Alemanha proibiu tapetes nas entradas das casas por serem os maiores criadouros do coronavírus #boato

Boato – Depois de descobrir que tapetes são “criadouros” do novo coronavírus, Alemanha proíbe moradores de usarem tapetes na porta de casa.

A situação da Europa em relação à pandemia da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, está longe de ser boa. Mesmo com medidas preventivas, como o isolamento social, os países não param de contar infectados e também mortos.

Mesmo com um cenário complicado na Itália, Espanha e França, um país europeu, aparentemente, havia conseguido frear o número de mortos: a Alemanha. Mas isso mudou nas últimas horas. Com mais de 6 mil casos confirmados e 140 mortes em apenas 24h, o número de mortos a cada um milhão de moradores já está próximo do registrado nos Estados Unidos.

Com isso, diversas histórias sobre o país começaram a circular nas redes sociais. Uma publicação, em especial, tem feito sucesso. De acordo com a mensagem, a Alemanha teria proibido os tapetes na entrada das casas e dos apartamentos. Segundo a história, o país teria descoberto que os tapetes seriam “criadouros” do novo coronavírus. A recomendação seria para que, no lugar do acessório, um pano úmido com água sanitária fosse colocado no local. Confira:

“Assunto: Tapetes Solicitamos que retirem os tapetes das entradas dos apartamentos , casas . Na Alemanha descobriu-se que os tapetes eram verdadeiros “criadouros” do vírus. Troquem o tapete por um pano úmido com água sanitária, assim estaremos minimizando mais um local para a disseminação do vírus e protegendo a funcionária da limpeza. A maioria dos tapetes dos condomínios e casas foram retirados. Contamos com a compreensão de todos!”.

Alemanha proibiu tapetes nas entradas das casas por serem maiores criadouros do coronavírus?

A informação, rapidamente, foi compartilhada por muitas pessoas e começou a servir como recomendação aqui no Brasil também. Mas será que a Alemanha realmente teria descoberto que tapetes são criadouros do novo coronavírus e teria orientado as pessoas a usarem um pano úmido com água sanitária? A resposta é não!

Vamos aos fatos! Antes de começarmos, é importante destacar que a dica até pode fazer sentido. Afinal de contas, não só nesse período, mas em todos os momentos, quanto mais limpeza, melhor. Capachos e tapetes, de fato, juntam bastante sujeira e são difíceis de limpar, o que resulta em uma limpeza superficial ou até em uma não higienização dessas superfícies. Por isso, até seu uso no dia-a-dia deveria ser repensado. Além disso, a água sanitária diluída em água é uma ótima opção de substância para a higienização da casa e de objetos.

Porém, a história dos tapetes serem “um criadouro do vírus” nem é o principal ponto com o qual devemos nos preocupar e, tampouco, a Alemanha proibiu o uso de tapetes. Calma. A gente explica!

O tapete fica do lado de fora da casa e, naturalmente, você vai pisar nele com os sapatos (que podem estar contaminados não só com o novo coronavírus, mas outros tipos de vírus, bactérias e fungos). Desse jeito, uma forma de prevenção seria tirar os sapatos antes de entrar em casa, higienizando-os caso você decida colocá-los dentro de casa. Essa seria uma medida bastante simples e eficiente.

Além disso, os tapetes não são a “grande ameaça do novo coronavírus”. Apesar de um estudo publicado na revista The New England Journal of Medicine indicar que o novo coronavírus pode permanecer por dias em determinadas superfícies, o vírus só vai infectar o organismo se tiver contato com a mucosa humana (boca, nariz e olhos). De acordo com a OMS, a principal forma de transmissão da SARS-CoV-2 são as gotículas respiratórias, isto é, gotas expelidas durante os espirros, a tosse ou a fala. Quando elas entram em contato com a mucosa humana, o vírus se instala.

Por isso, a principal prevenção continua sendo o isolamento social (quando possível) e também a limpeza adequada das mãos. É aquela velha história: não adianta ter o tapete limpo se as mãos continuam sujas. É importante lembrar que o uso do álcool em gel 70% não substitui, de maneira alguma, a higienização das mãos. Por isso, lave-as com frequência! Caso contrário, outras medidas de prevenção, como a limpeza dos tapetes e carpetes, ficam comprometidas.

A prova de que o tapete não é o atual inimigo número 1 da sociedade é que, ao procurarmos sobre a proibição do uso de tapetes em residências na Alemanha, não encontramos nada. Dentre as medidas adotadas pelo país estão o distanciamento social, a testagem em massa de moradores e a proteção adequada aos funcionários que estão em contato com o vírus. Aparentemente, o uso da palavra “coronavírus”, atualmente, representa mais perigo no mundo do que o uso dos tapetes.

Em resumo: a história que diz que a Alemanha proibiu o uso de tapetes no país, pelo objeto ser um “criadouro” do novo coronavírus, é falsa! Não encontramos nenhuma recomendação da Alemanha para impedir o uso dos tapetes. Assim como as orientações da OMS, o país adotou o isolamento social, a testagem em massa e a proteção adequada aos trabalhadores envolvidos no atendimento dos casos de Covid-19 como medida de prevenção. Lavar as mãos e manter o distanciamento social (quando possível) continuam sendo as melhores formas de prevenção. Ou seja, a história não passa de boato. Até a próxima!

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99177-9164. 

Confira a lista de todas as fake news sobre o novo coronavírus

Clique nos links “bit.ly” para acessar nossos perfis:

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2C0i08f