China comprou 1 bilhão de vacinas da Austrália e não vai usar Coronavac #boato

Boato – A China não vai usar a vacina Coronavac, do Instituto Butantan e da Sinovac. País decidiu comprar 1 bilhão de doses da vacina da Austrália.

Com a iminência do início da vacinação no Brasil, as notícias falsas sobre imunizantes estão ganhando força na internet. Neste sentido, o movimento antivacinas encontrou apoio em simpatizantes do presidente Jair Bolsonaro para atacar a vacina Coronavac, desenvolvida pela empresa Sinovac em parceria com o Instituto Butantan.

A última história que viralizou em redes bolsonaristas aponta que a China sequer vai usar a Coronavac. A mensagem, que em algumas versões aponta o Correio do Povo (jornal do Rio Grande do Sul) como fonte, diz o seguinte: “China compra um bilhão de vacinas da Austrália nem eles vão tomar a própria vacina mais você que tá lendo vai”.

China comprou 1 bilhão de vacinas da Austrália e não vai usar Coronavac?

A história se espalhou com muita força em redes sociais. Por isso mesmo que estamos aqui para alertar que a informação é falsa. Mais do que isso, muito parecida com outras que já desmentimos aqui no Boatos.org.

Há algum tempo, tivemos que desmentir a mesma história sobre a China não utilizar a vacina da Sinovac. Haviam apenas duas diferenças na história. A primeira é que a mensagem apontava que a China “trocou” a Coronavac pela vacina da Suécia (da AstraZeneca). A segunda é que, dessa vez, a “compra citada” sequer existe.

Para começar, não existe nenhuma vacina da Austrália prestes a ser aprovada. A vacina mais “promissora” do país estava na fase 1 quando foi suspensa após voluntários apresentarem testes com falsos positivos para HIV.

Ao contrário do caso da vacina da AstraZeneca (que terá doses compradas na China caso se comprove a eficácia, mas não vai “substituir” outra vacina), sequer há intenção da China na compra da vacina da Austrália. Muito menos de 1 bilhão de doses (que ainda não seria o suficiente para suprir a população de quase 1,4 bilhão de pessoas).

É importante citar que, ao contrário do que outras fake news (como essa) apontam, a China tem, sim intenção de usar a Coronavac. Tanto que a vacina já foi aprovada para uso emergencial no meio do ano e pode ser aprovada definitivamente ainda neste ano.

Para terminar de vez com o fake, a fonte da informação citada em uma das versões da mensagem (um link de uma matéria do Correio do Povo) nada fala sobre a China comprar “vacina da Austrália”. A matéria em questão trata de ações no STF que julgavam a obrigatoriedade de vacinas no Brasil.

Resumindo: a história que aponta que a China comprou 1 bilhão de vacinas da Austrália e que não vai usar a Coronavac é falsa. Além de a Austrália não tem nenhuma vacina em estágio avançado de testes, a história é uma “evolução” de uma fake news já desmentida aqui e a fonte apresentada nada falava sobre o assunto.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99458-8494.

– Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
– Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
– Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
– Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
– Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2XrGSBD
– Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet