Vídeo de jogadores da seleção brasileira sub-17 em festa na piscina vaza na internet #boato

Boato – Vídeo que mostra jogadores da seleção brasileira sub-17 fumando, bebendo e com meninas durante festa na piscina vazou na internet. Esse é o treino deles.

No último domingo, 17 de novembro, os jogadores da seleção brasileira sub-17 conquistaram um feito histórico. Ao vencer o México, de virada, por 2 a 1, os meninos (esses, sim, meninos) ganharam o tetracampeonato mundial da categoria. A partida, transmitida em TV aberta (Globo e Band), fez com que a imagem deles ficasse conhecida.

A prova disso está em dois elementos. O primeiro foi que o presidente Jair Bolsonaro convidou os jogadores e a comissão técnica para um almoço no dia seguinte da conquista. O segundo é que, dois dias após o título, começou a circular na internet um suposto vídeo dos jogadores.

Nas imagens, que não vamos exibir aqui, rapazes estão em uma espécie de “festa na piscina” com garotas. Eles bebem, “se pegam”, filmam e publicam no Instagram. “Tá explicado pq esses muleques ganharam o sub 17”, diz uma versão. “O vídeo dos guri da sub 17 Realmente a base vem forte”, aponta outra.

Confira o desmentido em vídeo

Vídeo dos jogadores da seleção brasileira sub-17 em festa na piscina vazou na internet?

As imagens chamaram atenção e não foram poucos os comentários a repeito delas. Mas será mesmo que o vídeo é mesmo dos jogadores da seleção brasileira sub-17 em uma festa? A resposta é não. Calma aí que a gente explica tudo para vocês.

De cara, achamos a informação, no mínimo, suspeita. Isso porque as mensagens têm algumas das principais características de boatos online como ser vaga, alarmista, ter erros de português e não citar fontes confiáveis. Além disso, não achamos nenhum conteúdo em fontes confiáveis falando do tal flagra (aliás, nem deveria).

Uma observação com mais atenção das imagens também nos ajudou a desvendar o caso. Primeiro porque a fisionomia dos jogadores da seleção brasileira sub-17 não bate com a dos garotos das imagens. Segundo porque, nos vídeos que viralizaram na internet, há um registro de prints do Instagram de garotos chamados “Vitor”. E não há qualquer jogador com esse nome na seleção brasileira sub-17.

Mais algumas buscas e descobrimos um vídeo de uma das mães das garotas que estão na imagem denunciando os rapazes e falando em processo (vale dizer que divulgar vídeos deste caráter é crime previsto na chamada Lei Carolina Dieckmann). Na filmagem, ela fala que alguns dos rapazes são maiores de idade (o que diminui ainda mais as chances de serem os jogadores).

Buscando por comentários nos vídeos, chegamos a um youtuber da linha “rolezinhos” e seus amigos. Nenhum deles é jogador de futebol. São, como se diz, digital influencers. Assim como em todo resto do conteúdo, não vamos colocar os links das referências para não expor os envolvidos (principalmente, a menina, que já foi indevidamente exposta).

Resumindo: a história que aponta que jogadores da seleção sub-17 foram flagrados em uma festa na piscina bebendo, fumando e com garotas é falsa. O vídeo é de outra situação (a exposição dela é, aliás, lamentável) e nada tem a ver com os meninos que foram campeões mundiais no domingo.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Clique nos links “bit.ly” para acessar nossos perfis:

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2s72BQx

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)