorável a Ivermectina ganhou prêmio de Melhor Cientista do mundo

🚨Veja: l Influenciador venezuelano que apoiou Javier Milei lamenta decreto que acaba com as bolsas de estudos na Argentina. Jovem fazia faculdade de medicina em uma universidade pública no país vizinho

Checagem

Na parte da checagem do conteúdo, vamos responder às seguintes questões: 1) Quem é o influenciador venezuelano citado na história de Milei? 2) O influenciador venezuelano gravou um vídeo reclamando da medida de Javier Milei sobre universidades? 3) Quais são outros detalhes relevantes na história?

Quem é o influenciador venezuelano citado na história de Milei?

O rapaz que é mostrado nos vídeos é Edilber Mendonza. Durante toda a campanha argentina, ele pediu votos em massa para Javier Milei. Porém, ele não lamentou nenhuma proposta sobre estrangeiros nas universidades e tampouco foi atingido por ela.

O influenciador venezuelano gravou um vídeo reclamando da medida de Javier Milei sobre universidades?

Como falamos, não. Para começar, Edilber não é estudante de medicina da Faculdade de Buenos Aires ou mesmo gravou o vídeo. Além de o vídeo utilizado no print nada ter a ver com reclamações contra Milei, a filmagem é um corte do rapaz tocando violão.

Quais são os outros detalhes relevantes na história?

A fonte da informação é uma página de sátira que sempre pública notícias falsas e o próprio rapaz veio a público desmentir o fake. Assista ao vídeo e leia a transcrição:

Interessante. Alerta News 24/7 relata que um venezuelano, que pedia aos argentinos para votarem pela minha lei, não poderá mais estudar medicina gratuitamente na Universidade de Buenos Aires devido às novas políticas para estudantes estrangeiros. Esta tarde, ele fez um vídeo lamentando sua situação. Aqui podemos ver que usaram uma imagem minha do vídeo que apoia o meu link e uma imagem aleatória da minha cara.

Agora, esta é a realidade. Senhores, usaram minha cara, tiraram um screenshot dizendo que eu fiz um vídeo de arrependimento e na realidade, vejam, é um vídeo tocando guitarra que está diretamente no meu Instagram. Isso é para que vejam como nos mentem, para que vejam como as contas de informação nos mentem diretamente. A quem gostar, ótimo, e a quem não gostar, também.

Não fiz nenhum vídeo de arrependimento. Sustento o que digo, não estudo em nenhuma universidade de Buenos Aires gratuitamente e muito menos. Também não fiz um vídeo lamentando o que disse. Pelo contrário, assumam a responsabilidade ou mostrem o vídeo diretamente, mostrem o vídeo e pronto. Aí eu acredito, mas enquanto não divulgarem informações que não são verdadeiras, saudações.

@edilbermendoza FAKE NEWS‼️‼️‼️ #milei #lalibertadavanza #argentina #dnu #vivalalibertadcarajo ♬ sonido original – Edilber Mendoza

Conclusão

Fake news ❌

É falso que o jovem que pediu votos para Javier Milei tenha gravado um vídeo reclamando de uma medida do presidente da Argentina. A história falsa surgiu em uma página de sátiras e foi reproduzida sem a devida checagem (seja culposa ou dolosamente) no Brasil.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo e-mail [email protected] e WhatsApp (link aqui: https://wa.me/556192755610)