Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Mundo > Não há comprovação de que 40 bebês tenham sido decapitados pelo Hamas em Israel

Não há comprovação de que 40 bebês tenham sido decapitados pelo Hamas em Israel

40 bebês foram decapitados pelo Hamas em Israel, diz boato (Foto: Reprodução/Twitter)

Boato –  Foi confirmado que terroristas do Hamas decapitaram 40 bebês durante invasão de comunidade em Israel. 

  Análise

Antes de começar a checagem, é importante deixar uma coisa muito clara: a conclusão deste artigo não deve reduzir em nada o choque com o que está sendo feito nos conflitos em Israel e na Faixa de Gaza. Porém, são em momentos como este que devemos primar pela busca da exatidão da informação. Dito isso, vamos ao conteúdo que iremos avaliar:

Desde o dia 10 de outubro de 2023, está circulando, principalmente em redes sociais brasileiras, a informação de que o Hamas teria decapitado 40 bebês durante a invasão de uma comunidade em Israel. O conteúdo foi utilizado para chocar ainda mais sobre os horrores da guerra e também serviu como munição política para grupos no Brasil. Leia algumas das mensagens que circulam online:

Vídeo: é falso que Lula foi flagrado beijando Suzanne von Richtofhen

Versão 1: 40 bebês decapitados pelo Hamas. Nem assim autoridades brasileiras virão condenar e chama-los de terroristas? Surreal… Versão 2: 40 crianças/bebês decapitadas,idosos feitos de refém,mulheres estrupadas,inocentes incluindo brasileiros mortos e esquerdista acharam uma boa ideia sair na rua e gritar “Viva o Hamas”,essa é a turma do amor né?

Versão 3: 40 bebês decapitados, mulheres estupradas, crianças e idosos feitos reféns e enquanto isso membros da esquerda saudando o Hamas!  A humanidade falhou miseravelmente…

Versão 4: ABSURDO: Partidos de esquerda fazem manifestação pró-Hamas e Palestina em Brasília; “viva o Hamas” é o grito do grupo. Ato ocorre no mesmo dia em que descobre-se a morte de 40 bebês decapitados pelos terroristas e é confirmada a morte da segunda brasileira vítima dos ataques.

Checagem

Para tentar elucidar a história, recorremos a tudo que foi dito por fontes confiáveis até o momento (sendo que o conteúdo pode continuar a ser atualizado). As perguntas que vamos responder são as seguintes: 1) Qual é a cronologia da história que aponta que 40 bebês foram decapitados pelo Hamas em Israel? 2) Podemos confirmar que 40 bebês foram decapitados pelo Hamas em Israel? 3) É possível que a organização terrorista tenha realizado esta ação com alguma criança ou bebê?

Qual é a cronologia da história que aponta que 40 bebês foram decapitados pelo Hamas em Israel?

Tudo começou com uma reportagem de um canal de TV de Israel no qual se atribui a um membro do Exército de Israel a informação de que 40 bebês foram encontrados mortos e que “alguns teriam sido decapitados” após um ataque ao kibutz Kfar Aza. A informação foi repetida por um militar em entrevista.

A partir daí, a informação (e seu detalhamento) geraram uma comoção na internet e mídia. Outros veículos reproduziram a informação e deram o crédito à TV de Israel. Outros, tentaram confirmar a informação com fontes oficiais. No Brasil, o que era “40 bebês mortos, alguns decapitados” viraram “40 bebês decapitados”. A história continua se espalhando até o momento em redes sociais.

Podemos confirmar que 40 bebês foram decapitados pelo Hamas em Israel?

Veículos de mídia como a Agência de Notícias da Turquia Anadolu Ajansi, a Sky News (do Reino Unido), o The Intercept (EUA) e a CNN dos Estados Unidos apontaram que o governo de Israel não confirma que houve decapitação de bebês no episódio em questão. O Hamas, de acordo com esta matéria da CNN Brasil, também nega a acusação. 

Com isso: podemos chegar a duas conclusões. A primeira é que, em nenhum momento, foi dito por fontes confiáveis que 40 bebês foram mortos decapitados. A segunda é que não há confirmação, até o momento,  de que algum bebê tenha sido morto desta forma no episódio em questão.

É possível que a organização terrorista tenha realizado esta ação com alguma criança ou bebê?

Por outro lado, autoridades confirmam, sim, que houve algum tipo de decapitação durante o ataque do Hamas em Israel. O presidente dos Estados Unidos Joe Biden disse que viu imagens de crianças sem a cabeça. O primeiro-ministro de Israel Benjamin Netanyahu disse que soldados foram mortos desta forma. 

Dada a crueldade empregada pelos ataques do Hamas a civis, algo que é um afronte aos direitos humanos, e os relatos, infelizmente, não é possível descartar que a decapitação de bebês e de crianças (apesar das negativas do próprio Hamas) seja algo possível de ter ocorrido ou que ainda pode ocorrer.

Conclusão

Exagerado 🗣️

É certo que não houve a decapitação de 40 bebês no ataque do Hamas no ataque em questão, mas ainda não é possível confirmar que é falso (ou que é verdadeiro) que algum bebê tenha sido decapitado em Israel. Como mortes de bebês foram confirmadas (mesmo sem ter a exatidão da quantidade) e a barbárie está posta, vamos classificar o conteúdo como exagerado (engraçado que mesmo em situações na qual a realidade é pesada, tem quem queira aumentar um ponto e contar um conto).

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo e-mail [email protected] e WhatsApp (link aqui: https://wa.me/556192755610)

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube https://bit.ly/3vZsrnd
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3ounmCN
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai http://bit.ly/3zGePPm