Comercial da Sprite foi proibido #boato

Boato – A Sprite resolveu inovar em seu novo comercial e acabou sendo proibido.

Para vender seja lá o que for, a publicidade usa e abusa de diversas emoções do ser humano. E diversas vezes acaba passando do ponto. A história que circula na internet fala justamente disso.

Tem circulado no Facebook um vídeo que mostra uma suposta propaganda da Sprite na Alemanha. O vídeo (que não vamos publicar por aqui), mostra uma mulher e um homem. Enquanto realiza o ato, ela pensa que poderia estar bebendo uma Sprite naquele momento. Logo após o refrigerante se abre e molha ela. Para terminar, ela diz que ama Sprite.

No Facebook, uma mensagem com o vídeo descrevendo “Novo Comercial da Sprite!” teve mais de 1 milhão de visualizações em um pouco mais de um mês. Porém, fazendo uma pesquisa, descobrimos que o período da propaganda é um pouco mais antigo.

Na realidade, a história viralizou em 2009 e acabou sendo vendida em muitos sites como o “comercial proibido da Sprite na Alemanha”. Um dos exemplos é o site de fofoca Perez Hilton. Porém, logo que a história ganhou a internet chegaram os desmentidos.

O próprio Perez Hilton apontou que a história tinha sido criada por uma agência de publicidade norte-americana chamada Green Card Pics. Porém, depois se soube que a história foi criada por uma video maker independente do Youtube. De acordo com o Huffington Post, o diretor do vídeo apontou que não houve envolvimento algum por parte da Coca-Cola ou Green Card no comercial.

Sendo assim, não temos muito a falar além de que “a história é falsa”. Na realidade, o comercial foi uma criação de uma agência de publicidade para um viral da web não teve envolvimento da Coca-Cola.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)