Criança foi retirada à força dos pais para ser vacinada na Austrália, mostra vídeo #boato

Boato – Vídeo mostra o momento em que uma criança foi retirada, aos gritos, dos braços dos pais que não queriam a vacinar na Austrália. É o início da ditadura da vacinação.

Enquanto a vacinação avança no Brasil (e tem refletido em menos mortes e casos da doença no país), países como os Estados Unidos (que tiveram uma estagnação no número de pessoas vacinadas) enfrentam uma nova onda de infecções e mortes por Covid-19. E, infelizmente, o movimento antivacina (apesar das provas mais do que claras de que as vacinas são eficazes e seguras) continua a todo vapor.

A última história que se espalhou na internet (inicialmente em língua inglesa e, posteriormente, no Brasil) aponta que a Austrália decidiu vacinar as crianças de forma forçada. A prova disso seria um vídeo que mostra uma criança sendo retirada à força dos braços dos pais.

Em alguns casos, o vídeo se espalhou junto com um depoimento de uma jovem que comparou a obrigatoriedade da vacinação ao nazismo, disse que a Covid-19 é inofensiva e que a pandemia é uma farsa para controlar a população e que o passaporte de vacinação é o próximo passo para esse “domínio”. Leia transcrição do vídeo da moça e mensagens que circulam online:

Versão 1: Enquanto isso, na Austrália ocupada por pessoas que atuam como os nazistas , crianças estão sendo removidas de seus pais por se recusarem a ser vacinados . ISTO DEVE PARAR MALDITOS ESSES QUE ESTÃO FAZENDO ISSO CONTRA O SEU PRÓPRIO POVO EU , NÃO PERMITIREI UMA DESGRAÇA DESSA COM MINHA FAMÍLIA , SE NECESSÁRIO MATAREI PELA PRIMEIRA VEZ OU MORREREI DEFENDENDO A MINHA FAMÍLIA Versão 2: Na Austrália eles estão levando as crianças com “vírus” para um “lugar seguro” tirando dos seus pais para vacinar, a pessoa que concorda com isso já tem uns 3 lotes no inferno pqp

Versão 3: Você ouviu falar sobre o que se passa na Austrália? Crianças estão sendo separadas de seus pais para receberem a injeção. Então para todos que dizem que exageramos por comparar a nossa realidade atual com a da Alemanha dos anos 30. Estariam nossas preocupações começando a fazer sentido agora? Você percebe que um constante estado de emergência serve apenas como desculpa para uma tirania global? Como você pensa que o holocausto começou? Você pensa que genocídio começa com enforcamentos políticos? Ou começa com desarmamento sistemático? E segregação dos seus cidadãos? Então eu vos pergunto. Vocês vão esconder suas crianças como eles esconderam os judeus? Austrália é agora um teste piloto para essa lei marcial a ser lançada no resto da população.

Em vez de fazer lockdown de 100% da população com doentes tendo 99% de chances de sobreviver. Por que não isolar esses 0,2% que verdadeiramente correm o risco de morrer com o vírus? Para aqueles que amamos, você poderia colocar as suas cinco máscaras de chita, tomar sua 57ª injeção de reforço. Você não precisa de uma ordem governamental para ser um recluso neurótico. As pessoas precisam entender que é a nossa obediência que está causando esse processo perpétuo de tirania médica. Não esqueçamos que o objetivo final é o passaporte verde. Sem ele, o fascismo médico não pode ser estabelecido. Sem esse passaporte, eles não têm vantagem sobre as pessoas para ditar aspectos básicos de nossas vidas.

Vídeo mostra criança que foi retirada a força dos pais para ver vacinada na Austrália?

O vídeo não demorou muito para se espalhar na internet junto com a ladainha eterna dos negacionistas da pandemia (mesmo após 4,5 milhões de mortes por causa da doença no mundo). Só que, além de o discurso ser totalmente equivocado, o vídeo nada tem a ver com “crianças retiradas dos pais para serem vacinadas na Austrália”.

A mensagem e o histórico já nos deixam desconfiados da veracidade da informação. Além de esse boato ser um dos mais de 800 (e contando) sobre a pandemia desmentidos pelo Boatos.org, a mensagem que circula online tem características de fake news como ter o caráter vago, ser alarmista, ter erros de português e não citar fontes confiáveis.

Ao buscar por qualquer notícia sobre a suposta ação, nada encontramos (vale apontar que a Austrália não está vacinando pessoas com menos de 12 anos). Ao contrário disso, encontramos o desmentido em inglês nos sites da Agência AP.

Na realidade, a própria polícia de Victoria (estado na Austrália) desmentiu a informação. Quando o vídeo começou a viralizar (inicialmente, a fake news apontava que uma criança com Covid-19 estava sendo isolada dos pais à força), a corporação desmentiu que seja um caso relacionado à Covid-19. Leia o que foi publicado no Twitter:

A Polícia de Victoria pode confirmar que isso é impreciso. Este vídeo não estava de forma alguma relacionada com a Covid / vacinações ou testes. Para a privacidade dos envolvidos, não forneceremos mais detalhes.

É importante destacar mais dois pontos. O primeiro é que a mocinha que gravou o vídeo e ajudou a espalhar a fake news da “criança forçada” se “equivoca” em algumas informações como de que o “isolamento só serve para controlar a população”, que deveríamos isolar apenas os idosos, que é possível saber quem é “suscetível” à Covid-19 e que a vacinação é forma de controle. Todas essas informações faz parte de todo o lixo que negacionistas espalham por aí.

O segundo é que, nos últimos dias, outros vídeos falsos sobre a Austrália e Covid-19 têm se espalhado na web. Um deles é de uma manifestação de grupos antivacinas que está sendo vendido como “pessoas sendo forçadas a se vacinar”. Outra é de um adolescente que teria “morrido após se vacinar” em que o vídeo não tem qualquer relação com vacinação.

Resumindo: a história que aponta que uma criança foi separada de seus pais para se vacinar contra a Covid-19 é falsa. A realidade, o vídeo que está circulando na internet não tem relação com o caso e todas as informações “satélites” a ele também estão erradas.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

Ps2: Confira a nossa nova seção “Oportunidades” clicando aqui. Na página, você pode acesso a promoções, descontos e sites que dão brindes.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3vN6CET
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet