Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Fast-Checking > Fake news: coronel do Exército pede autorização para prender Flavio Dino

Fake news: coronel do Exército pede autorização para prender Flavio Dino

Boato – O coronel Antônio Rodrigues Alves pediu autorização do STM para prender o ministro da Justiça Flavio Dino. 

Texto: 🔴 Coronel do Exército pede autorização ao Tribunal Militar para PRENDER Flávio Dino Transcrição: o Coronel Antônio Rodrigues Alves investigador que trabalha no setor de inteligência do exército sobre o comando do General Décio Luiz recentemente pediu utorização ao seu superior para que o Ministro Flávio Dino seja devidamente preso devido à participação do ministro de Lula no esquema que sob a ordem de dino mandou destruir evidências de vários crimes cometidos nos últimos meses pelo governo federal liderados por alguém que é apontado pelo General Décio chefe da quadrilha de acordo com o coronel que apresentou o general Santana o chefe do estado maior do exército acusou o ministro do ex-presidiário de trocar favores como militares do alto comando inclusive o comandante de lula que foi condenado pelo tribunal militar por justamente formar uma quadrilha para desviar dinheiro do orçamento do exército

Coronel do Exército pede autorização para prender Flavio Dino?

A mensagem é falsa. Na realidade, não encontramos nenhum coronel relevante com este nome. Mesmo se existisse, há dois pontos que inviabilizam a história.

O primeiro deles é que o STM não tem autoridade para mandar prender civis como o ministro Flavio Dino. Além disso, não se “pede autorização” para prender. É a Justiça que determina a prisão de alguém e a polícia executa.

O segundo ponto é a fonte da (des)informação. O canal do YouTube Ainda Posso Falar é um contumaz disseminador de desinformação na internet. De lá, sempre saem fake news de cunho golpista (engraçado que ninguém faz nada a respeito).

Vídeo: é falso que Lula parou doações em Lajeado e Encantado destruiu donativos

Só por desencargo, resolvemos buscar sobre mais detalhes da tal trama. Como era de se imaginar, nada encontramos além da publicação da famigerada história. Com isso, já dá para cravar que é fake news.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo e-mail [email protected] e WhatsApp (link aqui: https://wa.me/556192755610)

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube https://bit.ly/3vZsrnd
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3ounmCN
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai http://bit.ly/3zGePPm