Delcy Rodríguez diz que Maduro fez um acordo com coronavírus na Venezuela #boato

Boato – A vice-presidente da Venezuela, Delcy Rodríguez, disse, em entrevista, que o presidente Nicolás Maduro assinou um acordo para o coronavírus não infectar o país por uma semana.

A região da América Latina foi uma das mais atingidas pela pandemia no mundo. Além do Brasil, que ainda contabiliza centenas de mortes por dia, outros países como Peru, Equador, Argentina e Venezuela sofrem com a Covid-19. É justamente sobre o país governado por Nicolás Maduro que surgiu a história de hoje.

De acordo com mensagens que circulam em redes sociais e são “comprovadas” por um vídeo da vice-presidente do país, Delcy Rodríguez, em uma entrevista, Maduro teria assinado um “acordo com o vírus” para que ninguém seja infectado na Venezuela por uma semana. Leia a mensagem que circula online (em português e traduzida do espanhol), leia a transcrição da fala e assista ao vídeo:

Confira o desmentido em vídeo

Transcrição traduzida: Bom dia. De acordo com o que foi decretado o presidente, isso corresponde ao uma semana de folga. O vírus será pausado começando amanhã até domingo. Eles estão livres, mas você pode ir para rua que não terá problemas, contágio ou qualquer coisa porque eles assinaram um acordo.

Versão 1 (traduzida automaticamente): Delcy Rodríguez, vice-presidente da Venezuela, informou que o presidente Nicolás Maduro firmou um decreto pausando o vírus por uma semana e as partes estavam de acordo… não riam muito que em qualquer momento…

Versão 2: Venezuela assina acordo com Covid e terão uma semana de pausa para que as pessoas possam andar nas ruas. O vírus promete que não contaminará ninguém. Versão 3: Governo da Venezuela afirma ter feito convênio com o virus para que este nso contamine ninguém por 1 semana.

Versão 4: [Maduro publicou hoje, 23 de novembro, um decreto avisando que o vírus foi pausado na Venezuela por uma semana, período em que não haverá risco de contágio, já que ELES ASSINARAM UM CONVÊNIO COM O VÍRUS PARA NÃO CONTAMINAR AS PESSOAS NESTE PERÍODO… O comunismo frita os neurônios impedindo qualquer sinapse nervosa. Assista o vídeo

Delcy Rodríguez diz que Maduro fez acordo para coronavírus não infectar a Venezuela?

Como vocês viram, a história em questão foi um prato cheio para críticos da esquerda (no Brasil, simpatizantes de Bolsonaro) começassem a comentar o caso. Porém, não é verdade que Delcy Rodríguez deu tal declaração e que, muito menos, Maduro assinou um “acordo com o coronavírus”.

As mensagens, por si só, já nos deixam muito desconfiados. Temos três motivos para isso. O primeiro é que, apesar de muitos líderes mundiais estarem, diariamente, soltando “pérolas” e desinformando sobre a pandemia (está aí o Brasil que não nos deixa mentir), pensar que Maduro e sua vice anunciaram um “acordo com o coronavírus” é um “pouquinho demais”. Nem a oposição da Venezuela acreditaria tão facilmente nisso.

Para além disso, as mensagens que acompanham as imagens têm muitas das principais características de boatos online. Elas são vagas, alarmistas e com erros de português (e até de espanhol). Por fim, o histórico de boatos sobre a pandemia já nos alerta de que deveríamos fazer uma busca mais detalhada.

Fizemos a busca e logo descobrimos mais um indício de que a história era um fake: nenhuma fonte confiável apontava para a tal história. Vamos convir que isso é um tanto quando estranho, não? Mais uma busca e chegamos ao veredicto. O tal anúncio era falso e o vídeo uma montagem. Como a história circulou inicialmente em espanhol (por motivos óbvios), resolvemos procurar pelo assunto no idioma em questão. Não demorou muito para encontrarmos desmentidos na Espanha e Peru.

Na Espanha, o site Maldita.es desmentiu a informação. O veredicto foi simples: o vídeo em questão é uma manipulação. Na realidade, a filmagem original mostra Delcy Rodríguez durante uma visita à Rússia em que tratava da aquisição da vacina russa contra a Covid-19. O vídeo original foi publicado no canal da agência de notícias Prensa Latina. Veja o vídeo original com a fala correta abaixo:

O Maldita.es também apontou que a velocidade do vídeo em que foi feita a montagem foi diminuída. O site peruano La República também desmentiu a informação e ressaltou que a montagem era uma ironia com um sistema adotado no país de 7 dias de quarentena mesclados com 7 dias de não-quarentena.

Resumindo: a história que aponta que Delcy Rodríguez anunciou que Nicolás Maduro fechou um acordo para o coronavírus não atingir a Venezuela é falsa. O vídeo que provaria a ação foi manipulado e, originalmente, tratava de um acordo com a Rússia.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2QvB43t
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet